Técnicos do MEC virão a Macapá

Técnicos do Ministério da Educação (MEC) estarão em Macapá nos próximos dias para conhecerem a situação das escolas municipais e creches da cidade. Além de elaborarem um diagnóstico da situação, antes do começo do ano letivo municipal, previsto para o dia 4 de março.

A medida foi pedida com urgência pelo ministro Aloizio Mercadante, após reunião nesta semana com o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), o prefeito de Macapá, Clécio Luis, e a secretária Adjunta de Educação do município, Antônia Andrade. Mercadante mostrou-se preocupado com os problemas apresentados por Randolfe e o prefeito da capital amapaense.

“Precisamos agir com urgência para solucionar esses problemas que interrompem uma fase fundamental no aprendizado de qualquer criança”, enfatiza Randolfe.

Dados do MEC indicam que Macapá tem uma média de cobertura da educação básica de 3%, enquanto a média brasileira é de 23%. “3% não faz sentido, e isso não é falta de recursos, é falta de gestão”, disse Mercadante ao comentar a situação da prefeitura entregue a Clécio Luis  em 1º de janeiro.

Clécio relatou também os problemas de infraestrutura das 81 escolas municipais e dos 20 anexos, que segundo o prefeito, pelas péssimas condições são “verdadeiros depósitos de crianças”. Os problemas de infraestrutura são agravados pela falta de vagas. São 29 mil crianças em idade escolar e 14 mil estão fora da escola. Uma situação de crise, segundo o prefeito de Macapá.

Outra alternativa dada pelo ministro Mercadante foi a de locação de prédios que poderão abrigar escolas de forma provisória, enquanto a situação de infraestrutura das escolas municipais é solucionada.

(Ascom/Gabinete do senador Randolfe Rodrigues)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *