Tiririca faz a festa no PR em Macapá

O humorista Tiririca, deputado federal por São Paulo, participa nesta segunda-feira em Macapá da festa que seu partido – o PR – faz para receber novos filiados.
O ato de filiação em massa será na sede do Trem Desportivo Clube e começa às 19h.
Pela manhã, às 10h, Tiririca toma café com os jornalistas na sede do PR.
O partido de Tiririca tá todo serelepe e já avisou que vai lançar candidatos a prefeito em todos os 16 municípios amapaenses e uma penca de candidatos a vereador.

  • A política virou um show, êta palhaçada até agora não descorir se veio o palhaço,o deputado estadual ou os dois juntos.

  • Ao menos é um palhaço assumido,já o nosso congresso……Aposto que a “platéia seleta” da AL/AP não estava lá no TDC p/receber o nobre colega e deputado,se fez representar pelo povo….hehehe

  • A impoluta figura é a mesma que dias atrás pronunciou a pérola ” Não prometi nada, portanto, se fizer algura coisa já é lucro”.
    O partido do Deputado Palhaço, o PR, vem há muitos anos comandando o MT em cujo período, segundo apuração do TCU, foram desviados 700mi do contribuinte. Caiu o ministro mas o político voltou tranquilamente para o Senado, recebendo tapinhas nas costas de seus pares e alardeando perseguição política, com o ministério permanecendo com o partido, em nome da governabilidade ( palavra bonita, né?)cujo criador quarteou o País e o entregou às velhas raposas e cobras criadas que caminham no sentido contrário do desenvolvimento e do bem estar do povo.
    Tire seu sapato de pateta, sua calça de suspensório e seu nariz de palhaço já nas próximas eleições. Reverta os papéis e mostre quem é realmente importante eleitor.

      • Por isso eu digo que todo candidato a cargo político deveria ter o curso de Ciências Política ou cursos afins. Se não fizesse nada, pelo menos justificaria, de alguma forma, a alta remuneração.
        O que me doi é ver um semianalfabeto (leia-se alguns políticos e jogadores de futebol ganhar esse tanto de dinheito e pós-graduados desempregados ou ganhando miséria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *