Um Papai Noel muito suspeito na Adap

A Feira do Natal 2012 que está sendo realizada na frente da Casa do Artesão é resultado de um convênio entre o Governo do Estado, através da Adap, e a Fecomércio.

Ela faz parte de um projeto do Governo intitulado   “Natal de Todos. É Tempo de Paz”. Mas pelas informações que chegam ao blog e denúncia que já foi protocolada no Ministério Público, o título do projeto não tem nada a ver com a prática.
De acordo com a denúncia, na contratação da estrutura móvel para a realização da Feira, a ADAP teria imposto a contratação da segunda colocada, a empresa RL Rodeios Ltda, com preço três vezes maior que a primeira colocada.
A  ADAP alegou que a primeira colocada, a empresa C.F. Eireli,  não tinha capacidade técnica para montar a  estrutura, que é composta  40 tendas 4x4m (640 m2). Mas como não? Como alegar que uma empresa que montou as estruturas da  Expofeira (6mil m2)  e Amazontech (8 mil m2) este ano não tem qualificação técnica para montar uma feirinha de 640 m2?

Tem mais:  dois dias antes da entrega oficial da Feira a empresa tida pela Adap como única com capacidade técnica e tudo o mais para executar o serviço bateu fofo e subcontratou a empresa desclassificada para terminar o serviço, pois não dispunha de todo o material necessário para montar a pequena feira.

Há algo muito errado aí e, realmente, precisa ser investigado urgentemente sob pena de que devagar devagarinho o governo da mudança reedite o governo da harmonia.Né não?

O espaço está aberto no blog para a Adap caso queira se manifestar

OUTRO LADO
Na caixa de comentários do blog, a empresa Companhia de Rodeio RL assegura   que o contrato celebrado entre a Fercomércio e Cia de Rodeio RL é totalmente lícito de acordo as exigências do orgão competente e se coloca à disposição para qualquer tipo de esclarecimentos.

  • A empresa Companhia de Rodeio RL, vem por meio desta se manifestar com a matéria publicada em 19/12/2012, no que se refere a contratação da mesma para a realização do evento ” Feira de Natal”. Diante do exposto, esclaremos que o contrato celebrado entre a Fercomércio e Cia de Rodeio RL é totalmente lícito de acordo as exigências do orgão competente, onde estamos a disposição para qualquer tipo de esclarecimentos.

  • Pois é, cara aninha a feira não é específica de artesanato, ela tem artesão, empreendedor popular e moveleiros. Vá na Casa do Artesão e se informe, tudo foi feito de forma para não deixar ninguém de fora!!! Não fique defamando sem saber!

  • E alguem sabe me informar quais os criterios de escolha dos artesaos para expor seus produtos na feira. Outro detalhe, ja obsevaram que muitos produtos nao sao artesanais??? Sao produtos revendidos de lojas nao tem nada de artesanato manualista etc Uma injustica, tem tanta gente que trabalha somente com artesanato e ficou de fora!

  • Cara Alcinéa, procure a Ivana, ela é acessível e totalmente correta e não menospreze a Feira de Natal,como “feirinha”. é uma exposição que está proporcinando renda aos empreendedores.

    • Não estou menosprezando a Feira. Chamei-a de “Feirinha” apenas pelo tamanho em relação a expofeira e Amazontech.
      O espaço, já disse, está aberto para a Adap.

  • Esse episódio é mais um exemplo de como o governo Camilo Capiberibe, é tão distante e quase nada se compara com o governo Capi. A administração dele vai de mal a pior. Eu tou rezando a Deus e a Nossa Senhora de Nazaré, para que esse secretariado dele ou ele mesmo, ande pelas ruas de Macapá e observe e situação difícil que passa nosso belo Estado.

  • Prezada jornalista Alcinéa Cavalcante, conforme suas informações, algo muito estranho e obscuro pode ter acontecido para que essa empresa tenha conseguido assinar contrato com o GEA pela ADAP. Sugiro que procure a senhora Ivana Antunes (Diretora-Presidente da ADAP) para prestar esclarecimentos quanto as denúncias que tens recebido. Ela é super acessível e competente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *