Vereador de Macapá é acusado de abuso sexual contra criança. Ele nega

O vereador José Abdon (PP) está sendo acusado de abusar sexualmente de um garoto de seis anos de idade. O fato teria acontecido na última quinta-feira, 29, na casa do vereador.
A mãe da criança fez Boletim de Ocorrência (BO) na Delegacia Especializada de Atos Infracionais. Ela relatou que vende lanche próximo a casa do vereador e que seu filho costuma frequentar a casa. Na quinta-feira passada, segundo ela, o garoto teria ido para a residência do vereador por volta das 10h permanecendo lá até às 12h. Ao retornar, ela percebeu que o filho estava triste e abatido. Ao perguntar o que aconteceu, o garoto teria dito que José Abdon o despiu e começou a passar o dedo pelo seu corpo.O vereador nega. Em nota a assessoria jurídica de Abdon diz que na quinta-feira (29), o vereador esteve em atividade parlamentar na Prefeitura de Macapá no período da manhã. Já no período da tarde, Zeca esteve reunindo com parentes e, depois, seguiu até uma delegacia no bairro Perpétuo Socorro, onde foi solicitar apoio para recuperar uma lancha que havia sido furtada, posteriormente encontrada. Inclusive, neste dia contou com apoio de uma equipe da Força Tática e Bope, e, somente às 17h retornou para sua residência.
Na nota, o pai da criança é acusado de tentar extorquir o vereador, mas não é citado o motivo da tentativa de extorsão.
Segundo a assessoria jurídica de Abdon, a família do garoto é  conhecida do vereador de longas datas, inclusive tendo participado da campanha dele nas eleições municipais. A nota diz ainda que o parlamentar estava sendo pressionado pelo pai da criança para comprar uma moto.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Repressão a Crimes contra a Criança e o Adolescente (Dercca). Os pais da criança já foram ouvidos e o vereador deve ser ouvido nos próximos dias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.