Violência policial

Chocantes as imagens exibidas hoje no jornal da TV Amapá mostrando policiais militares espancando – sem dó nem piedade – quatro rapazes na frente de um estabelecimento comercial.
Os rapazes foram espancados e depois liberados pelos próprios policiais agressores.
Até agora ninguém da PM explicou os motivos das agressões aos rapazes. Também não se sabe se eles são suspeitos de cometer algum crime, uma vez que não foram presos. Depois da surra foram liberados pelos próprios policiais.

Há muito tempo eu não via uma cena de violência policial tão chocante no Amapá. E lembro que quando João Alberto Capiberibe, pai do atual do governador, governou o Amapá (1995-2002) não admitia em hipótese alguma que a polícia praticasse violência contra quem quer que fosse.
Capiberibe dizia que polícia inteligente não bate.

  • Tudo na tropa é duplicável, ou seja, os soldados duplicam o exemplo dos seus comandantes e os comandantes por sua vez duplicam o exemlo do chefe maior, o governador, ou seja, em um governo perseguidor e antidemocrático como este é niosso que dá, polícia tomando atitudes criminosas como esta.

  • Essas coisas não são novidades,apesar da polícia ter evoluído,ainda encontramos policiais que agem dessa maneira.O ano passado,uma viatura abordou dois motoqueiros em frente à minha casa e protagonizou cenas terríveis de agressão física e verbal..um dos policiais se diz formado em psicologia e é muito conhecido na cidade…

    • Em toda fábula há duas versões: a do lobo mau e a do cordeirinho. Geralmente é mais excitante a versão contra o lobo mau, esquecendo-se de que, muitas vezes, a pele do cordeiro esconde um lobo pior.

  • Muitas verdades e besteiras foram ditas sobre a matéria. Isso é democracia. Mas, devemos ter em mente que: Só se sabe dar valor à Polícia quando o bandido bate a sua porta. O bandido no entido amplo, fardado ou não. E o que nos distingue dos marginais, e muito mais os policiais sérios e comprometidos com a função, é que como pessoas normais, ordeiros, jamais teremos essa índole de fazer churrasco humano. A Lei de Talião (da desforra na mesma proporção) é coisa da História Antiga. Reflitamos: a violência, de qualquer forma como ela se apresente, sempre vai gerar mais violência

  • Entaum nosso unica função ROSE e somente recapturar foragidos… entaum seria melhor entaum que a tropa fosse reduzida somente a 100 policias, jah que vc acha a POLICIA MILITAR DO ESTADO DO AMAPÁ tão desnecessária, espero que vc nunca precise nos acionar… a naum ser que voce seja foragida…. #FICA DICA SUA SEM NOÇÃO

    • Não sabia que os capitães do mato eram PM, mas agora já sei. A Rose me ensinou. Pelo jeito, empalar inimigos não é exclusivo da nossa polícia, pois fizeram isso com o Kadafi, na Líbia, antes de executarem o ditador. É bom lembrar que atos piores fazem os bandidos. Será que a Rose já ouviu falar no “microondas”? Eu explico: colocam o condenado em pé, imobilizado por vários pneus até a altura do pescoço, colocam algum material combustível e tocam fogo. E não adianta pedir clemência. Em alguns minutos o cara vira carvão.
      Sd PM AP, cuidado com expressões viciantes de internautas: “naum”, “entaum”. Podem lhe proporcionar um zero nas provas de Português, seja no vestibular ou em algum concurso público a que seja submetido.

  • Os policiais, civis ou militares, devem ter consciência que polícia não tem cara e a truculência de um ou de poucos alcança toda a organização. Passa-se bastante tempo trabalhando a cabeça do policial, a fim de que ele se conscientize de que é um servidor público e agente da lei. Como servidor público, deve estar sempre preparado para resolver o problema dos outros, conquistar o povo com correção de atitudes e postura, atendendo-o com urbanidade e presteza. Como agene da lei, não pode transgredí-la, a pretexto de prerservá-la. A missão mais difícil do policial é combater o mau colega que não se submete à cartilha da Instituição e pratica tos que geram comoção social. Porém, há de se convir, que há uma grande diferença entre ser solidário e ser conivente. É sabido que podemos cometer o crime por ação ou por omissão. Então, o policial que agride, espanca o indefeso, o que já está dominado e não mais oferece nenhum perigo, não é menos criminoso do que aquele que passivamente a tudo assiste e não tem a coragem de contê-lo. Eu, quando policial, já dei voz de prisão para colega e nunca me arrependi disso, porque sentido de cumprimento do dever pesou muito mais forte dentro de mim do que qualquer outro sentimento. Por isso, caros policiais, fazer polícia é como construir um muro interminável, colocando-se tijolo sobre tijolo por longos anos, mas a besteira que um só faz, esmerilha essa construção, jogando-a ao chão. E aí começamos tudo de novo. Vamos refletir. Chega de violência desnecessária.

  • Não defendo a conduta dos policiais, pois agiram contra tudo que é ensinado nos cursos de formação da Polícia Militar, onde é pregado que se deve respeitar a dignidade da pessoa humana, a vida e integridade física de todo cidadão por pior que tenha sido a sua conduta. Sou policial militar, e tenho orgulho disso, embora tenha que passar por esses percalços, onde o desvio de conduta de uns é tomado como se fosse ideal de uma corporação inteira! A polícia militar tem labutado, dia e noite, sacrificando rotineiramente a folga do policial para de alguma forma dar a sensação de segurança que todos queremos, mas sempre o que fica é a pior imagem! Nessas horas a maioria esquece os bons serviços prestados pela instituição, muitos que fogem ao papel constitucional da polícia militar como os projetos sociais que a corporação possui. Policiais que mesmo de folga não deixam de cumprir seu dever quando um ilícito está em andamento, quando podiam se omitir facilmente, mas não o fazem, pois somos treinados para nunca nos omitirmos e atuarmos sempre que um cidadão estiver necessitando! Contudo é da natureza do ser humano olhar apenas os defeitos e esquecer todo o resto!
    Nesses quase dez anos de polícia militar, tenho uma certeza: o caos, no que tange a segurança pública, ainda não tomou conta de nosso estado em razão de termos, na sua esmagadora maioria, policiais honestos, pautados pela legalidade, compromissados com a instituição e com a sociedade! O que a polícia militar ainda tem de mais valioso é sua mão-de-obra! Quando isso mudar, e espero que isso nunca ocorra em nosso estado, aí sim estaremos todos em maus lencois!!!

  • Fica de exemplo. porrada nos vadios. O que 4 caras estavam fazendo ali perto do muro da Unifap. Ha tempos venho avisando que ali é perigoso para os transeuntes e principalmente as mulheres. PAu nos malandros. que sirva de exemplo. VIVA A FORÇA POLICIAL.

    • infelizemnte esses ai poderiam ser vc e seus amigos, ou mesmo seu filho é uma pena que pense assim….vc acha que se os caras tivessem feoito algo eles liberariam? só liberaram pq num encontraram nada

  • E quem disse que a polícia não pode meter a porrada?
    PROVÉRBIOS 19:18 prevê: Castiga o teu filho enquanto há esperança, mas não deixes que o teu ânimo se exalte até o matar.
    Como bandido não tem, e quando tem, não respeita pai nem mãe, creio que caiba uma correção terceirizada.

    • Tese interessante, mas prefiro o exílio. É mais justo, não gera ônus para a comunidade remanescente e dá uma oportunidade ao infrator, pelo menos ele estará por si.

      • Não é tese, é bíblico. Pelo que pude constatar, a maioria dos internautas deste blog é cristã. Então vamos aplicar o que está na Bíblia, você não acha?

        • Sou cristão, não judeu. Camarada, se formos aplicar o conteúdo bíblico literalmente teríamos que apedrejar uma penca de gente, como os talibe e outros malucos fazem. Jesus veio para aparar as pontas e libertar, a quem estiver disposto, claro.
          Matutei um pouco e lembrei de Aníbal Barca. Alguns romanos achavam que só a aniquilação total acabaria com a concorrência fenícia, mas deixaram o império inimigo se levantar e quase tomaram um charuto nas coxas. Se exilássemos os bandidos, pois o tipo em questão não é de simples vagabundos, teríamos, talvez, mais trabalho policiando uma potencial ameaça formada pela comunidade de exilados. Progressão das penas e para os crônicos e patológicos, só o o zyklon. Paciência.

          • O exílio causa outro problema social sério. Quem tem interesse em receber gente que não presta? Eu não tenho. Você tem? Leve uma penca de bandidos pra sua casa.

  • Durante o curso d formação e aperfeiçoamento da PM estudamos muito sobre Ética, Moral, Direito processual penal, administrativo, …, RDPM, enfim são 36 disciplinas somente em sala de instrução sem contar c/ as aulas práticas… Dentre esta vasta quantidade de assuntos somos a todo momento alertados e aconselhados por nossos superiores sobre esses casos de desvios de alguns PMs q saem da legalidade e acabam sofrendo várias punições como prisão e expulsão.Não somos treinados para espancar ou punir,mas sim para aplicar a força necessária para conter a ação dos cidadãos infratores,alertá-los e encaminhá-los à delegacia se for o caso. Muitas são as aulas de defesa pessoal e técnicas de imobilização e abordagem e ao contrário do q muita gente pensa, não somos humilhados, somos sim submetidos a muita atividade e resistência física,somos pressionados e questionados a todo momento. O emocional do guarda tem que ser o ideal para ele saber se controlar diante das mais diversas situações, seja quando ele se deparar c/ estrupadores, homicidas, assaltantes…seja quando ele presenciar uma mãe desesperada que perdeu seu filho e precisar dizer palavras d conforto p/a mesma… É por tudo isso q digo sem medo: Os PMs do Amapá estão preparados e prontos para atender o cidadão… Infelizmente existe um ou outro q esquece do que aprendeu no curso e faz tudo diferente,tudo errado!! Mas estes serão devidamente punidos,com toda certeza. SD LILIANY

  • Minha gente, aonde vamos chegar? Com tanta violência! Na semana passada eu estava no semaforo esquina c Escola Barao do Rio Branco na FAB, todos os dias passo la, para pegar meu filho na escola no final da mesma avenida. Atras do meu carro estava uma van enorme, “POLICIA COMUNITARIA”. Quem dirigia, bem irritadinho, acionou aquela cirene horrorosa para eu sair logo da frente, assim que o sinal ficou verde. Ele nao podia ultrapassar porque tinha um outro carro ao meu lado, na direita. Eu, calmamente sai devagar, afinal, aquele carro da policia nao é para ocorrecias, que eu saiba. O “cavalo” acabou passando pela outra pista na contra mao, me olhando com ar de superioridade! Eu até pensei em ligar p alguma radio e denunciar. Ou quem sabe ir ao comando da policia. Mas, de repente, quem estava nesta carro da policia, comprado com meu imposto, recebendo salario com dinheiro do meu imposto, poderia ser um bandido policial, eu preferi “esquecer” a historia. Mas, Deus é justo! A mascara desses bandidos disfarçados de policiais, inclusive que nos agridem no transito, esta caindo!

    • Isto é verdade,a maioria dos policiais se acham as autoridades irrepreensiveis do pedaço,olham feio e dão carteiradas à vontade.Esquecem que são pagos pelos contribuintes deste estado e que suas obrigações é servir os mesmos,agir contra estes, quando se fizer necessário.As UPPS no estado do Rio é um bom exemplo disto.

    • Vamos acabar com esse papo furado de dizer “UM FUNCIONÁRIO PÚBLICO. PAGO COM O DINHEIRO DOS IMPOSTOS DOS CIDADÃOS QUE ELE TEM O DEVER DE SERVIR E PROTEGER” eu trabalho 30 dias no mês , acordo cedo, passo sono, uso farda e colete nesse desgraçado calor, estudei,ralei , sou concursado , ninguém me deu nada de graça .Portanto faço jus ao salário que recebo no final do mês , e outra coisa eu pago também meus impostos assim como qualquer cidadão.

      • suas opniões só mostram o despreparo de grande parte da policia. trabalha 30 dias? pelo visto vc não sabe nem sua carga horaria, e sim temos que cobrar de maus policiais que pensam que com uma arma na mão pode tudo e compara todos os cidadões a contraventores. é triste numa denuncia dessa ainda ver “policiais” querendo aerem os donos da razão. dá um tempo!

      • só tenho uma pergunta a fazer, a todos que são a favor do espancamento. se os caras fizeram algo de errado, porque os pm´s não levaram eles presos depois? se eles são mesmo badidos, porque é tão dificil provar? nem todo mundo pode andar de carro, e agora para os que querem ir para algum lugar e voltar acompanhado dos amigos. são espancados? a sociedade escrota já condenou os espacandos, afirmando que todos são marginais. é uma pena a mediocridade. primeiro temos que prender quem rouba milhões….ai não será necessario prender quem rouba pães. pois não terá.

        • Já respondi essa questão. A polícia anda desestimulada. Não prendem os vagabundos porque sabem que logo em seguida serão soltos. Não sou policial nem advogado de nenhum deles, simplesmente procuro ser sensato. Nunca fui vítima deles, mas quase já fui vítima de bandidos. A propósito, acreditava muito no poder do diálogo, mas depois dessa experiência, constatei que diálogo com bandido não funciona. As únicas coisas que funcionam são cacete e bala.

  • Fui policial militar duarante alguns anos e descordo das pessoas que querem construir uma imagem generalizada dos policiais, como se todos agissem com violência. O que aconteceu foi um caso isolado que está sendo devidamente apurado pela Corregedoria da corporação.

  • Caraca, foi muita bica! Não sei se por falta de preparo técnico, acredito que não ensinam aqueles “métodos” nos cursos de formação, ou sim, quem sabe? Quem acompanha as centenas de policiais militares que têm recebido formação nos últimos anos? Aparece muito nego apoiando a truculência, só esquecem que ela começa com os “miliantes e malcos” e pode virar instrumento de transferência de desequilíbrio dos agentes. Não há desculpa, não seguir a norma legal quer dizer apenas uma coisa: aceitar a barbárie.
    Não que eu seja contra medidas incisivas contra os agentes do lado negro da força. Não creio em recuperação tão milagrosa de um indivíduo, independente de seu estamento social, que o faça mudar de vida. Acredito que as progressões das penas deveriam ser executadas de maneira positiva e imparcial. Também, não seria cruel em aceitar a pena capital, mas um indivíduo que não consegue ressocialização, independente da causa, se por opção ou anomalia, deveria deixar o convívio dos demais. Exílio. Ah, esqueci, outra pena cruel. Mas a vida é assim, temos que escolher o lado em que ficar, do lado de quem atira ou de quem leva o tiro, as sociedades gentis não sobreviveram.

  • Pode até ter sido chocante, mas o que os “jovens” fizeram? Tomaram um sorvete e jogaram a embalagem na calçada e não no lixeiro? Se fosse esclarecido o motivo da peia, seria mais fácil medir se foi chocante ou não.

      • susi e se eles tivesses assassinado seu irmao e estuprado sua irmã, vc iria achar chocante. Pense que é facil ficar com pena quando vc nao foi vitima se eles fossem pessoas de bem nao seriam abordado por policiais, pessoas de bem nao perabulam pelas ruas, pessoas de bem trabalham, estudam

      • Dependendo do que eles fizeram, justifica sim. É meu ponto de vista e você tem direito de discordar ou não.

  • Iva – funcionaria de empresa privada, cursando nivel superior em faculdade privada,trabalho nos sabados…,menos pessoal..menos..opinar nao precisa de grau de escolaridade!

  • Infelizmente muita gente não consegue enxergar q a instituição Polícia Militar é algo muito amplo e de suma importância para a humanidade.O q seria do mundo sem a segurança pública?E aí eu já poderia falar de outras instituições como Polícia Civil e Guarda municipal por exemplo.É bastante triste ver o nome da instituição sendo citado d maneira injusta,por causa d 3 PMs q não agiram corretamente.Cadê o respeito,a gratidão, o reconhecimento q a grande maioria dos PMs merecem? Policiais estes dignos e cheios de coragem e determinação para um único fim “trabalhar dentro da LEGALIDADE em prol do cidadão dando-lhe segurança e empregando o policiamento preventivo e repressivo”.Estes sim são os POLICIAIS MILITARES!!! Com certeza a Polícia Militar vai fazer o seu papel diante desse triste episódio,irá punir quem deve ser punido e inocentar quem deve ser inocentado. SD LILIANY (Licenciada em Matemática – UNIFAP)

      • Com toda certeza a Segurança Pública é SIM de Suma Importância para toda Humanidade. Vc viveria sem?? Onde?? Me diga o lugar q quero morar lá. Agora se vc não acha importante c/certeza vc nunca precisou dela. Agradeça a Deus então!! Vc é abençoado.

      • Quem não gosta da PM é bandido. Cidadão de bem agradece e faz questão da presença policial, sentem- se seguro e confiam na polícia. É muito fácil criticar. Gente vamos acordar!! São a maioria menores d idade andando c/faca,estilete…Vão para a escola roubar,brigar… Cadê as mães desses jovens?? Isso é inaceitável!! Jovem que mata,rouba,estupra,fuma… E ainda tem gente que fala mal da PM!! SÃO TODOS BABACAS,IGNORANTES… A polícia está trabalhando muito!! Vejo sempre um PM por perto e sou muito grata pelo trabalho q vem desenvolvendo. A abordagem policial não acontece a toa e bandido tem q sofrer, pegar porrada mesmo,quem sabe assim eles deixam de tanta ousadia. Ah, e se alguém da minha família for abordado e pegar umas “tonfadas” vou achar é muito bom porque saberei que coisa boa não estava fazendo… Antes cedo do que tarde!! FICA A DICA!!

    • Trabalhas sob a égide da HIERARQUIA E DISCIPLINA tua instrução foi MILITAR (preparação para destruir, matar inimigos), fostes humilhada e maltratada durante o teu curso de formação… o que podemos esperar de SERES HUMANOS que são treinados desta maneira… Não é possível segurança pública com cidadania enquanto existir a PM – filho da ditadura militar e empurrado pela goela da sociedade na constituição de 88..

      • Prezado José Carlos, você fala assim mas, exceto se você tiver um forte esquema de segurança particular, na hora em que vê a segurança sua a da sua família em jogo, quem você chama? O Papa? Ele não virá. O máximo que fará será dar a benção “Urbi et Orbi” e ir dormir.
        Senhores policiais, não deixem que palavras depreciativas desestimulem o trabalho de vocês. É árduo, às vezes cruel, mas é necessário. Tem muito policial que não presta, mas qualquer bandido bom pra mim é bandido morto.

        • cem por cento a seu favor roque, quando o Sr.ai que acha policia coisa de ditadura ver seus familiares estuprados mortos, violentados na mira de um revolver lhe roubando até sua dignidade eu quero ler a opinião dele sobrepessoas que insistem em viver à margem da sociedade no popular ser bandido.

  • Pelo que vejo violência é uma boa moeda de troca.
    “Se não posso prender, então eu bato, esfolo, humilho…”
    Só lamento por saber que nosso país caminha para esse tipo de medida…
    Abuso de autoridade todos sabemos que ocorre pelos mais escabrosos cantos do nosso Estado, mas ainda assim se for por uma “farda” estará valendo a intolerância.
    P.S 1 – Terminantemente a favor da redução da maioridade criminal (é certo que marginais de 13, 14 anos se valem dessa brecha na lei).
    P.S 2 – Uma instituição com a PM não pode ser nivelada por baixo.
    P.S 3 – Toda forma de abuso, seja de fardados ou de menores marginais deve ser denunciado.
    P.S 4 – Esses atos escusos de policiais que compõem a minoria é mais freqüente do que se pode imaginar.

    • Neste ponto eu radicalizo. Em vez de ficar sustentando bandido na cadeia com nossos impostos, é mais prática a antecipação do seu encontro com Deus – ou com o Diabo. Criminalidade também é opção. Vejam o caso dos traficantes presos recentemente: dois deles trabalhavam e faziam faculdade. Neste ponto eu pergunto: tem recuperação? Aí vem um defensor dos direitos humanos (humanos direitos ninguém defende) pregar que tem que ser avaliada as condições sociais em que o indivíduo foi criado, o ambiente propenso ao crime, e blá-blá-blá. E eu retruco: “NÃO IMPORTA O QUE FIZERAM DE TI. O QUE IMPORTA É O QUE FIZESTE COM O QUE FIZERAM DE TI.”

    • Legal, agora eu vou poder olhar no espelho pro meu olho roxo e dente quebrado e pensar: “Uau! Eu fui espancada e torturada por um PM bacharel da UNIFAP…” (Espancamento de nível…)

      • Infelizmente a sua capacidade de percepção da realidade é muito restrita, do mundinho em que vc vive um fato isolado acaba por manchar a imagem de uma instituição. Sou radicalmente contra todo tipo de violência ou abuso de autoridade, e esclareço a vc que a Policia Militar está tomando todas as providências, através se seu orgão corecional, para apurar/punir os envolvidos no fato.
        P.S.: fazer graça dizendo: “… Uau! Eu fui espancada e torturada por um PM bacharel da UNIFAP…” (Espancamento de nível…)”; demonstra sua imaturidade e visão deturpada a respeito da INSTITUIÇÃO POLICIA MILITAR.

        • O senhor com tanto estudo deve saber pra que finalidade a Polícia Militar foi criada. Se não sabe, lhe informo que foi criada para recapturar escravos fugitivos (e só). Ou seja, era o braço armado, os capangas, a milícia, de fazendeiros e traficantes de escravos do Rio antigo. Já nasceu corrompida.

          O Brasil é o único país do planeta que tem duas polícias (civil e militar) que não se entendem e se rivalizam pra saber quem é a mais incompetente.

          Pra piorar me aparece um filme doido (Tropa de Elite) doutrinando que enfiar um cabo de vassoura no ânus de um suspeito e estourar a cabeça de um criminoso ao fundo musical de Funk é o que há de mais bonito na Polícia Militar…

          O Policial militar hoje se vê como um soldado, combatente, guerreiro de selva, que vai “matar o inimigo”, Rambo, ninja, etc, diretrizes provenientes de um adestramento militar tosco dos anos 50. O que é um tremendo erro.

          A maioria dos Policiais Militares renega, rejeita, esconde e se envergonha do que de fato ele é: UM FUNCIONÁRIO PÚBLICO. PAGO COM O DINHEIRO DOS IMPOSTOS DOS CIDADÃOS QUE ELE TEM O DEVER DE SERVIR E PROTEGER.

          • As policias surgiram sim como exercito particulares, porém minha cara, essa realidade é outra, os tempos são outros, viva a democracia e a liberdade. A sociedade mudou, e vc não consegue ver, não sou a favor de nenhum tipo de violencia para solução dos problemas, e muitos na coorporação comungam da mesma idéia. Convido vc a conhecer a rotina do serviço policial militar aqui no Amapá, e aí quem sabe vc possa perceber/entender a dedicação e o profissionalismo da maioria dos integrantes da coorporação! Essa coisa de braço armado, tropa de elite, inimigo, parece discurso extramente carregado de viés ideológico marxista!

          • Por que tanto ódio e rancor contra a polícia? Isso é próprio de quem já teve algum envolvimento sério com a corporação, que não é meu caso. Quando você necessita de segurança, por acaso chama as milícias celestes? Elas existem, mas não dão conta de conter a fúria do ataque dos bandidos. Aliás, parece que o fogo das espadas dos anjos já apagou faz tempo. Só nos resta recorrer à proteção das balas das armas dos policiais.

        • eu me pergunto, se ha uma forte defesa a esses anjinhos, e a essa coleguinha que vai olhar o olho roxo é tão contra a instituição policial, crie uma policia pra voce e veja se é facil manter uma instituição que combata bandidos, assassinos, ladrões, Hilario quem critica as ações da policia é porque nao sabe o que é fazer segurança pública. Largar sua familia e ir dar segrança para pessoas como essa ai do olho roxo.

      • Rose a policia nao é importuna para cidadão de bem, pra voce ter um olho roxo e um dente quebrado pela policia, penso que você nao estava rezando, entao quando vc se olhar no espelho de olho roxo e dente quebrado, repita o seguinte. Cidadão de bem, trabalhador, decente, honesto, correto jamais será vitima de policias. Ja os bandidos.

  • concordo com o Hamilton Neves, na maioria das vezes é menor de idade, e usando desse privilégio, eles batem, estupram, assaltam e até matam. Quando presos, logo são liberados; quem já sofreu com isso sabe e quem ainda não passou por uma situação crítica a mercê desses marginais vai ver o que é bom e vai mudar de opinião. Já vi menores que só querem ficar na marginalidade, damos oportunidade de emprego e estudo mas eles gostam mesmo dessa vida. Parece urubu do ver-o-peso, gosta mesmo é da sacanagem.

  • Pode ate ser que vc não veja fatos desta natureza, porém é mais comum do que vc imagina, tanto da PM quanto da guarda municipal ( GTO), sendo o GTO ainda mais violento. Por outro lado, muitas vezes é a unica coisa qua ainda pode ser feita ( dar uns tabéfes), se predem, no mesmo dia o bandido esta de volta as ruas.

  • Cena como essa aparenta o despreparo dos policiais envolvidos. Porém acredito na política pública aplicada a segurança, não sendo justo macular o nome da Instituição Polícia Militar, onde sabemos, há valorosos homens e mulheres engajados na melhoria dos serviços prestados a população. Espero, como todo cidadão, que esse fato seja apurado, e os envolvidos devidamente punidos. abraço

    • Punir os policiais e liberar os marginais, tomara que eles nao resolvar qualquer dia exercer suas atividades com sua familia, por que pimenta no olho da gente nao é refresco. ó doi quando é no nosso, cuidado querida a dor de encarar um bandido é só para a policia.

    • SE VC NÃO SABE OU NÃO PROCUROU SABER, ESSES ABORDADOS JÁ PASSARAM PELO IAPEN PELOS CRIMES DE ROUBO. SE VC ACOMPANHA OS JORNAIS, DEVERIA SABER QUE A POLÍCIA ESTA NAS RUAS ENQUANTO VOCÊ BABA NO TRAVESSEIRO DA SUA CAMA, COMBATENDO GENTE COMO ESSA AÍ, QUE PASSA AS NOITES PENSANDO EM ROUBAR E APRONTAR. ANTES DAQUILO, ESSAS PESSOAS TENTAVAM ENTRAR NA ÁREA DA UNIFAP PELOS FUNDOS E PROVAVELMENTE NÃO QUERIAM ASSISTIR AULAS EM UM FERIADO; ESTAVAM ATRÁS DE LEVAR A ARMA DO VIGILANTE QUE ACIONOU A VIATURA.
      ENQUANTO AOS PMS, É CLARO, VÃO RESPONDER PELO QUE FIZERAM SIM, E VC AO INVÉS DE CRITICAR, O QUE VOCÊ TEM FEITO PRA MELHORAR O SEU ESTADO, VAGABUNDO TEM QUE IR É PRA CADEIA MESMO E O ESTADO TEM QUE BANCAR UMA POSSÍVEL RESSOCIALIZAÇÃO E NÃO BANCAR MORADA GRÁTIS !!!!

      • Que é isso, Carlos? Falar um negócio desse de meninos tão bons. São todos evangélicos (se bem que conheço muito evangélico que não vale “p” nenhuma. Há pouco conversei com um PM que faz a segurança do setor onde trabalho. Ele abordou exatamente essa questão de a polícia prender e logo em seguida o meliante ser solto, apesar do flagrante. “Chega a ser desestimulante para nós”, concluiu. O certo é que entre escolher entre bandidos e os policiais, fico com os últimos. E tem que meter a porrada mesmo sem pena. Por acaso eles tem pena das suas vítimaa? Alguém já imaginou a tortura física e psicológica a que é submetido um sequestrado, por exemplo? Por acaso eles tem pena, apesar dos pedidos de clemência. Pensem nisso. Parabéns aos policiais e continuem impondo respeito à basse de muita porrada. Infelizmente essa é a única linguagem que certas pessoas reconhecem. E os inconformados vão à cadeia curar o estrago e passar a mão na cabeça dos bandidos e dizer: “Não faça mais isso, tá meu filho!”

      • E eu não creio na ressocialização. Criminalidade também é opção. Parece que tá no sangue. Veja o exemplo de irmãos, filhos do mesmo pai e da mesma mãe, criados da mesma maneira. De vez em quando tem um que “camba” pra bandidagem. Alguém pode explicar…

  • Sei não. Antigamente a polícia impunha medo e respeito, mas diante de tanta abertura invocada pelos direitos humanos, os bandidos e delinquentes fazem pouco da cara dos policiais. infelizmente essa classe só ouve a voz do cacete e da bala.

    • Se esses JOVENS, tivessem espancado suas vítimas será que seria tão chocante aos olhos de quem nunca vivenciou uma situação de violencia?, presenciei a petulância de 3 bandidos que arrobaram minha empresa no dia 03/11, eles desafiam os policiais, pior é quando chegam no Ciosp, sentem-se em casa, um deles ainda olhou-me e e ironizou: e aí, tudo bem? só me restou contabilizar os prejuízos que causaram quebraram todo o sistema de câmeras, central telefonica, computadores, etc…OBRIGADA POLICIA MILITAR, que conseguiu pegar esses vagabundos.

      • A autoconfiança dos bandidos vem das drogas que consomem antes de praticar seus crimes. Já a dos policiais vem das armas que impunham, no exercício da função. Terminantemente, fico com os policiais. Parabéns e continuem nos protegendo. Para os inconformados, admitam que a polícia é, digamos assim, um mal necessário.

    • Dizer que a atual policia é burra, no minimo é não ter conhecimento para fazer tal afirmativa. Só para se ter uma dimensão da “verdade”, basta “vc” verificar as turmas de soldados que estão entrando, os ingressos no minimo estão cursando o nivel superior ou já se formaram! Fatos isolados não podem manchar a imagem da coorporação, a policia militar está diuturnamente trabalhando para dar ao cidadão a sensação de segurança! A Policia Militar do Estado do Amapá é muito mais do que UM FATO ISOLADO!

      SGT HILARIO GOMES NETO
      BACHAREL E LICENCIADO EM GEOGRAFIA PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ.

      • Tirando a “banda podre” da polícia (mas em todo segmento profissional existe tal banda), com porrada ou sem porrada, admiro a classe policial.
        Nunca tive qualquer tipo de problema com a polícia. Inclusive já chamar a atenção de um policial que espancava, sem necessidade, um bêbado no antigo bar Lennon. E fui atendido. Postura social é tudo, mas essa qualidade não ficou pra todo mundo.
        Minha analfabeta, porém sábia avó, sempre dizia que quem não acha pai em casa, acha na rua.

        • Parece que me fiz entender por vc(ao contrário do sargento Hilario),quando dizes que a banda podre existe em todos os seguimentos profissionais,é isto.Morei 20 anos no Rio de Janeiro,e sei desta banda podre existente nas policias(milicianos e outros, fazem parte desta)de lá e de todo o país.Bandidos travestidos de policia.Sei da segurança que as policias dão aos seus cidadãos e cidadãs,fico grata por isto,vê-los honrrando suas fardas e intituições.

      • Desculpa ai sargento,creio que vc não entendeu minha colocação.Disse “burra” em um sentido perjorativo,ou seja,nem uma instituição seja ela estadual,municipal ou federal, é composta só por elementos bons e competentes,pois é sabido que o ser humano é igual aos nossos dedos(diferentes um do outro)e portanto,os bons e maus servidores sempre estarão presentes em qualquer lugar do planeta,dentro ou fora das instituições.Reconheço que a minha colocação à respeito do assunto tem dupla interpretação,pois 2o. o senador Capiberibe em suas falas disse que “policia inteligente não bate”,coisa que há meu ver depende de qual inteligencia ele se refere,pq o pulso firme e bem direcionado tb é uma forma de inteligência,por isto existir toda uma prepação das policias(alunos e futuros policiais).Sargento,tb tenho um sobrinho com nível superior dentro dessa instituição,e sei o quanto ele se preparou p/ser não um bom,mas um ótimo policial.Enfim,desdenhei da colocação do senador Capi,não por duvidar de sua capacidade de inteligencia ou sabedoria,mas sim por não entender em que sentido ele fez àquela colocação.UFA! tomara ter me feito entender.Abs

      • Peraê, quer dizer que quem tem escolaridade de nível superior (horrível a denominação, não?) não é propenso à praticar atos de violência? Menos, também não dá para esquecer que quanto mais esclarecido mais fácil perceber e interpretar o ordenamento jurídico vigente. Também seria interessante avaliar a qualidade da formação ostentada pelos graduados. Não há justificativa não. Quer um exemplo alienígena? A conceituada Scotland Yard, meteram bala no brazuca pra perguntar depois. E não sei se é fato isolado, afinal, a cidade ainda não é tão monitorada como, deixa ver… Londres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *