Alcinéa Cavalcante

Liberdade de expressão!
Macapá - Amapá

Pause

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 28/10/14 as 3:49 pm

Dando um pause de dez dias no blog para finalizar e revisar meu novo livro que pretendo lançar antes do Natal.
Mas continuem mandando sugestões de pauta para meu email que no retorno atualizo tudo.

Macapá era assim

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 27/10/14 as 9:00 pm

praçadaConceiçao1Bairro do Trem – Praça Nossa Senhora da Conceição

Esta foto é um  presente  para o pessoal que se orgulha de morar ou ter morado no bairro do Trem, como os leitores José Ronaldo Rodrigues, que considera o Trem o melhor lugar do Amapá para se morar,  Maria, Aloísio Cantuária, Alex Anderson, Jorge e  Jeremias, que sempre que posto fotografias antigas do bairro do Trem deixam  comentários  contando um pouco da história desse populoso e antigo bairro.

Semana do riso

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 27/10/14 as 8:00 am

riso

Waldez Góes é eleito governador do Amapá

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/10/14 as 6:50 pm

waldez2

Com 99% das urnas apuradas,  Waldez Góes (PDT) está eleito governador do Amapá. Ele tem 60,57% dos votos  contra 39,43% de Camilo Capiberibe (PSB).

Na orla da cidade, os eleitores de Góes já começaram a festejar a vitória. Waldez Góes acompanha a apuração em sua casa ao lado do senador José Sarney (PMDB) e outros correligionários.
Capiberibe acompanhou a apuração na casa dos seus pais. No seu perfil no twitter ele agradeceu  do “fundo do coração cada voto depositado nas urnas e também o carinho e a generosidade do povo do Amapá.”

Eleições 2014

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/10/14 as 2:06 pm

camilo_votandoCamilo chegou ao local de votação, a  escola Guanabara no centro da cidade, acompanhado da mulher, filhos, dos pais senador João Capiberibe e deputada federal Janete Capiberibe, e do senador eleito Davi Alcolumbre (DEM). Em rápida entrevista à imprensa ressaltou que “a grande pesquisa é a das urnas”. Na pesquisa do Ibope divulgada ontem, ele aparece com 38% das intenções de voto. (Foto: Abinoan Santiago/G1 AP)

waldez4Com 62% de intenções de voto,  segundo pesquisa divulgada ontem pelo Ibope, Góes, ao sair da cabine de votação, disse que embora os números favoráveis da pesquisa só vai comemorar quando acabar a apuração. Disse também que fez uma campanha propositiva e sem comícios porque não vai governar “em cima de palanques”.

rand3O senador Randolfe Rodrigues (PSOL) votou com o neto no colo  e declarou voto em Camilo Capiberibe (PSB) para o governo e em Dilma para a presidência.

capi_doisCom adesivo de Dilma pregado no lado direito da camisa e do filho Camilo Capiberibe no esquerdo, o senador João Capiberibe (PSB) também  votou pela manhã. (Foto: Dyepeson Martins, do G1 AP)

sarneyCom adesivos de Dilma e de Waldez Góes no paletó, o senador José Sarney votou pela manhã na Escola Antônio Pontes (antigo GM)

Artigo dominical

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/10/14 as 1:16 am

O peregrino
Dom Pedro José Conti, Bispo de Macapá   

 Certa vez, uma mulher muito pobre socorreu um santo mestre hindu, disfarçado de peregrino. Ela lhe deu hospitalidade, ao passo que muitos da aldeia o tinham enxotado. Na hora de se despedir, o peregrino lhe disse:

– Possa o teu primeiro trabalho de amanhã continuar para o dia inteiro

A boa mulher não entendeu este agradecimento e logo esqueceu as palavras do hóspede desconhecido. No dia seguinte, uma moça que ia se casar lhe trouxe um fio de ouro pedindo que bordasse o seu vestido de noiva. Com efeito, quando aparecia algum trabalho, a pobre mulher bordava. Ela desenrolou o fio e caprichou na encomenda. Quando acabou o serviço, percebeu que no chão tinha se juntado mais fios do que tinha no começo. Começou a recolhê-lo, mas quanto mais o enrolava, mais o fio se alongava. Passou o dia inteiro enrolando o fio. No final do dia, o novelo era de bom tamanho e sendo que, por tradição, a sobra do fio cabia de direito à bordadeira, ela pode vender o fio de ouro e, assim, ajeitar a sua casa e abrir uma pequena venda.

A notícia do caso extraordinário se espalhou pela vila. Dias depois, um rico comerciante encontrou o peregrino que estava voltando por aquelas bandas e o reconheceu pelas palavras da bordadeira. Convidou-o para ir à sua casa e o acolheu com todas as atenções. Pensou: “Se vou me mostrar generoso, com certeza, ganharei alguma coisa”.

Quando o santo homem se despediu, o comerciante pediu a bênção dele. O peregrino respondeu:

– Eu não dou bênçãos, mas lhe desejo que a sua primeira ocupação de hoje continue para uma semana inteira.

O homem correu imediatamente para o jardim da sua casa, onde estava escondido o cofre com o dinheiro. Pensava que se, naquele dia, estivesse começado a contar as moedas, iria contá-las a semana inteira e, desse jeito, elas se multiplicariam. No entanto, atravessando o quintal, teve sede. Parou no poço e encheu o balde de água. Não conseguiu mais parar. Tirou água do poço por sete dias. De tanta água, o jardim alagou e a casa dele ficou destruída.

É muito fácil entender que o amor quando é interesseiro deixa de ser tal, torna-se uma troca e perde o seu valor. No evangelho deste domingo, Jesus não dá uma simples resposta a uma pergunta – Qual é o maior mandamento da lei? – ele ensina mesmo o sentido do amor, ao menos como ele mesmo o entendeu, o viveu e quis transmiti-lo a todos nós.  O amor verdadeiro não se mede pela quantidade, porque de outra forma quem pode mais amaria mais, mede-se pela qualidade, ou seja, pela gratuidade. O amor verdadeiro só pode ser um dom, algo que sai do nosso coração e é oferecido, porque serve e faz bem ao outro e ao mesmo tempo a nós mesmos. O amor verdadeiro não deixa nenhum vazio, não faz sentir falta daquilo que doamos, pelo contrário, preenche outro vazio, aquele de um coração egoísta, incapaz de amar, cheio só de si mesmo, ao ponto que nele não cabe mais ninguém.

É por isso que Jesus une num só grande preceito o amor a Deus e ao próximo para que aprendamos a amar a Deus amando o próximo e, amando os nossos irmãos, comecemos a conhecer e a experimentar um pouco mais da realidade do nosso Deus, que é puro dom, pura generosidade, nada pede em troca, somente ama porque o amor é a natureza dele. Ele, Deus, somente pode amar.

É difícil entender isso, porque vivemos numa sociedade marcada por relacionamentos interesseiros; quase sempre pensamos que, cedo ou tarde, iremos ganhar alguma coisa em troca. Essa maneira de pensar está junto com o medo de doar, porque também temos medo de perder as coisas, de ficar sem elas. Sobretudo quando os bens que temos nos custaram algum esforço e um pouco de sacrifício.  Não queremos doar e depois reclamamos quando ninguém nos ajuda. Mas nós já ajudamos alguém pela simples felicidade de fazer uma obra boa, de fazer um irmão feliz? Por esse caminho vai ser difícil acreditar e confiar num Deus Pai bondoso, providente e generoso. Por isso, amparamo-nos, às vezes, com a “lei” do amor, cuidando de manter atualizada a lista das nossas boas ações. Ma o amor verdadeiro nunca será uma “lei” para ser meramente obedecida. Não se ama por medo do castigo. Não se ama para juntar pontos até conseguir o prêmio final. O amor verdadeiro só pode brotar de um coração livre, que sabe amar e fazer o bem, sem cálculo algum. Porque o amor se paga por si mesmo. É Deus amor em comunhão conosco e nós com Ele. Não tem recompensa melhor.

Camilo e Waldez

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 25/10/14 as 10:19 pm

hoje1No Amapá 445.514 eleitores estão aptos a escolher entre o ex-governador Waldez Góes (PDT) e o atual governador Camilo Capiberibe (PSB) quem vai governar o estado nos próximos quatro anos.
Waldez, de acordo com o Ibope, tem 62% das intenções de voto. Camilo tem 38%.
No primeiro turno o candidato pedetista teve 161.550 votos, o que equivale a 42,18% dos votos válidos. O pessebista teve 105.445%, ou seja, 27,53%.
No maior colégio eleitoral do estado, a capital Macapá, Waldez abocanhou os votos de 37,99% do eleitorado contra 30,22% de Camilo. No segundo maior colégio eleitoral, Santana, a diferença foi maior: Waldez teve 51,03% e Camilo 20,35%.
No primeiro turno, com sete candidatos disputando o governo, 4.808 eleitores (1,18%) votaram em branco; 20.023 (4,91%) anularam o voto e 47.522  eleitores (10,44%) deixaram de votar.

Camilo Capiberibe, 42 anos, é filho do ex-governador e senador João Capiberibe e da deputada federal Janete Capiberibe. Todos do PSB. Estreou na política em 2006 elegendo-se deputado estadual; em 2008 tentou a prefeitura da capital, mas foi derrotado por Roberto Góes (PDT). Em 2010 elegeu-se governador derrotando no segundo turno Lucas Barreto (PTB).
Camilo tem o apoio dos senadores Randolfe Rodrigues (PSOL) e João Capiberibe (PSB), do senador eleito Davi Alcolumbre (DEM), do prefeito da capital, Macapá, Clécio Vieira (PSOL), do vice-prefeito Allan Sales (PPS) .

Waldez Góes, 53 anos de idade,  iniciou a carreira política em 1990 elegendo-se deputado estadual. Foi reeleito em 1994. Em 1998 disputou o governo e perdeu para João Capiberibe (PSB). Em 2002 elegeu-se governador e em 2006 reelegeu-se em primeiro turno. Em abril de 2010 renunciou ao mandato para disputar o Senado. Em plena campanha, liderando as pesquisas de intenção de votos, foi preso pela Polícia Federal na Operação Mãos Limpas. Passou 10 dias preso em Brasília e perdeu a eleição.
Waldez tem o apoio do senador José Sarney e da maioria dos deputados estaduais e federais.

Ibope: Waldez tem 62% e Camilo 38%

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 25/10/14 as 7:15 pm

O ex-governador Waldez Góes (PDT) deverá ser eleito amanhã para governar mais uma vez o Amapá. É o que mostra pesquisa do Ibope divulgada na noite deste sábado, pela TV Amapá.

Góes aparece com 62% das intenções de voto contra 38% de Camilo Capiberibe (PSB), que concorre à reeleição. Estes percentuais levam em conta apenas os votos válidos.
Quando se trata da totalidade de votos, Góes tem 55% e Capiberibe 34%. Os votos brancos e nulos somam 8%; não sabem/ não responderam totalizam 3%.
A pesquisa, encomendada pela Rede Amazônica de Televisão e registrada no TSE sob o número BR-01189/2014, foi feita entre os dias 22 e 24. O Ibope ouviu 812 eleitores. A margem de erro é de 3% para mais e para menos.

Em relação a pesquisa passada, divulgada em 17 de outubro, Góes caiu de 66% para 62% e Capiberibe  cresceu de  34% para 38%

Waldez Góes passou para o segundo turno com 42,18% dos votos  e Camilo Capiberibe com 27, 53%.

Vazou

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 25/10/14 as 7:14 pm

Horas antes de ser divulgada pela TV Amapá, o senador João Capiberibe (PSB) já tinha o resultado da pesquisa.
Em seu conta no twitter ele postou:

pesquisa

O Amapá tem apenas 0,3% do eleitorado brasileiro

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 25/10/14 as 2:07 pm

O Amapá tem 445.514 eleitores, o que representa apenas 0,3% do eleitorado brasileiro. Esse baixo percentual explica porque candidatos a presidente da República não dão trela para o Amapá.

No primeiro turno Dilma (PT) teve 198.939 votos no Amapá (51,10%) e Aécio 99.046 (25,44%).

143 milhões de eleitores aptos a votar

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 25/10/14 as 1:57 pm

Neste domingo (26), cerca de 143 milhões de eleitores estão aptos a votar para presidente da República e governadores de 13 estados e do Distrito Federal.
No Amapá  são 445.514 eleitores (0,3% do eleitorado brasileiro).
A votação será feita das 8h às 17h, obedecendo o horário local.

Alô!

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 24/10/14 as 1:28 pm

alo

Cadastro habitacional em troca de votos

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 24/10/14 as 1:13 pm

Prefeitura de Macapá denuncia assistente social que usava cadastro habitacional em troca de votos

A Prefeitura de Macapá denunciou uma assistente social suspeita de oferecer cadastro em programas do ‘Minha Casa, Minha Vida’ em troca de votos. A denúncia foi protocolada ontem,  quinta-feira, 23, no Ministério Público Federal (MPF) do Amapá. Segundo a Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho (Semast), a mulher oferecia o serviço na casa de eleitores e por telefone, diferente de como o procedimento ocorre, via online ou em pontos fixos disponibilizados pelo Município.

O cadastro é oferecido pela Prefeitura de Macapá para selecionar beneficiários para conjuntos habitacionais, mas não garante a casa popular à pessoa inscrita, uma vez que a seleção definitiva é feita após visita social e aprovação no CADÚNICO do governo federal.

“Recebemos denúncia de que uma pessoa estaria fazendo cadastro habitacional em troca de votos, o que nos preocupa, porque esse procedimento não tem essa finalidade e é realizado de forma online”, afirmou a secretária de Assistência Social, Eliane Gonçalves.

A prefeitura conseguiu identificar a assistente social após ter relatos de pessoas que tiveram o serviço oferecido pela suposta servidora municipal. Um áudio gravado por uma das vítimas auxiliou na identificação.

“Não tem ninguém que possa favorecer alguém a ser contemplado. O processo de escolha acontece com lisura, com base nas informações dos inscritos no cadastro habitacional de Macapá”, comentou Eliane.

(Asscom PMM)

Democracia

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 24/10/14 as 1:05 pm

 

bandeiras(Foto: Gesiel Oliveira)

Entre aspas

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 24/10/14 as 12:02 pm

“Campanha continua cheia de versões, falsidades e emboscadas.
Nas ruas e nas redes sociais. Ambiente pegando fogo.”

Jornalista e analista político Gaudêncio Torquato, hoje no Twitter

Do caderninho da vovó

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 24/10/14 as 11:57 am

vo2

Pacientes e enfermeiros fazem protesto em frente ao HE

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 24/10/14 as 11:23 am

he1Faltando menos de 48 horas para as eleições, pacientes internados no Hospital de Emergências fazem mais uma vez protesto na frente do Hospital (na rua Hamiltom Silva) cobrando mais atenção do governo. Eles dizem que alguns estão até há meses esperando por cirurgia ortopédica. Reclamam também da super lotação. Construído há décadas, o Hospital de Emergências é pequeno para atender a demanda. O resultado disso são pacientes internados nos corredores, em cadeiras, em colchões no chão.
Desta vez, enfermeiros e auxiliares de enfermagem se juntaram aos pacientes e foram para rua com eles protestar.

he2
(Fotos enviadas ao blog pelo aplicativo WhatsApp)

Quem lembra?

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 24/10/14 as 10:27 am

Embalagem do Ki-Suco

Inaugurado o Feirão Popular

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 24/10/14 as 10:00 am

Empreendedores Populares recebem o Feirão Popular  
Texto e fotos: Carla Ferreira

rand1O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) acompanhou o prefeito de Macapá, Clécio Luís, durante a inauguração do Feirão Popular, no centro da capital, na tarde de ontem (23). “Há seis anos nós aguardávamos alguma melhoria”, disse o presidente da Associação dos Empreendedores Individuais, Paulo Félix, na abertura do evento.

Cerca de 90 microempreendedores serão beneficiados com as melhorias.  A revitalização foi realizada pela Prefeitura de Macapá, em parceria com o Governo do Estado. “Nós tivemos que tomar essa medida emergencial para garantir condições mais dignas de trabalho aos empreendedores populares, mas não vamos parar por aqui”, confirmou o prefeito.

Desde 2009, os empreendedores estão instalados na Avenida Antonio Coelho de Carvalho.

 “A inauguração deste espaço mostra o respeito com as pessoas, com o trabalhador. O possível está sendo feito hoje e o impossível será feito com a ajuda do povo, amanhã”, lembrou o senador Randolfe sobre as possibilidades de melhorias no futuro.

Melhorias – Foi realizada a substituição das seis tendas de cobertura, um total de 747 metros quadrados; recuperação da estrutura metálica; fixação de um toldo no entorno para minimizar a exposição ao sol e proteger das chuvas; substituição completa da parte elétrica; instalação de ventiladores para melhorar a circulação do ar; e um sistema de som ambiente para facilitar a comunicação no local. O serviço executado pela Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana (Semob) foi orçado em R$ 296 mil.

Termina hoje o horário eleitoral

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 24/10/14 as 9:58 am

Termina hoje,  sexta-feira (24), o horário eleitoral no rádio e na televisão.
Candidatos vão usar o último programa para agradecimentos – principalmente a Deus, família e militância -, atacar sem piedade o adversário e tentar conquistar alguns indecisos.

Carro de alto-falante ou amplificadores de som para divulgação de propaganda está permitido até sábado (25), véspera da votação, entre as 8h e as 22h. A distribuição de material gráfico, a realização de caminhadas, passeatas e carreatas, além da divulgação de jingles ou mensagens dos candidatos podem ser feitas também até as 22h.