Alcinéa Cavalcante

Liberdade de expressão!
Macapá - Amapá

Gente imunda

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 27/08/15 as 4:35 pm

lixo2Ponto turístico de Macapá, uma das áreas mais nobres na orla da cidade, virou lixeira, virou ponto “espanta turista”.
Donos de quiosques da orla jogam o lixo no canteiro, no passeio público, no meio da rua, nas calçadas… E os urubus fazem a festa.

lixo1Pessoas que praticam caminhada e corrida pela manhã na orla dizem que não aguentam mais essa imundície e fedentina.
E pedem que a Prefeitura de Macapá multe os rseponsáveis e feche os quiosques que não dão o destino adequado ao lixo.

(Fotos feitas na manhã de hoje por Joca Monteiro e cedidas ao blog)

Caravana da Cidadania do TRE chega ao município de Amapá

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 27/08/15 as 4:00 pm

Com o objetivo de aproximar a Justiça Eleitoral da população, o Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) realizou ontem, quarta-feira (26), uma Sessão Itinerante no Fórum do município de Amapá. Na Plenária, que iniciou às 17h e foi encerrada às 19h, foram julgados 37 Prestações de Contas da campanha eleitoral de 2014.  Prestigiaram o evento dezenas de pessoas, em sua maioria estudantes.
A Sessão, presidida pela vice-presidente/Corregedora, desembargadora Stella Ramos possibilitou aos cidadãos de Amapá assistir aos julgamentos e terem uma noção de como a Corte julga os recursos. De acordo com o Diretor Geral

Ler o restante do post »

Chá da tarde

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 27/08/15 as 3:34 pm

gloria

Artigo – São Luis: Que falta Você Faz

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 27/08/15 as 3:00 pm

São Luis: Que falta Você Faz
Por Alcione Cavalcante

Nestes tempos duros, difíceis para a maioria do povo, onde a desfaçatez assume proporções nunca dantes imaginadas. Nestes momentos onde as cifras da corrupção atingem níveis que assustam o mais pessimistas dos analistas do comportamento nacional e de sua famosa habilidade em dar um jeitinho nas coisas. Na época em que um ex-vereador de interior paulista se instala num dos ministérios de reconhecida competência técnica e até então imune à roubalheira, como é o caso do Ministério do Planejamento e de lá surrupia mais de R$ 50 milhões de reais numa boa. É para refletir. Se um ex-vereador (sem demérito para essa função importante), o primeiro degrau da

Ler o restante do post »

PF deflagra Operação Quinto Elemento

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 27/08/15 as 2:51 pm

A Polícia Federal deflagrou  hoje (27/8) a Operação Quinto Elemento, com o objetivo de desarticular complexa organização criminosa especializada no tráfico de drogas sintéticas atuante no estado de Goiás, com colaboradores em vários estados do País.

Cerca de 400 policiais federais, de diversas regiões do país, estão dando cumprimento a 145 mandados judiciais nos estados de Goiás, São Paulo, Paraná, Tocantins, Bahia, Minas Gerais e no Distrito Federal. São 30 mandados de prisão temporária, 08 mandados de prisão preventiva, 40 mandados de condução coercitiva, 55 mandados de busca e apreensão e 12 sequestro de bens imóveis, incluindo um prédio residencial de 20 apartamentos.

Ler o restante do post »

Retrato em preto e branco

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 27/08/15 as 2:43 pm

joaosilvaMeu amigo jornalista João Silva abriu seu baú e mostrou este retrato dos anos 70.
São jovens amapaenses que faziam faculdade em Belém e estavam passando férias em Macapá.
Sabe quem são, por onde andam e o que fazem hoje?
Diz aí na caixinha de comentários.

Abuso

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 27/08/15 as 2:18 pm

abusoFoto enviada ao blog pelo leitor Vinicius com o seguinte texto: “Ontem, ao ir ao banco me deparei com essa ignorância e achei que deveria ser exposto para que a sociedade se dê o mínimo de vergonha na cara e não cometa uma bizarrice dessa.”

É, Vinicius, Macapá tem dessas coisas. E como tem.

A Língua Solta do Palhaço Joca

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 27/08/15 as 1:22 pm

jocaO Projeto “Volta as Aulas com Sabor de Leitura” terá encerramento com a apresentação especial do espetáculo A Língua Solta do Palhaço Joca nesta sexta-feira, 28, às 19h na Praça Chico Noé (Macapá) e sábado, às 19h na Praça do Fórum (Santana).

A pedra encantada do guindaste

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 27/08/15 as 12:52 pm

Pedra-GuindasteNão me pergunte porque aquela pedra, ali no rio Amazonas, bem na frente da cidade de Macapá, é chamada de Pedra do Guindaste. Eu não sei. O que sei é que nela morava uma princesa de olhos claros e cabelos cor de mel. Sei também que em noites de lua nova, a pedra se transformava num imenso navio azul.

Açucena – é este o nome da princesa – foi trazida para Macapá para conhecer seu noivo González, um dos homens mais ricos da região, dono de terras a perder de vista, incontáveis cabeças de gado e minas de ouro. Era culto, elegante e bonito.

Açucena não o amava, mas não se opôs à vontade do rei.

Casaria com González, não tivesse visto certa manhã, um sorriso tão lindo, tão amplo, tão cheio de ternura, que se sentiu abraçada por esse sorriso. E aquele par de olhos? Ah, naqueles olhos brilhava esperança. E em Açucena nasceu a esperança de ser feliz, de amar, de ter um amor para a vida inteira.

Desistiu de González.

O rei e a rainha não aceitaram, afinal tinham prometido a mão da filha ao homem rico e promessa de rei tem que ser cumprida. Além disso, o dono do sorriso que encantou Açucena jamais poderia entrar num palácio, nunca – nem em sonho – poderia fazer parte da família real. Ele era negro, sem estudos e sem posses. Era um escravo que passava o dia inteiro carregando pedras, sob o sol escaldante, para a construção da Fortaleza de São José de Macapá. Trazia no corpo as marcas das chibatas, mas no olhar um brilho diferente, que iluminava a alma e o coração da princesa. Não era proprietário de terras, de gados, de ouro… mas era proprietário de esperanças, versos e ternura. Se descobriram apaixonados um pelo outro. Açucena todos os dias, antes do sol nascer, postava-se à beira do rio, quase ao lado do local onde estava sendo erguida a Fortaleza, para vê-lo passar e ser abraçada por aquele sorriso tão amplo.

Obrigada pelo rei a casar com González, Açucena decidiu fugir. Num final de tarde, quando a primeira estrela surgiu, ela jogou-se no rio e foi nadando, nadando, nadando em direção à Pedra do Guindaste e lá se escondeu da família, do mundo, do luxo, de González e de toda riqueza material.

Os mais antigos contam que todos os dias, antes do sol nascer, uma princesa surgia, como que por encanto, naquela pedra. Mas só era vista por pessoas extremamente apaixonadas. Conta-se também que em noites de lua nova a pedra, como num passe de mágica, se transformava num iluminado navio, mas só olhos cheios de ternura poderiam vê-lo.

Passados anos e anos e anos, um artista português esculpiu uma imagem de São José e colocou-a em cima da Pedra do Guindaste. Açucena sabia que São José era o santo padroeiro de Macapá e começou a rezar e pedir ao santo a graça de viver e ser feliz com seu grande amor.

Não demorou muito, numa noite escura – sem lua e sem estrelas – e de maré alta, uma embarcação chocou-se com a pedra, quebrando-a. Quem passou de manhã cedinho pela frente da cidade, viu uma linda princesa de cabelos cor de mel e um lindo príncipe negro se beijando no convés de um imenso navio que deslizava nas águas do rio Amazonas. Navio, rio e amor dourados por um sol bochechudo. Há quem jure que viu o casal acenando para a cidade, dando adeus para a cidade.

O certo é que depois disso nunca mais ninguém viu a princesa, nem o navio, nem o escravo de sorriso amplo e olhos ternos.

A imagem de São José foi recolhida do rio. O governo mandou colocar um bloco de concreto em cima do que restou da pedra e em cima desse bloco a imagem do santo padroeiro. E como uma lenda puxa outra, hoje conta-se que se um dia a água do rio subir tanto e molhar as sandálias de São José, Macapá irá para o fundo.

(Texto de Alcinéa Cavalcante extraído do livro Lindas Lendas Brasileiras – Ed. Scortecci- lançado em 2014 em São Paulo)

Nota de repúdio do Sindicato dos Médicos

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/08/15 as 11:20 pm

NOTA DE REPÚDIO!

O Sindicato dos Médicos do Estado do Amapá  – SINDMED-AP  vem a público REPUDIAR atos arbitrários cometidos pelos gestores das unidades hospitalares da Maternidade de Macapá e  Hospital  Estadual de Santana que na tentativa de  desarticular o MOVIMENTO SINDICAL programado para setembro, que reivindica direitos do servidor médico, utilizando – se de sua posição hierárquica estão constrangendo os médicos em suas atividades laborais, obrigando – os a elaborar e entregar escalas de plantão, pressionando -os a atos que beneficiam ao Governo do Estado em prejuízo ao Acordo Sindical  deliberado pela categoria em Assembleia Geral Extraordinária.
Esclarece em tempo que tais atos dos citados gestores, caracterizam assédio moral e grave violação aos princípios éticos preconizados pelo Código de Ética Médica em Resolução do Conselho Federal de Medicina, podendo ensejar representação em órgão de jurisdição e procedimento administrativo competente.

Dra. Helen Melo
Presidente SINDMED-AP

A lua agora em Macapá

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/08/15 as 6:47 pm

lua1

Fim de tarde em Macapá

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/08/15 as 5:33 pm

tarde

Chá da tarde

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/08/15 as 5:00 pm

Bar du Pedro
Rubemar

Sr. Prefeito
Uma coisa eu tenho medo
Nunca feche o Bar du Pedro
Que é relíquia territoriá
Pode mudar toda a arquitetura
Du Mercado Centrá
Mas não feche o Bar du Pedro
Se não muita gente vai falar.
Sempre foi o lugar do seresteiro
Do bebum sem dinheiro
Do boêmio apaixonado
Do peão que labuta com esforço
Do mulato preguiçoso
Ou mesmo do homem doutorado
Sr. Prefeito!!

Bar du Pedro

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/08/15 as 10:22 am

dupedro2O Bar du Pedro, no Mercado Central, é, talvez, o mais antigo bar de Macapá. Suas paredes e prateleiras contam parte da história da cidade.
Entre garrafas de bebidas, a história é contada através de  fotos de prédios, solenidades, esporte e de autoridades e gente simples que frequentava o bar. Há também recortes de jornais emoldurados e objetos antigos, como o rádio que você vê nessa foto.

Bom dia!

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/08/15 as 6:07 am

passarinho

Não pagou, dançou… Ericláudio é expulso do PRB

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/08/15 as 2:34 am

O deputado Ericláudio Alencar, líder do governo na Assembleia Legislativa do Amapá, ficou boquiaberto ao ser informado ontem pela Executiva Estadual do PRB que estava expulso do partido.
O parlamentar nem sabia que estava ocorrendo contra ele um processo de expulsão e nem lhe foi dado o direito de defesa.
O estranho motivo da expulsão:  o parlamentar não estava honrando com sua contribuição (financeira)  partidária e, além disso, assumiu o exercício da liderança do governo  sem autorização do partido.

Que eu saiba esta é a primeira vez, pelo menos no Amapá, que um parlamentar é expulso de partido político  por deixar de recolher a contribuição partidária.

O PRB é presidido no Amapá pelo deputado federal André Abdon.

Abdon tem encontro marcado com o presidente nacional do PP, Ciro Nogueira. Nos corredores do poder dizem que ele, Abdon, deve se mudar de mala, rede e cuia de açaí para o PP.

Minha avó já dizia

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/08/15 as 2:32 am

que cuia emborcada não guarda água.

Acareação entre Costa e Youssef mantém contradições

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/08/15 as 1:56 am

Luciano Nascimento – Repórter da Agência Brasil

A acareação na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, ontem (25), entre o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor da empresa, Paulo Roberto Costa, manteve, em linhas gerais, as contradições apontadas nas delações premiadas dos dois acusados de integrar o esquema de corrupção e pagamento de propina investigado pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

CPI da Petrobras faz acareação entre o doleiro Alberto Youssef e o ex-­diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto CostaFabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

CPI da Petrobras faz acareação entre o doleiro Alberto Youssef e o ex-­diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto CostaFabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Ao responder perguntas feitas pelos deputados, tanto Youssef quanto Costa mantiveram versões distintas sobre o suposto repasse de dinheiro para a campanha presidencial de Dilma Rousseff, em 2010.

Em depoimentos à Justiça Federal, Costa disse que o ex-ministro Antonio Palocci, que era o coordenador da campanha de Dilma, pediu R$ 2 milhões. Ainda de acordo com Costa, o montante fora disponibilizado por Youssef que negou ter feito o repasse. “Eu não conheço Palocci, nem assessor dele, nem o irmão dele e não fiz o repasse. Mas existe outro réu colaborador, que está falando. Há uma investigação em relação ao Palocci e, em breve, vocês vão saber quem repassou os recursos”, disse Youssef ao ser acareado na CPI.

Perguntado se o esquema seria de conhecimento do Palácio do Planalto, Youssef respondeu que não poderia confirmar, mas que, a partir de conversas com Costa, formou essa percepção. “Essa percepção eu tive por conta do que eu ouvia nas conversas com o [Paulo Roberto Costa] que, às vezes, dizia que pedia uma sinalização do Planalto”, afirmou.

Por sua vez, Costa disse que nunca tratou de assuntos relativos à Petrobras “com ela [Dilma Rousseff, que à época presidia o Conselho Administrativo da estatal] ou com o [então] presidente Lula sobre qualquer problema na Petrobras. Se ela sabia ou não, eu não tenho como confirmar”, afirmou Costa.

As maiores surpresas na acareação vieram de Youssef, que apontou o deputado Celso Pansera (PMDB-RJ) como o responsável por intimidá-lo e à sua família. Em resposta a uma pergunta de Pansera sobre quem o estaria intimidando, o doleiro quebrou o silêncio e acusou o deputado de ser o autor das intimidações.

“É vossa excelência. Vossa excelência sabe que as minhas filhas nunca participaram de nenhum esquema fraudulento ou que tiveram propriedades em nome ou qualquer coisa que seja. Mas vossa excelência insiste nisso”, disse o doleiro.

Pansera retrucou que estava se sentindo ameaçado “por um bandido que já está, inclusive, condenado”. “Eu acho que a CPI tem que tomar algum tipo de iniciativa. Em defesa da minha vida, inclusive”, afirmou o deputado autor de requerimentos que pede a quebra dos sigilos fiscal, telefônico e bancário de Youssef e suas filhas.

O presidente da CPI, Hugo Motta (PMDB-PB), nesse momento, intercedeu, rebateu as acusações e disse que defenderia as “prerrogativas parlamentares”. “No entendimento dessa comissão, requerimento de convocação não configura ameaça a ninguém”, afirmou Motta.

Ao ser indagado pelo deputado Jorge Sola (PT-BA) se houve “dinheiro de Furnas para Aécio”, o doleiro confirmou o que já havia declarado em depoimentos anteriores de que o ex-deputado José Janene (PP-PR), condenado no processo do mensalão, já falecido, disse-lhe que dividia a diretoria de Furnas com o então deputado Aécio Neves.

“Eu confirmo por conta do que eu escutava do deputado José Janene, que era meu compadre, e eu era operador dele”, respondeu Youssef. Furnas, subsidiária da Eletrobrás e vinculada ao Ministério de Minas e Energia, fez parte de um esquema de pagamento de propina também operado por Youssef, entre 1996 e 2000.

Perguntado se houve pagamento de propina ao senador mineiro Antonio Anastasia (PSDB-MG), Youssef disse que enviou recursos oriundos de propina a Minas Gerais, mas que não poderia afirmar se os recursos foram para o senador. “Com referência ao Anastasia, eu mandei, sim, dinheiro para Belo Horizonte, mas não fui entregar. Então, a mim não foi dito que era para o Anastasia”.

Youssef confirmou ainda o que dissera em depoimentos anteriores de que houve o pagamento de R$ 10 milhões ao então presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), morto em 2014, para evitar uma CPI no Congresso a fim de investigar a Petrobras, em 2009.

Durante a acareação, tanto Youssef quanto Costa também confirmaram o pagamento de R$ 1 milhão para a campanha da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), em 2010, proveniente do esquema de desvio de dinheiro da Petrobras.

Edição: Aécio Amado

Governo do Amapá e Sebrae anunciam realização da 51ª Expofeira

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/08/15 as 1:34 am

Governo do Amapá e Sebrae anunciam oficialmente nesta quarta-feira, 26, às 8h, no Parque de Exposições da Fazendinha, a parceria para a realização da 51ª Expofeira do Amapá. O evento foi reformulado para dar lugar a uma grande feira de negócios com ênfase no desenvolvimento econômico do Estado na produção florestal e de alimentos.

A Expofeira acontecerá no período de 30 de outubro a 8 de novembro.

Ler o restante do post »

Será?

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/08/15 as 1:30 am

Comércio está jogado às moscas. Empresas estão fechando, lojas demitindo funcionários. Todo mundo reclamando da falta de dinheiro.
Muita gente lembrando que em campanha o governador Waldez Góes prometeu que “o dinheiro circular”. Até agora nada. A crise tá braba.
Mas “dizqui” o dinheiro vai circular na Expofeira. Será?

Polícia usa whatsApp para receber denúncias

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 26/08/15 as 12:56 am

Anote este número: (96) 99202-2000

É o WhatsApp da Polícia Civil, criado há uma semana, para receber denúncias.
E já está dando certo. Foi pelo WhatsApp que a Polícia recebeu a informação do paradeiro de um homem acusado de estuprar uma garota de 12 anos no município de Mazagão. O crime ocorreu em março e o sujeito estava foragido. Pelo aplicativo alguém informou que ele estava entocado na casa de um parente em Macapá, no bairro Santa Rita. A polícia foi lá e prendeu-o nesta terça-feira.

Virando o zezeu

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 25/08/15 as 11:22 pm

Adolescentes que cumprem medidas sócioeducativas no Centro Socioeducativo de Internação (Cesein) viraram o zezeu nesta terça-feira.
Saíram das celas, subiram no telhado, arremessaram paus, pedras e cacos de telhas em policiais.

“Eles aproveitaram que um dos internos iria receber atendimento médico e fugiram da cela, subindo no telhado do centro”, contou a diretora-presidente da Fcria, Alba Nize Colares. “Eles fizeram isso como forma de chamar a atenção da justiça para dar andamento aos seus processos jurídicos”, disse.

Ela afirmou que os processos já haviam sido encaminhados no dia 15 de junho para a Defensoria Pública do Estado, responsável por elaborar a defesa dos internos. “Esses processos já estavam prontos para serem julgados em um mutirão judiciário, marcado para o dia 10 de setembro,  dentro do próprio Cesein”.

Camponeses do Araguaia recebem anistia política

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 25/08/15 as 11:20 pm

Marieta Cazarré – Agência Brasil

A Comissão de Anistia do Ministério da Justiça julgou, na manhã de hoje (25), 187 casos de pedidos de anistia de camponeses, vítimas de repressão entre 1967 e 1974, durante a Guerrilha do Araguaia, que foi marcada por confrontos entre militantes do PCdoB e as Forças Armadas.

Do total de pedidos, 30 foram deferidos e garantem aos anistiados reparação econômica. Entre os que não foram aprovados, há casos em que a comissão entendeu que ainda não tinha condições de julgar. Além disso, ainda cabe recurso aos indeferidos.

A sessão de hoje foi a terceira dedicada aos camponeses do Araguaia. O primeiro julgamento ocorreu em São Domingos do Araguaia, em 2009, quando 91 depoimentos foram apreciados e 44 pedidos, deferidos. A segunda sessão foi em abril deste ano, em Palmas, com 55 casos apreciados e 11 deferimentos. Até o momento, 85 agricultores

Ler o restante do post »

CEA interrompe fornecimento de energia no Jari

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 25/08/15 as 11:14 pm

A Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) informa que haverá interrupção programada no fornecimento de energia elétrica nesta quarta-feira e também quinta e sexta no Laranjal do Jari para manutenção e melhoria dos sistemas de distribuição.

Locais e horários

DIA: 26.08.2015 (quarta-feira)
Local: Rua Santarém c/ Av. Fortaleza.
Horário: 8h às 14h

DIA: 27.08.2015 (quinta-feira)
Local: Rua Vitória Régia c/ Av. Tancredo Neves.
Horário: 8h às 12h

DIA: 28.08.2015 (sexta-feira)
Local: Av. Inconfidência c/ Rodovia Esplanada e Rua das Flores e Emilio Médici.
Horário: 8h às 17h

Noturno

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 25/08/15 as 9:58 pm

noturno

De volta

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 25/08/15 as 9:43 pm

Depois de uns dias com o blog devagar, quase parando, estamos de volta agora pra valer.
E quem quiser pode mandar notícias, sugestões de pautas, fotos, poesias etc para postar aqui.
Envie para o email alcinea.c@gmail.com

Incêndio no Jari – Já sob controle

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 23/08/15 as 12:06 am

jari1Os bombeiros já conseguiram controlar o fogo, portanto já não há risco de se alastrar mais. Ainda não se sabe a causa do incêncio que começou próximo ao cais. Os bombeiros já estão fazendo o rescaldo.
Durante cerca de 30 minutos, por medida de segurança, a CEA interrompeu o fornecimento de energia elétrica na área. Mas já foi restabelecido.

jari4

Incêndio no Jari

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 22/08/15 as 11:01 pm

jari2Um incêndio de grandes proporções agora em Laranjal do Jari, terceiro maior município do Amapá.
O fogo atinge dezenas de casas e estabelecimentos comerciais no bairro Central, mais precisamente na rua Tancredo Neves.
Dois carros auto bomba tanque ABT e carros tanques do Corpo de Bombeiros estão no local há mais de meia hora tentando debelar o fogo.

Mais fotos e informações dentro de alguns minutos

Servidos?

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 20/08/15 as 11:50 am

IMG_0206Filhote assado na brasa. Vai bem com salada e melhor ainda com açaí

Bon appétit

Postado por: Alcinéa Cavalcante em 19/08/15 as 12:00 pm

alm1Camosquim. Famosa receita da mamãe que o mano Alcione, a mana Alcilene e a sobrinha Alane fazem tão bem. Este foi feito pela Alcilene.