Fineias Nelluty é convidado para ser embaixador do projeto Habitat da ONU

Fineias Nelluty e a coordenadora nacional da ONU em Cabo Verde, Janice Da Silva
Por conta de trabalhos sociais, músico amapaense é convidado para ser embaixador da ONU
Por Elton Tavares

O produtor musical, cantor e multi-instrumentista amapaense, Fineias Nelluty, anunciou em sua página na rede social Facebook, que foi convidado para ser o primeiro artista brasileiro para ser um dos embaixadores do projeto HABITAT, da Organização das Nações Unidas (ONU), em Cabo Verde. O convite partiu da coordenadora nacional da Organização das Nações Unidas (ONU) no país, Janice Da Silva.

Conforme o artista, que está no Continente Africano em Turner, ele recebeu o convite por conta de seus projetos sociais, como o Zankerada na Baixada, no Amapá. A posse dos novos embaixadores acontecerá no dia 2 de outubro de 2018, em Cabo Verde.

Zankerada na Baixada

Durante os anos de 2015, 2016 e 2017, o projeto Zankerada na Baixada percorreu vários bairros da periferia de Macapá. A iniciativa levou várias atividades que contou com a participação maciça das famílias que residem nessas áreas de risco social.

A maioria dos participantes foi formada de crianças e jovens, que viram na iniciativa uma oportunidade de mostrar suas habilidades durante as oficinas de hip hop, audições de novos talentos e nos concursos de bikes customizadas.

(Copiado e colado do Blog De Rocha)

Retrato em preto e branco

1966 – O saudoso professor Munhoz e o pintor e escultor amapaense Manoel Costa no pátio do Colégio Amapaense. Eram os preparativos para a exposição do artista  no Salão Nobre do colégio.
No ano seguinte, Manoel Costa viajou para o Rio de Janeiro para cursar cursar pintura na Escola Nacional de Belas Artes e se tornou um dos artistas plásticos mais famosos no Rio e conhecido internacionalmente. Suas obras estão nas mais importantes galerias do mundo.
De vem em quando ele vem em Macapá matar saudade dos amigos, do açaí e do camarão no bafo.

1º Encontro de Palhaças do Amapá

Do Blog de Rocha

No período de 1 a 4 de março de 2018, será realizado o 1º Encontro De Palhaças Do Amapá. O evento, que consiste em oficinas e espetáculos, visa agregar a palhaçaria feminina do Estado em uma rede colaborativa como espaço de reflexão, fomento e divulgação da comicidade da mulher no mundo contemporâneo.

As capacitações, nos dias 3 e 4 de março, serão ministradas na Casa do Circo, localizada na Rua Ernestino Borges, Nº 191, bairro do Laguinho, zona norte de Macapá e as apresentações, nos dias 1 e 2, ocorrerão no Teatro das Bacabeiras. Continue lendo

Exposição Aves do Amapá

Hoje, às 19h, será aberta no Foto Nunes (Avenida Diógenes Silva, nº 1098-Trem) a exposição Aves do Amapá do fotógrafo e biólogo Kurazo Okada.
São centenas de fotos de aves encontradas no Amapá. Uma beleza.
Ainda hoje, logo após a abertura, Okada participa de uma roda de conversa na qual ele dará dicas de como fotografar aves.
A exposição – que faz parte do projeto Janela Fotográfica coordenado por Alexandre Brito.- vai até o dia 19 de fevereiro.

Tem feira afro no Luau na Samaúma

A Feira do Afroempreendedor será uma das atrações do Luau da Samaúma desta sexta-feira, 8, a partir das 17h30, na Praça da Samaúma. O objetivo é promover e apoiar a produção e vendas de produtos de afroempreendedores urbanos e rurais para que estes desenvolvam crescimento empresarial e fortaleçam a rede de emprego e renda. Continue lendo

A descoberta das Américas

O ator carioca Júlio Adrião, considerado um dos melhores e mais premiados do país, apresentará nesta quinta-feira, 7, o espetáculo A descoberta  das Américas, no CEU das Artes, às 19h. A apresentação da peça marcará o encerramento da oficina de teatro, ministrada pelo ator nos dias 5 e 6 de dezembro, dentro do projeto Projeção Cultural no Meio do Mundo, realizado pela Prefeitura de Macapá.

A peça tem o texto original de Dário Fo, com direção de Alessandra Vannucci, e traz Júlio Adrião numa performance que lhe rendeu o prêmio Shell de melhor ator. A apresentação será aberta e gratuita, com distribuição de ingressos às 18h, no CEU das Artes.

(Célio Alício/Fumcult)