Inscrições para a II Corrida No Rastro da Onça encerram nesta quarta

As inscrições para a II Corrida No Rastro da Onça encerram-se à meia-noite desta quarta-feira, 8. Organizado pelo Batalhão Ambiental da Polícia Militar, o evento integra as atividades em comemoração ao aniversário do batalhão. As vagas são limitadas e as inscrições devem ser feitas através do site www.centraldacorrida.com.br e custam R$ 50.

A II Corrida No Rastro da Onça acontece domingo, 12, com percurso de 7 km. A largada será às 6h30, com concentração a partir das 5h30 no Parque de Exposições da Fazendinha, na Rodovia JK, em Macapá.
Os competidores percorrerão alguns quilômetros de asfalto pela rodovia no sentido Santana. Em seguida, sairão do asfalto para entrar em ramais de terra batida.

Audiência Pública: Plano de enfrentamento e prevenção ao suicídio

A Assembleia Legislativa do Amapá (ALAP) realizará nesta quinta-feira (9), às 14h no Centro de Convenções João Batista de Azevedo Picanço (Av. Fab, 86) , audiência pública para debater o Plano de Enfrentamento e Prevenção ao Suicídio. A iniciativa é do deputado estadual Dr. Furlan (PTB) e do Coletivo de Psicólogos do Amapá.

O evento tem o objetivo de elaborar estratégias emergenciais e contínuas que promovam prevenção em saúde mental, reduzindo os índices de tentativas e suicídios no Estado, de acordo com a Lei Nacional 13.819 de 26 de abril de 2019.

Em um primeiro momento, terá apresentações de palestras que contextualizam a proposta de criação do Plano de Enfrentamento e Prevenção ao Suicídio:

  1. Representante da Secretaria de Vigilância em Saúde, Michelle Maleamar, para apresentar os dados do alerta epidemiológico.
  2. Representante do Ambulatório de Atenção à Crise Suicida, Luana Nunes, para apresentar o Plano de Enfrentamento ao Suicídio e a Lei Nacional 13.819/2019.
  3. Promotor de Justiça do Ministério Público, André Luiz Dias Araújo, para palestrar sobre as judicializações de fortalecimento da saúde mental.
  4. Defensora Pública do Estado, Tathiane Soares, para falar a respeito das vistorias e carências de profissionais psicólogos nos centros e instituições de saúde mental.

O segundo momento será de discussões e contribuições dos convidados e população presente. E, por fim, o terceiro momento será para consolidar sugestões e propor encaminhamentos.

(Ascom/Deputado Furlan)

Dengue – Macapá tem redução de 87,5%

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) iniciou nesta segunda-feira, 6, o 3º ciclo do Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) deste ano. O levantamento é feito pelos agentes de endemias do Município e acontecerá em todos os bairros da capital até 14 de maio, identificando onde há um número maior de focos de criadouros do mosquito.

O Município faz o alerta para a população para que faça uma inspeção nas dependências, observando copos, pneus, vasos, caixas d’água ou qualquer outro objeto que possa acumular água e propiciar a reprodução do mosquito. “É muito importante a participação de todos. Que os munícipes tirem pelo menos dez minutos, uma vez por semana, para verificar os objetos que acumulam água nas dependências da residência”, solicita o coordenador de Combate ao Aedes, Kilder Vidal.

De acordo com o último Boletim Epidemiológico, até 26 de abril, foram confirmados 41 casos de dengue, uma redução de 87,5%, comparado com o mesmo período do ano passado, que registrou 328. “É primordial a orientação e o apoio de toda a população. O agente de endemias visita a área mensalmente, mas as pessoas estão ali todo dia. Então, esse envolvimento no combate é essencial”, destaca Vidal.

O levantamento é considerado um instrumento fundamental na orientação das ações de controle das endemias causadas pelo Aedes e que serão adotadas pela prefeitura, possibilitando assim o planejamento das atividades de prevenção. Com a conclusão do ciclo, novas campanhas de combate e controle do mosquito serão desenvolvidas durante o ano.

(Semsa)

30% da população de Macapá sofre de hipertensão

Relatório da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), mostra que 30% da população de Macapá sofre de hipertensão.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) deu início nesta quarta-feira, 24, à programação alusiva ao Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. As atividades começaram pela UBS Carmo do Maruanum, onde foi oferecida orientação nutricional, palestras que abordaram a importância da prática de atividades físicas, aferição de pressão arterial, entre outros serviços. 

As atividades ocorrerão em mais duas unidades. Mas a coordenadora de Doenças Crônicas não Transmissíveis, Rielly Macedo, explica que em todas as UBS’s são ofertados em sua rotina serviços de tratamento e acompanhamento de portadores de hipertensão arterial. “A hipertensão é uma doença silenciosa. Por isso, a importância das consultas e exames de rotina e atenção a possíveis sintomas, como dores de cabeça, falta de ar, tontura, entre outros. Quando a pressão fica descontrolada, o coração é o órgão mais afetado. Portanto, não podemos brincar com os sintomas”.

Em Macapá, de acordo com o relatório da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), a hipertensão atinge 30% da população. Caso do agricultor Manoel Lima, que faz o controle da doença no posto de saúde do Maruanum, que atende cerca de 50 hipertensos. “Sentia um mal-estar constante. Em uma das consultas, o médico viu a pressão alterada e pediu exame, que apontou a hipertensão. De lá para cá, eu tomo os remédios e busco melhorar a alimentação”, comenta. 

A intensificação das atividades de rastreamento acontecerá até as primeiras semanas de maio, com aferição de pressão arterial, testes de glicemia, orientação nutricional e o incentivo à prática de atividades físicas, nas demais unidades de saúde da capital e distritos.

(Semsa)

Vacina contra gripe

A Prefeitura de Macapá iniciou nesta segunda-feira, 22, mais uma etapa da vacinação contra a gripe. Desta vez, para o grupo prioritário composto por mulheres que estão no pós-parto e profissionais da saúde. As pessoas que compõem esse grupo têm até 26 de abril para procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e se imunizar. 

Confira o cronograma:

22 a 26 de abril – trabalhadores da saúde; puérperas;

29 de abril a 03 de maio – indivíduos com 60 anos ou mais; povos indígenas;

04 de maio – Dia D de Mobilização Nacional;

06 a 10 de maio – professores;

13 a 17 de maio – portadores de doenças crônicas;

20 a 24 de maio – profissionais do sistema prisional, população privada de liberdade;

27 a 31 de maio – adolescentes de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas.

Semana Santa – Horário de funcionamento das UBS’s

As Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) de Macapá terão seu funcionamento alterado durante a Semana Santa, de 18 a 21 de abril. As ambulatoriais, com funcionamento das 7h às 19h, param seus trabalhos nesta quinta-feira, 18, e só retomam na segunda, 22, a partir das 7h. Por outro lado, as UBS’s de urgência e emergência, que funcionam 24 horas, atenderão normalmente todos os dias, bem como as de funcionamento de 18 horas, que atendem das 7h à meia-noite.

Os pacientes que necessitarem de atendimento de urgência e emergência devem se dirigir a uma das duas unidades com atendimento 24 horas, localizadas nos bairros Jardim Felicidade II e Buritizal. As ocorrências de menor gravidade podem ser atendidas em uma das UBS’s de 18 horas, nos bairros Perpétuo Socorro, Santa Inês, Marabaixo e Fazendinha, onde as equipes de médicos e enfermeiros atenderão emergências clínica de baixa complexidade, como aferição da pressão arterial, curativos, administração de medicamentos com prescrição e nebulização, dentre outros. 

A Semsa orienta a população que só procure o Hospital de Emergências (HE) em casos de acidentes de trânsito, agressões por arma de fogo e demais ocorrências de alta complexidade. As UBS’s que fecham na quinta e retornam na segunda-feira são: Dr. Álvaro Corrêa; São Pedro; Pedrinhas; Leozildo Fontoura; Brasil Novo; Cidade Nova; Coração; Infraero II e Novo Horizonte.

Dia Mundial da Conscientização do Autismo – Programação

Várias programações vão ocorrer em Macapá nesta terça-feira, 2, Dia Mundial da Conscientização do Autismo.

Escolas Municipais
Escolas da rede municipal de ensino promoverão programação especial de conscientização com os alunos. Serão feitas blitzen educativas, caminhadas, aulas de dança, piquenique, apitaço, dentre outras atividades.

Na EMEF Lúcia Neves Deniur, no bairro Brasil Novo, a programação terá início às 8h, com a I Caminhada: autismo, conhecer para aprender, que saíra da frente da instituição de ensino e percorrerá ruas e avenidas próximas da escola. Para os alunos da escola EMEF Josafá Aires, no Infraero I, as atividades irão envolver alunos dos turnos da manhã e tarde, com atividades de literatura infantil, dinâmica, música e produção textual.

Já na EMEF Maestro Miguel, no bairro Perpétuo Socorro, a partir das 9h, haverá atividades recreativas envolvendo pais e alunos, piquenique e aula de dança. Na EMEF Guita, às 9h e às 16h, os alunos farão um apitaço com a distribuição de panfletos e laços (símbolo do autismo) para os motoristas, no cruzamento da Rua Leopoldo Machado com a Avenida Antônio Coelho de Carvalho.

Tribunal Regional Eleitoral
O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE/AP), com o intuito de contribuir na conscientização do autismo, adesivou todos os veículos da Justiça Eleitoral. E nesta terça-feira serão entregues aos servidores do TRE/AP pequenos laços com o símbolo do autismo, um quebra-cabeça colorido que reflete o mistério e complexidade das pessoas autistas.

CTMac
A CTMac participou nesta segunda-feira, 1º de abril, de uma ação na sede da Associação de Pais e Amigos dos Autistas do Amapá (AMA), organizadora da iniciativa. A ação consiste em emitir credenciais para que autistas, idosos, portadores de síndrome de down, pessoas com deficiência visual e física tenham direito às vagas especiais nos estacionamentos.

Quem estiver interessado em obter a credencial deve ir à sede da AMA, localizada na Avenida 16 de Julho, no bairro Laurindo Banha, zona sul de Macapá, das 9 às 17h, portando carteira de identidade, comprovante de residência e, no caso de autista ou pessoa com deficiência, laudo médico.

Começa amanhã a Semana Alimentação Saudável

Em alusão ao Dia da Saúde e Nutrição, comemorado em 31 de março, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) dará início à Semana Alimentação Saudável, que acontecerá no período de 1º a 5 de abril nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) e academias ao ar livre. O objetivo é sensibilizar a população sobre a importância da saúde e da boa alimentação, orientando os usuários quanto à adesão de hábitos alimentares saudáveis.

A abertura será na UBS Lélio Silva (Rua José Valente dos Santos, 126, Buritiza) às 9h. Para esse dia, os profissionais farão orientações e avaliações nutricionais, aferição de pressão arterial, atividades de educação em saúde e rodas de conversa. No mesmo dia, as UBS’s Rosa Moita e Raimundo Hozanan e a academia ao ar livre da zona norte também ofertarão os atendimentos.

Boa notícia – Amapá reduz casos de dengue em 97%

Diferente do que acontece a nível nacional, com o aumento de casos de dengue em vários estados do país nos três primeiros meses de 2019, no Amapá, a política de combate ao Aedes aegypti do governo do Estado continua garantindo um quadro de redução que, atualmente, ultrapassa os 95% de queda nas notificações.

O comparativo feito pela equipe da Unidade de Zoonoses da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) tem como base os dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação. O levantamento foi feito entre as semanas epidemiológicas de 1 e 12, referente ao período de 30 de dezembro de 2018 até 22 de março de 2019.

De acordo com os números, houve redução de 97% dos casos confirmados de dengue. Foram 751 nos três primeiros meses de 2018 e, no mesmo período de 2019, 20 casos tiveram confirmação.

Quanto à Chikungunya, o número de casos baixou de 180, em 2018, para 14 neste ano, uma redução de 92%. Também houve diminuição no número de pessoas infectadas pelo Zika Vírus. Se no ano passado, houve 17 casos no período comparado, em 2019 foram três confirmações, queda de 82%.

Ainda de acordo com a SVS, no ano de 2018 foram registrados 15 casos suspeitos de Zika em grávidas, enquanto neste ano, até o momento, não foram registrados casos suspeitos.

Na segunda-feira, 25, o Ministério da Saúde alertou estados e municípios sobre o aumento de 264,1% dos casos de dengue no país, que passaram de 62,9 mil, nas primeiras 11 semanas de 2018, para 229.064, no mesmo período deste ano.

Para o superintendente da SVS, Dorinaldo Malafaia, o trabalho desenvolvido pelo governo, de monitoramento e reforço das ações, tem sido decisivo para que o Estado obtenha resultados positivos.

“Em que pese o período chuvoso e o fato de vivermos na região amazônica, propícia ao avanço de doenças como as relacionadas com o Aedes aegypti, investimentos como a contratação de novos agentes de endemias e os treinamentos, e constante acompanhamento de nossas equipes levam a esse resultado que muito nos alegra, pois significa promoção de saúde e melhores condições de vida para nossa população”, destacou o gestor.

O Informe Epidemiológico da SVS de Dengue, Chikungunya e Zika – edição 04/2019 – está disponível no site da SVS. Nele, contam informações detalhadas de cada município.

(Fonte: Secom)