Futebol – Time da Guiana Francesa faz amistoso em Macapá

Amanhã tem futebol internacional em Macapá, no estádio Glicério Marques,  O  Union Sportive de Matoury  sub-17 (foto), da Guiana Francesa,  faz um jogo amistoso com Norte Pacuí Futebol Clube, da região de São Joaquim. O jogo começa às 16h.

O Matoury vem se preparando para a temporada de competições na Guiana Francesa e veio ao estado, visando intensificar a preparação.

Os guianenses já manifestaram interesse em pelo menos cinco jogadores amapaenses do projeto  Despertando Atletas, da Prefeitura de Macapá.
Brevemente, o Despertando Atletas irá a Guiana Francesa fazer um amistoso com o Matoury. Esse amistoso servirá também para cartolas franceses avaliarem os amapaenses que pretendem contratar.

Branco vem ao Amapá como olheiro da Seleção Brasileira

O seminário sobre futebol na infância e adolescência, que será realizado pela CBF Social e Federação Amapaense de Futebol (FAF), promete alimentar não só a discussão sobre o esporte como caminho de crescimento pessoal, mas também o sonho de tantos jovens de serem notados por um olheiro da Seleção Brasileira.

Para a missão tão importante de avaliar os jovens desportistas participantes do seminário, a FAF confirmou a vinda do jogador Branco, um dos heróis do título do Brasil na Copa do Mundo de 1994.

Programação
Branco participará do seminário que inicia no dia 15 de agosto em Macapá, e encerra no dia 16, com um festival de futebol para meninos e meninas entre 9 e 13 anos.
Nesse momento, os desportistas estarão sob o olhar atento do ex-lateral, que além da Seleção Brasileira, atuou em clubes como Internacional, Fluminense, Grêmio, Corinthians, Flamengo e tem passagens por equipes de Portugal, Itália e Inglaterra, participou do título da Copa América de 1989.

Inscrições
Todos os jovens entre 9 e 13 anos podem se inscrever para o seminário da CBF Social no Amapá, as inscrições são gratuitas e devem ser feitas no link http://portalcbfsocial.cbf.com.br/futebol_base_amapa . O processo de inscrições é rápido e será gerido pela própria CBF em parceria com a FAF.

CBF Social
Lançado em junho de 2015, o CBF Social é um departamento exclusivo da Confederação Brasileira de Futebol para fomentar ações de responsabilidade social por meio do esporte. Desde que foi criado, o CBF Social já beneficiou mais de cem mil pessoas de diferentes faixas etárias e gêneros, e pela primeira vez chega ao Amapá por meio de uma articulação da FAF.

Nossos esforços são para que o Amapá volte a ter um futebol de base forte, e para isso, investimos nos jovens desportistas com ações como essa, em parceria com o CBF Social. É importante que os jovens saibam que o jogador Branco representa uma Seleção Brasileira que está sempre em busca de novos talentos. É uma oportunidade única”, concluiu Netto Góes, presidente da FAF.

(Marcelle Nunes)

Aos 70 anos morreu hoje Niki Lauda, tricampeão de Fórmula 1

O austríaco Niki Lauda, tricampeão de Fórmula 1, morreu nesta segunda-feira (20) aos 70 anos, informou na noite de hoje sua família em um comunicado divulgado pelos meios de comunicação britânicos.

Lauda travou grandes duelos e manteve uma grande rivalidade nas pistas com o piloto britânico James Hunt, retratado no filme “Rush”, dirigido por Ron Howord e lançado em 2013. No ano passado, ele concordou em vender o controle de sua companhia aérea Laudamotion para a Ryanair e era acionista da equipe Mercedes de Formula 1.

(Agência Brasil)

CBDA convoca nadador amapaense Gabriel Bandeira para a seleção brasileira

Após conquistar o melhor índice técnico da Copa Norte de Natação – Troféu Leônidas Marques – em Manaus, e ainda bater dois recordes regionais na categoria infantil 2, o nadador Gabriel Bandeira (foto), do Programa Bolsa Esporte do Governo do Amapá, foi convocado pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), para integrar a seleção brasileira na Copa Pacífico. A competição – que será disputada por nove países – ocorre entre os dias 10 e 16 de junho, em Lima, capital do Peru.

O Amapá sempre foi destaque na natação desde a década de 1950 quando a equipe amapaense conquistou o campeonato brasileiro e Anselmo Guedes foi bicampeão. Outro grande nome da natação é Jader Souza. Nos campeonatos de master, os nadadores amapaenses retornam com o pescoço pesado de tantas medalhas de ouro.

No mês passado, por exemplo, no  63° Campeonato Brasileiro Master de Natação, realizado em Curitiba, o master  Rostan Martins se tornou recordista na sua categoria.

Rostan Martins já conquistou dezenas de medalhas, inclusive de recordista

Começam nesta segunda as inscrições para o projeto “despertando atletas”

O CEU das Artes abrirá inscrições para o projeto Despertando Atletas. Serão 40 vagas, divididas entre as modalidades de futsal e voleibol. O programa é voltado para crianças e adolescentes, com idades entre 10 e 17 anos.
As inscrições acontecerão no período de 25 a 30 de março. Elas devem ser feitas no CEU das Artes, no bairro Infraero, das 8h30 às 12h e das 14h30 às 20h. Na categoria futsal, poderão se inscrever crianças e adolescentes na faixa etária de 10 a 14 anos. No voleibol, adolescentes de 14 a 17 anos. O início das aulas está programado para 1º de abril.
O futsal será dividido em duas turmas, no turno da tarde. A primeira das 15h às 16h30; e a segunda das 16h30 às 18h. As aulas acorrerão em dois dias da semana, segundas e quartas-feiras. As turmas de voleibol serão as terças e quintas-feiras, uma das 15h às 16h30, seguida da turma das 16h30 às 18h.

(Ascom)

Prefeito Clécio apresenta projeto do novo “Gigante da Favela”

Hoje, durante a festa de 69 anos do estádio municipal Glicério Marques, o prefeito Clécio Luís apresentou aos jogadores, ex-jogadores, cartolas e torcedores, o projeto de reforma do velho estádio. O projeto contempla uma parede de escalada, uma pista de skate, um campo de futebol society, uma quadra de poliesportiva, piscina, sala de dança, lanchonete e academia. Todos os espaços serão adaptados para pessoas com deficiência.
O custo das obras – que devem  começar em  setembro deste ano – será de R$ 12 milhões, sendo R$ 10 milhões de emenda parlamentar do senador Davi Alcolumbre e R$ 2 milhões de emenda do ex-deputado federal Evandro Milhomem.

“Como todos os anos, eu vim aqui comemorar o aniversário do Estádio Glicério Marques. Lembro que quando assumi a primeira reforma que foi feita na minha gestão foi a do estádio, que estava interditado. Hoje, a novidade é que estamos com o projeto pronto do novo estádio”, disse o prefeito.

O ex-jogador Baraquinha, administrador do estádio, e o prefeito Clécio

Glicerão – 69 anos de história

Eles fazem parte da história do Glicerão

Mais antigo que o Maracanã, o estádio municipal Glicério de Souza Marques, em Macapá, foi inaugurado em 15 de janeiro de 1950, com um jogo entre as seleções do Amapá e Pará. Foi inaugurado com o nome Estádio Municipal de Macapá. Mais tarde mudou para Glicério Marques em homenagem ao primeiro presidente da Federação.

Comecei a frequentar o estádio – que era chamado de Gigante da Favela e de Glicerão – no início dos anos 70, quando trabalhava como repórter esportiva do Jornal do Povo.

Eles fazem parte da história

Na época não havia iluminação, portanto nada de jogos à noite. O campeonato era disputado no domingo à tarde, com a preliminar (chamada de esfria-sol) começando às 14 horas e a principal às 16h.
Geralmente a preliminar era feita pelos times menores, como o União e 13 de Setembro. O 13, coitado, certa vez não tinha dinheiro nem para comprar as chuteiras e os “craques” tiveram que jogar de chulipa – que não tem atrito – aí era um “cai-cai” que não acabava mais.

Em 1975 quando Manuel Antônio Dias era presidente da FAD (hoje Federação Amapaense de Futebol) o “Gigante da Favela” passou por uma grande reforma, talvez a mais importante da sua história, visto que recebeu iluminação e um gramado que era um primor.

Eles fazem parte da história
A inauguração em 15 de janeiro de 1950

Ah! as torres de refletores deixavam o povão boquiaberto, pois nunca se tinha visto isto por aqui.
Era uma beleza!
Para a reinauguração a FAD mandou buscar a Seleção Brasileira de Amadores que veio com todos os seus craques, entre eles o Éder, ponta-esquerda do Atlético Mineiro e mais tarde da Seleção Brasileira.

 

Amapaense é selecionada pela Confederação Brasileira de Atletismo

O esforço e a dedicação da estudante amapaense Natiara Lorrana dos Santos Amaral, 12 nos, que participa da etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, em Natal (RN), foi recompensado com uma grata surpresa nesta segunda-feira, 19.

Aluna da Escola Estadual José Bonifácio, localizado na área Quilombola do Curiaú, zona norte de Macapá, ela competia na pista de atletismo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), quando, após participar de sua primeira prova na competição, chamou a atenção do professor doutor Fernando Oliveira, da Universidade Federal de Lavras (MG), olheiro da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT). Ele é especialista em seleção e detecção de talentos.

Antes de Natiara entrar na segunda prova, o professor comunicou que ela estava selecionada e convidada a fazer parte de um projeto da Confederação, que surgiu após as Olimpíadas do Rio, em 2016. O projeto visa treinar profissionalmente atletas com potencial para compor a seleção brasileira.

Fernando Oliveira fez grandes elogios quando percebeu o porte físico da atleta, pela pouca idade que tem, e falou do objetivo de escolha dos atletas, principalmente dos lugares distantes do Centro brasileiro.

“Após o período olímpico e a reestruturação da CBAT, foi identificada a necessidade de alteração dos métodos de detecção dos atletas para o atletismo. Os Jogos Escolares da Juventude (JEJ) apresentam, anualmente, jovens que não têm oportunidade de desenvolvimento no esporte, apesar de talentosos”, comentou o olheiro.

Oliveira enfatizou que CBAT projeta visitar as localidades mais distantes dos centros de treinamento, a exemplo das comunidades quilombolas, que são pouco exploradas pelo esporte. “O exemplo da Natiara é típico”, afirmou.

Natiara Santos se classificou para a Etapa Nacional dos Jogos Escolares, quando participou da Etapa Estadual, em Macapá, realizado pelo Governo do Estado do Amapá, sob a organização da Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel), em agosto, desse ano, nas provas de 75 e 250 metros, categoria de 12 a 14 anos, conquistando título de campeã nas duas provas.

(Secom/GEA)