Tristeza

Catedral de Notre-Dame, símbolo da história da França,  pegou fogo hoje. A Catedral – que começou a ser construída em 1163 era um dos pontos mais visitados da Europa. Recebia mais de 13 milhões de turistas – de diversas religiões – por ano.
Não é apenas Paris, não é apenas a França que chora neste momento. É o mundo inteiro.

Para milhões de turistas, um lugar inesquecível, lindo e cheio de luz, como para minhas amigas Marisa Marasi (na frente da catedral) e Janete Picanço e Robsônia (na nave)

Festa na realeza

Príncipe Harry e Meghan Markle – Chris Jackson/Pool via Reuters

Pelo Twitter o  Palácio de Kensington  anunciou hoje (15) a gravidez de Meghan Markle, esposa do  príncipe Harry.
Em uma das postagens, o Palácio de Kensington disse: “Os herdeiros da realeza apreciaram todo o apoio que receberam de pessoas em todo o mundo, desde o seu casamento em maio, e estão felizes em poder compartilhar esta notícia com o público”.

Nave russa volta à terra com a bola que será usada na abertura da Copa

A nave russa Soyuz MS-07 voltou neste domingo à Terra trazendo a bola que será utilizada na abertura da Copa do Mundo, dia 14.O centro de controle de voos espaciais da Rússia informou que astronautas estão em perfeito estado de saúde após a viagem. Eles estavam desde dezembro na Estação Espacial Internacional.

A princípio, a Telstar 18, a bola levada pelos cosmonautas até a estação espacial, será utilizada na abertura da Copa do Mundo no próximo dia 14 de junho, quando a Rússia enfrenta a Arábia Saudita.

Leia a íntegra da matéria na Agência Brasil 

Na chegada do Papa no Chile três igrejas são incendiadas

Mais três igrejas católicas foram atacadas no Chile na madrugada de hoje (16), poucas horas depois da chegada do papa Francisco ao país, informaram a Polícia e o Corpo de Bombeiros.

Dois ataques aconteceram em Cunco, a pouco mais de 700 quilômetros de Santiago, na região da Araucanía. As igrejas ficaram totalmente destruídas, disse o comandante do Corpo de Bombeiros da localidade, Pablo Oackley, a uma rádio chilena.
“Os templos atacados ficavam nos setores de Lagunillas e em Río Negro, e as chamas começaram simultaneamente nos dois lugares. As capelas foram totalmente consumidas. Não ficou qualquer vestígio. Será difícil determinar a origem e causa do incêndio”, disse Oacley. (Leia mais)

Furacão Irma deixa mais de 800 mil casas sem energia na Flórida

Da Agência EFE

O poderoso furacão Irma, cujo olho chegou na manhã deste domingo (10) às ilhotas da Flórida, deixou sem fornecimento elétrico mais de 800.000 casas e escritórios no estado, informaram as autoridades.

Por volta de 9h (horário local, 10h de Brasília) 825.323 clientes das companhias fornecedoras de serviços de energia estavam sem eletricidade, o que equivale a 8% do total, segundo o Escritório de Gestão de Emergências da Flórida.

O condado mais afetado é Monroe, onde ficam as ilhotas e uma parte da costa do sudoeste, onde 76% dos lares não contam com fornecimento, no momento em que o Irma ainda impacta essa parte do estado com seus ventos máximos constantes de 215 quilômetros por hora.

Outro dos condados afetados é Miami-Dade, o mais povoado da Flórida, com quase meio milhão de imóveis a escuras, 42% do total.

Broward, onde se encontra Fort Lauderdale, e Madison, ao norte do estado, são outros dos condados mais atingidos pelos cortes de eletricidade.

Após deixar Cuba no sábado (9), o olho do furacão Irma, de categoria 4, alcançou hoje as ilhotas da Flórida com ventos que rondam 215 quilômetros por hora, segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos EUA.

Irma, que deixou pelo menos 25 mortos e consideráveis danos materiais no Caribe, se encontra a 30 quilômetros ao leste-nordeste de Key West e se desloca a uma velocidade de 13 quilômetros por hora.

Meios de comunicação americanos informam que pelo menos três pessoas morreram na Flórida em consequência dos efeitos de Irma.

EUA declaram emergência em central nuclear

A central nuclear de Hanford, no estado de Washington, na costa oeste dos Estados Unidos, declarou “uma situação de emergência” devido ao colapso de um túnel por onde eram transportados materiais radioativos, informou nesta terça-feira (9) o Departamento de Energia do país. As informações são da agência EFE.

O alerta foi emitido depois que ocorreu um desmoronamento em um dos túneis perto da Usina de Extração de Plutônio e Urânio às 8h26 locais (12h26 de Brasília), disse o Departamento em comunicado. (Leia mais)

EUA lançam 50 mísseis em direção à Síria

Do Estadão

No final da noite desta quinta-feira (horário de Brasília), os Estados Unidos lançaram mais de 50 mísseis de navios Destroyers americanos no Mar Mediterrâneo em alvos estratégicos na Síria, no Oriente Médio.

As primeiras informações dão conta de que os ataques foram contra um aeródromo, no que seria o primeiro ataque direto dos Estados Unidos contra o governo do presidente Bachar Al Asad desde o início da guerra civil no país.

O ataque americano foi lançado pouco mais de um dia depois de um bombardeio com armas químicas ter matado dezenas de pessoas no norte da Síria.

“A França nos abandonou”, dizem os guianenses

Do Le Monde

Guyane : « Nous sommes en France mais pas vraiment considérés comme Français »

Des Guyanais racontent leur sentiment d’abandon par les autorités, ainsi que les difficultés
qui plombent ce territoire d’outre-mer, miné par l’insécurité et le chômage.

« La France nous a abandonnés. » Le sentiment de Pierre, policier guyanais de 38 ans, résume celui de nombreux Guyanais. Depuis huit jours, ce vaste territoire d’outre-mer, situé à 7 000 kilomètres de Paris, est paralysé par une série de mouvements sociaux qui ont abouti à une grève générale illimitée, lundi. Comment en est-on arrivé là ?

La Guyane, où vivent quelque 244 000 personnes, est minée par le chômage et l’insécurité, en dépit d’atouts comme la forêt et le centre spatial de Kourou. Pierre raconte la « situation ubuesque » d’une insécurité galopante qui « perdure en toute impunité », et la demande, restée vaine, de construire un deuxième commissariat de police (le reste, sont des postes de gendarmerie) et une deuxième prison, alors que celle de Rémire-Montjoly est « surchargée », remplie notamment par de nombreux détenus étrangers venus y purger leur peine
(Leia ma matéria completa clicando aqui)