Prêmio Amapá de Ciência, Tecnologia e Inovação

O Governo do Estado lançou, nesta quarta, 17, a edição 2022 do Prêmio Amapá de Ciência, Tecnologia e Inovação ‘Robério Nobre’, que valoriza pesquisadores, professores, empresas de base tecnológica, profissionais de comunicação e alunos de iniciação científica.

Os primeiros colocados em cada categoria e subcategoria receberão premiação de até R $5 mil mais troféu e certificado. As inscrições são online e já estão abertas até o dia 20 de setembro.

LEIA O EDITAL

“A ciência e tecnologia amapaense já extrapolaram as fronteiras do estado, tudo isso graças ao empenho dos nossos pesquisadores e de todos que contribuem com o setor. O Prêmio é uma forma de reconhecimento dos nossos talentos que desempenham de forma brilhante seus trabalhos nas universidades, institutos de pesquisa e escolas”, destacou Rafael Pontes, secretário de Ciência e Tecnologia do Amapá.

Esta segunda edição do prêmio traz 5 categorias: Pesquisador Destaque; Pesquisador Inovador; Profissional de Comunicação; Empresa ou Startup Destaque em Inovação; e Destaque na Iniciação Científica ou Tecnológica.

Os primeiros colocados em 3 das 5 categorias, serão indicados para o prêmio do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP).

A chamada pública está disponível no site da Fundação de Amparo à Pesquisa do Amapá (Fapeap). Proponentes que já tenham sido contemplados na última edição não poderão participar este ano.

“Temos um impacto bastante significativo no setor científico a partir desta premiação, que já se tornou uma política pública instituída por lei. Uma novidade dessa edição é a inclusão dos alunos de iniciação científica, tanto do ensino básico quanto do superior”, explicou Mary Guedes, diretora-presidente da Fapeap.

Os recursos do Governo do Amapá para a premiação são de R$50 mil. A divulgação do nome dos finalistas será no dia 5 de  enquanto a cerimônia de premiação ocorrerá no encerramento da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), em 21 de outubro.

Categorias
Confira a relação de categorias e subcategorias:

Pesquisador Destaque
Subcategorias: Ciências da Vida; Ciências Exatas; e Ciências Humanas.
Valor: R$ 5 mil para cada subcategoria

Pesquisador Inovador
Subcategoria: Inovação para o setor público ou privado
Valor: R$ 5 mil

Profissional de Comunicação
Subcategorias: Internet e Telejornalismo
Valor: R$ 5 mil para cada subcategoria

Empresa ou Startup Destaque em Inovação
Valor: R$ 5 mil

Destaque na Iniciação Científica ou Tecnológica
Modalidades:
1 – Iniciação Científica Júnior (Ensino Básico)
Subcategorias: Ciências da Vida; Ciências Exatas; e Ciências Humanas

2- Iniciação Científica ou Tecnológica (Ensino Superior)
Subcategorias: Ciências da Vida; Ciências Exatas; e Ciências Humanas.
Valor: R$ 2.500 mil para cada subcategoria

(Secom/GEA)

Mil unidades habitacionais do Conjunto Miracema serão enregues amanhã

O Governo do Estado do Amapá e o Ministério do Desenvolvimento Regional entregam amanhã, quinta-feira, as primeiras mil unidades habitacionais do conjunto Miracema. Com um investimento de mais de R$ 214 milhões, o projeto está sendo executado em parceria com a Caixa Econômica Federal.

A solenidade será realizada no conjunto Miracema, às 11h, e contará com a presença do governador do Estado, Waldez Góes, do ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, e do secretário nacional de Habitação, Alfredo Eduardo.

Na ocasião, as mil famílias contempladas receberão as chaves das unidades habitacionais. Nesta etapa, o Governo do Amapá entrega 960 apartamentos e 40 casas, além de escola e creche. Os beneficiários devem ocupar as unidades habitacionais a partir do dia 29 de agosto. Ao final das obras, serão 2 mil unidades habitacionais entregues para as famílias.

MP-AP investiga suposto desvio de dinheiro público no município de Amapá

Na manhã desta segunda-feira (15), o Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio da Promotoria de Justiça do Amapá, com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), Núcleo de Inteligência do MP-AP (NIMP), da Polícia Militar (BOPE) e Polícia Civil do Estado, deu cumprimento a 4 (quatro) mandados de busca e apreensão em Macapá e no Município de Amapá. A ação é resultado de investigação que apura fraude em licitações e contratos para prestação de serviços de limpeza urbana no Município.

A empresa investigada, que mantinha contrato com a Prefeitura Municipal de Amapá, não executava adequadamente os serviços. Entretanto, a firma recebia integralmente os valores contratuais. As investigações apontaram que os proprietários da companhia realizaram muitas movimentações financeiras, com o então diretor da Secretaria Municipal de Obras do Município, que também foi alvo de mandado judicial.

O MP-AP identificou, ainda, mais uma empresa que mantém contrato com órgãos públicos estaduais com indícios de que os processos licitatórios com o Município de Amapá foram fraudados, de modo que a empresa saísse vencedora. De acordo com as investigações, na execução do contrato, não havia a prestação adequada do serviço. Contudo, o repasse do pagamento era feito regularmente e beneficiava os investigados.

A investigação continua com coleta de mais documentos e provas.

(Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá)

Agosto Lilás – Promotora Andrea Guedes palestra amanhã na UEAP

Nesta terça-feira (16), a Secretaria Municipal de Direitos Humanos (SemDH) promove o “Encontro Agosto Lilás” que contará com a palestrante, promotora Andrea Guedes, titular da 2ª Promotoria de Defesa Criminal da Mulher. O evento será no auditório da Universidade Estadual do Amapá (Ueap) e terá início as 8h30.

O encontro faz parte da campanha Agosto Lilás, que reforça a importância de prevenir e enfrentar a violência contra a mulher. Na ocasião, serão realizadas escutas e roda de conversa com depoimentos, esclarecimento de dúvidas e mensagens de apoio.

Medidas estratégicas para impulsionar a busca ativa escolar são discutidas em Santana

Nesta segunda-feira (15), membros do comitê gestor, formado por técnicos da Secretaria Municipal de Educação (SEME) e representantes da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), que compõem o comitê intersetorial do Programa Busca Ativa Escolar, estiveram reunidos para debater estratégias que fortaleçam o Programa, avançando com o trabalho que vem sendo realizado no município.

Durante a reunião, os membros discutiram medidas para que o programa obtenha melhores resultados, ressaltando a importância de que estejam engajados, junto a Secretaria de Educação, as secretarias de Assistência Social e Saúde, Conselho Tutelar e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, para combater o abandono e exclusão escolar.

A Prefeitura de Santana, aderiu ao Programa em maio de 2021 e vem trabalhando para identificar e resgatar as crianças que não estão frequentando as aulas regularmente.  Através do Censo Escolar é possível identificar quem são os alunos que estão fora da sala de aula e por meio da busca ativa escolar, investigar in loco as causas dessa evasão, elaborando formas de reverter o quadro.

Para ampliar o alcance do Programa, está sendo organizado o dia D da busca ativa, que irá contar com uma programação a ser realizada em 16 de setembro de 2022, conscientizando e sensibilizando a população acerca da importância de manter as crianças e adolescentes matriculados e frequentando as aulas.

(Ascom)

Operação Carburante – PF apreende pick-up da ex-secretária de saúde de Macapá

A operação deflagrada pela Polícia Federal na manhã de hoje, investiga esquema de corrupção referente ao ano de 2021. Conforme falou para a imprensa o próprio delegado que comandou as investigações, Mateus Calabresi.

“Importante relembrar, que a investigação que iniciou no ano passado, decorrente de denúncia de esquema, dando conta de suposto desvio de verbas federais, no que se refere, ali a verbas do Covid dentro da Secretaria Municipal de Saúde”. Pontuou o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, nesta segunda fase da operação, os policiais voltaram a casa da ex-secretária de saúde de Macapá e atual assessora do prefeito Furlan, médica Karlene Lamberg, onde uma caminhonete foi apreendida.

Operação Carburante – Vereador participava do esquema

O esquema também envolvia a participação do vereador  Daniel Theodoro que além de comprar tickets de combustível da empresa credenciada pela Secretaria Municipal, recebendo o total de 1350 litros de combustível, com fortes indícios de que, como contrapartida, realizava o pagamento de vantagens indevidas, auxiliou à servidora da pasta à época, a comprar uma caminhonete 4×4 avaliada em aproximadamente R$ 300 mil, com indícios que os valores foram à título de propina.

A Justiça Federal também ordenou o sequestro judicial do carro.
A PF identificou que o vereador arcou com parte do pagamento do veículo e a outra parte foi adquirida de forma suspeita, em razão da preocupação dos investigados em pagar o bem em espécie, além de utilização de conta de terceiro para transferência do valor e a manutenção do bem em nome alheio à servidora, com o intuito de ocultar a origem dos valores. No entanto, a PF comprovou que o carro era, de fato, de propriedade da servidora
.

Operação Carburante – Mimo para a namorada

O esquema envolvia também cota de abastecimento mensal de 30 litros, para terceiros. Uma das pessoas beneficiadas era namorada de um servidor, que tinha seu carro abastecido indevidamente. Nesse caso, o investigado avisava claramente para a namorada “não gastar do seu próprio dinheiro, pois tinha o “ticket e podia abastecer normal, isto é, com verba pública.

A PF verificou ainda que um dos investigados teria enviado uma lista com as placas de diversos carros de particulares, para que fosse dada a autorização para o abastecimento indevido.

Operação Carburante – Carros particulares abastecidos com dinheiro público

Carros particulares abastecidos com dinheiro público
A investigaç
ão apontou que o abastecimento de carros com o dinheiro público ocorria em favor de pessoas alheias à SEMSA, sob a supervisão e gerência de uma servidora pública, cuja função era autorizar a fraude. A Justiça Federal ordenou o afastamento da servidora de suas funções.