Indígenas do Amapá são descendentes dos encontrados por Cristóvão Colombo em 1492

Índios encontrados por Colombo têm parentes no Amapá
Reinaldo José Lopes– FOLHAPRESS

Os primeiros indígenas encontrados pelo navegador Cristóvão Colombo quando ele chegou à América em 1492 eram parentes próximos de tribos que ainda vivem na Amazônia brasileira, indica uma análise genômica publicada nesta semana. Para chegar a essa conclusão, a equipe liderada por Eske Willerslev, do Museu de História Natural da Dinamarca, extraiu DNA de um esqueleto com pouco mais de mil anos de idade achado numa caverna da ilha de Eleuthera, nas Bahamas. Ao “soletrar” todo o genoma do indivíduo -uma mulher, segundo os dados genéticos- e compará-lo com o DNA de membros de outros grupos indígenas, Willerslev e colegas verificaram uma semelhança genômica acentuada com etnias como os palicur, que vivem na fronteira entre o Amapá e a Guiana Francesa (do lado brasileiro, no município de Oiapoque). (Leia a matéria completa aqui)

CTMac apreende dois ônibus

A Companhia de Trânsito e Transportes de Macapá (CTMac), após denúncia da comunidade, fez nesta sexta-feira, 9, uma fiscalização no terminal de ônibus do bairro Marabaixo III. A ação tem como foco verificar se os equipamentos de acessibilidade e as condições de trafegabilidade dos coletivos estão em pleno funcionamento. Foram recolhidos dois ônibus da linha Marabaixo/Universidade, da empresa Sião Thur.
Este é Disk Denúncia da CTMac —>98100-0799

PF faz busca em residência de ex-deputado do Amapá

A Polícia Federal cumpriu na manhã de hoje mandado de busca na casa do ex-deputado Bruno Mineiro na segunda fase da Operação Estrada Real, que investiga o funcionamento de garimpo ilegal no município de Tartarugalzinho/AP.
Na primeira fase, em setembro do ano passado, o ex-prefeito de Tartarugalzinho Altamir Rezende, pai de Bruno, foi preso. De acordo com a PF ele fomentava o garimpo ilegal, oferecendo combustível, máquinas,  alimentação e hospedagem aos garimpeiros..

Mudança na Seafro

Com o rufar das caixas de marabaixo da Favela o professor e advogado Aluízio de Carvalho foi empossado hoje à tarde no cargo de  secretário de Estado de  Políticas Públicas para Afrodescendentes. Ele substitui Núbia Sousa, que comandou a secretaria por dois anos.
Em seu discurso de posse ele tratou de avisar que quem não estiver a fim de trabalhar de verdade para melhorar a qualidade de vida dos negros é melhor pedir logo para sair. “Não temos mais tempo para errar”, enfatizou.

Aluizo de Carvalho é professor e advogado especialista nas áreas Constitucional e Penal. Atualmente, é presidente da Comissão de Igualdade Racial da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Amapá (OAB/AP).

Jardim Açucena -1500 famílias realizam o sonho da casa própria

Ao som de “Rosa Branca Açucena ô lê lê”, a comitiva, composta pelo prefeito Clécio Luís, ministro das Cidades, Alexandre Baldy, os senadores Davi Alcolumbre e Randolfe Rodrigues, entrou no Residencial Jardim Açucena, junto com o cortejo do Banzeiro do Brilho de Fogo e grupos tradicionais de Marabaixo, para entregar as chaves e realizar o sonho da casa própria de 1.500 famílias que sairão de uma moradia insalubre para uma casa digna. Diversas autoridades compareceram à cerimônia, entre eles os deputados federais Vinicius Gurgel, Cabuçú Borges, André Abdon, a secretaria nacional de Políticas para as Mulheres Fátima Pelaes e a coordenadora do Comitê Gestor do Programa Minha Casa Minha Vida do Município de Macapá, Mônica Dias.

O superintendente regional do Banco do Brasil em exercício, Maiquel Almeida, falou da emoção em ver as famílias Continue lendo

Vigilância Sanitária interdita panificadora no Beirol

Panificadora no bairro do Beirol interditada hoje pela Vigilância Sanitária Municipal por descumprimento de condições higiênico-sanitárias e por não possuir licença de funcionamento.
Os fiscais da Vigilância  constataram ali a falta de higiene na manipulação e preparo dos alimentos e muita sujeira na cozinha.

MPF pede fiscalização urgente contra garimpo ilegal em áreas Munduruku no Pará

O Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça que obrigue o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) a começar com urgência a fazer fiscalizações periódicas contra a garimpagem ilegal na terra indígena Munduruku, no sudoeste do Pará.
Encaminhada à Justiça Federal em Itaituba nesta quinta-feira (1), a ação pede que as fiscalizações comecem no prazo máximo de 30 dias após a decisão liminar (urgente). Caso a decisão judicial não seja cumprida, o MPF quer que o Ibama e o ICMBio sejam multados em R$ 10 mil por dia de desobediência à Justiça.
Denúncias recebidas pelo MPF e comprovadas pela instituição em vistorias na terra indígena apontam uma série de danos socioambientais provocados pela intensa atividade de garimpos ilegais.

Entre os impactos estão a redução da pesca, a contaminação por mercúrio e outros problemas à saúde, aos costumes e à organização social dos Munduruku, como o consumo de alimentos industrializados, de bebidas alcoólicas e drogas, e a prostituição.

Inércia – Apesar de alertados pelo MPF sobre a situação, os órgãos de fiscalização ambiental não têm tomado providências, critica na ação procurador da República Paulo de Tarso Moreira de Oliveira.
Continue lendo

MP exige da Anglo Ferrous reparação imediata dos danos causados ao Amapá

Cumprindo agenda institucional, os promotores de Justiça do Meio Ambiente do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Ivana Cei, titular, e Saullo Andrade, substituto, estiveram na sede da Anglo Ferrous, no Reino Unido, na última terça-feira (30), onde foram recebidos por Anik Michaud, Jonathan Hoch, Richard Morgan, Froids Cameron e Ivan Simões, executivos da multinacional Anglo Ferrous. Na pauta, a situação da Anglo no Amapá, os prejuízos e descasos ambientais e sociais.  Continue lendo

Dia D de combate ao Aedes aegypti

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) realizará nesta sexta-feira, 2, o dia D de combate ao Aedes aegypti. Desta vez, a ação ocorrera no Centro da cidade, apontado pelo Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) como um dos bairros com alto risco para a infestação do transmissor da dengue, zica vírus e das febres chikungunya e Amarela Urbana. A finalidade é fazer a inspeção, eliminação de criadouros e sensibilizar os moradores quanto à importância do combate ao vetor. Ao todo, 70 agentes de endemias farão inspeção em 1.200 imóveis.

Duas novas cervejas para comemorar o aniversário de Macapá

Mais duas cervejas artesanais com a marca Trina entram no mercado a partir do dia 2 de fevereiro. Serão lançados os rótulos Dulce, em homenagem aos 260 anos de Macapá, e a Caboca, uma referência à cantora amapaense Patrícia Bastos, todas seguindo o padrão Trina com ingredientes regionais, produzidas artesanalmente com suporte tecnológico e dentro do conceito de consumo sustentável. A Caboca estará disponível no mercado dia 2 de fevereiro, e a Dulce, será apresentada no dia 4 de fevereiro, aniversário de Macapá. Continue lendo