Ato #Fora Temer e contra a reforma da previdência

Relatório sobre ações da ditadura no Amapá

Nesta sexta-feira, 31, a Comissão Estadual da Verdade do Amapá Francisco das Chagas Bezerra (CEV/AP) entrega oficialmente, em cerimônia no auditório da OAB Seccional Amapá, o relatório final onde estão contidas informações das violações e abusos que ocorreram durante o período de ditadura militar no Amapá. Foram utilizados cerca de 38 relatos, tanto de pessoas que praticaram quanto de indivíduos que sofreram violações de direitos humanos à época do regime ditatorial. A iniciativa tem o apoio do Governo do Amapá.

A Comissão foi instituída pela Lei 1.756, em junho de 2013 pelo Executivo, para atuar junto à Comissão Nacional da Verdade nos esclarecimentos sobre o período. Desde sua criação, mais de 30 pessoas que compõem o Colegiado e a secretaria executiva da instituição estiveram engajadas na coleta de documentos e depoimentos de diversas pessoas dentro e fora do Estado, acerca da temática.

O presidente da CEV/AP, Dorival Santos, relata que o principal objetivo do relatório é, de forma humanizada, dar à sociedade a oportunidade de saber o que de fato ocorreu no período em que a ditadura atuou, a partir dos relatos de vivência das pessoas e de documentos que comprovam tais depoimentos.

“Entrevistamos quase uma centena de indivíduos tendo tomado 38 depoimentos entre pessoas que praticaram estas violações e outras que foram vitimadas por tais. O objetivo disso é colocar para os amapaenses os dados, as informações, os documentos que mostram como a ditadura operou no Estado do Amapá. O relatório não tem objetivo judicial, vale frisar”, pontuou.

Continue lendo

Anvisa proíbe restaurantes de usar carne de frigoríficos investigados

Da Agência Brasil

Após terem sido alvo de recall, três frigoríficos citados na Operação Carne Fraca tiveram seus produtos interditados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta terça-feira (28).

Com a interdição, bares e restaurantes estão impedidos de comercializar carnes e outros produtos de quatro unidades das empresas Transmeat, Souza Ramos e Peccin por três meses.

A resolução proibindo a comercialização e o preparo das carnes oriundas desses estabelecimentos foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (28). (Leia mais)

Aniversarau

A Associação Cultural Pena & Pergaminho completa 5 anos e comemora a data fazendo um “aniversarau”  com muita música, intervenções, declamações, sorteios de livros, premiações, exposições, entre outras manifestações/expressões. Será no próximo sábado, 1, a partir das 20h no Centro de Convenções Azevedo Picanço (Av. FAB entre Leopoldo Machado e Jovino Dinoá).

Tudo é possível na noite do Aniversarau”, diz o presidente do Pena & Pergaminho, poeta Tiago Quingosta, ressaltando que a entrada é franca e que “basta levar apenas seu amor pela arte”.
Continue lendo

Unifap oferece especialização em Políticas Educacionais

A Universidade Federal do Amapá (Unifap) divulgou edital para interessados em ingressar no curso de especialização em Políticas Educacionais. As inscrições iniciam no dia 12 de abril e seguem até o dia 21 do mesmo mês e serão aceitas somente via internet, por meio do site www.unifap.br.

A instituição ofertará 40 vagas que serão preenchidas conforme Continue lendo

A manifestação hoje na Guiana Francesa

“A França nos abandonou”, dizem os guianenses

Do Le Monde

Guyane : « Nous sommes en France mais pas vraiment considérés comme Français »

Des Guyanais racontent leur sentiment d’abandon par les autorités, ainsi que les difficultés
qui plombent ce territoire d’outre-mer, miné par l’insécurité et le chômage.

« La France nous a abandonnés. » Le sentiment de Pierre, policier guyanais de 38 ans, résume celui de nombreux Guyanais. Depuis huit jours, ce vaste territoire d’outre-mer, situé à 7 000 kilomètres de Paris, est paralysé par une série de mouvements sociaux qui ont abouti à une grève générale illimitée, lundi. Comment en est-on arrivé là ?

La Guyane, où vivent quelque 244 000 personnes, est minée par le chômage et l’insécurité, en dépit d’atouts comme la forêt et le centre spatial de Kourou. Pierre raconte la « situation ubuesque » d’une insécurité galopante qui « perdure en toute impunité », et la demande, restée vaine, de construire un deuxième commissariat de police (le reste, sont des postes de gendarmerie) et une deuxième prison, alors que celle de Rémire-Montjoly est « surchargée », remplie notamment par de nombreux détenus étrangers venus y purger leur peine
(Leia ma matéria completa clicando aqui)

É show – Dia 1º tem São Batuques

O show São Batuques inaugura abril, mês em que as tradições afrodescendentes ficam mais evidentes por conta do Ciclo do Marabaixo, e apresenta no dia 1º, os sons, percussão e versos das manifestações culturais amapaenses. Essa é a proposta que Helder Brandão e Beto Oscar (foto) definiram para este show, que é a continuidade do projeto, que leva o mesmo nome, e valoriza a sonoridade e poesia regional. No show, músicas autorais dos artistas, que estão no disco que integra o São Batuques.

O músico Eudes Fraga é o convidado especial do show. Compositor e intérprete, o cearense com uma longa carreira musical, adotou Continue lendo

III Corrida Equinócio das Águas

As inscrições para a III Corrida Equinócio das Águas, promovida pelo Serviço Social da Indústria (SESI) do Amapá encerram nesta quarta-feira, 29. A competição será realizada no domingo, 2 de abril, com largada marcada para as 6h, da frente da unidade do SESI (Av. Desidério Antônio Coelho). Os interessados podem acessar o site www.ap.sesi.org.br para garantir a participação no evento esportivo.

A Corrida é aberta a pessoas de ambos os sexos, com idade a partir dos 16 anos. O valor da inscrição para a comunidade Continue lendo

Lixarada

No bairro Marabaixo III, ocupando o passeio público, tinha de tudo: carcaças de geladeira, fogão, ar-condicionado, pedaços de bicicleta, ferro velho, papelão e muito muito mosquito.
A vizinhança denunciou (Disk Denúncia 99147-1050)  e os fiscais da prefeitura foram lá e notificaram o dono da lixarada. Ele tem o prazo de 48h para retirar todo esse entulho ou será multado em R$ 1.501,00.