Retrato em preto e branco

O poeta e jornalista  Alcy Araújo não se separava da sua máquina de escrever – uma olivetti portátil – nem quando precisava ficar internado para cuidar da saúde. Na foto, o poeta internado no Hospital São Camilo, recebendo a visita do seu amigo e compadre padre Jorge Basile – que também era jornalista.

Poetas são doutores em ciências abstratas

Os poetas são doutores em ciências abstratas. Eles sabem a espessura das palavras, a leveza de cada objeto e timbre das sensações. Poetas inventam velas e barcos, viajam através do tempo e descobrem mundos novos e nos falam múltiplos dialetos desses mundos abstratos.
Sabem projetar e construir palcos, pintar e iluminar cenários, dar forma, voz e movimentos aos seus personagens.
Poetas são incansáveis e exímios artífices no lidar com a lapidação da palavra, e, assim sendo tratam com talento admirável e surpreendente desenvoltura o sentimento do mundo.
E como se não bastasse o maravilhoso conteúdo que se lhe apresenta a vida real, dana-se o poeta a inventar e reinventar-se, tendo como instrumental de trabalho a imaginação e como matéria-prima a palavra.

Manoel Bispo, poeta, escritor, compositor, artista plástico e professor

Bom dia!

Beira rio – Macapá/AP – Foto: Floriano Lima

Biodiversidade amazônica como estratégia competitiva para os pequenos negócios

O Sebrae no Amapá realiza o Seminário do Projeto Estruturante de Cosmético de Base Florestal da Amazônia. O evento acontece na próxima sexta-feira (21), na sede do Sebrae em Macapá, das 8h30 às 12h. O objetivo é fortalecer a cadeia produtiva de cosméticos, e a disseminação de resultados dos estudos realizados no âmbito do projeto visando o fomento e o fortalecimento da cadeia produtiva de cosmético.   Continue lendo

Sesi e Senai lançam editais para contratação de pessoal

O Serviço Social da Indústria (SESI) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) Amapá lançaram ontem, quarta-feira, 19 de setembro, dois editais que tratam de contratação de funcionários e de estagiários. O primeiro prevê vagas para administração e contabilidade e o segundo, para estudantes de pedagogia. Os processos seletivos são para vagas imediatas mais formação de cadastro reserva.

Os interessados deverão acessar um dos sites, www.ap.sesi.org.br ou www.ap.senai.br, para baixar os Comunicados dos Processos Seletivos nº 003/2018 e nº 004/2018, na área Editais. Para se candidatar, é necessário enviar currículo para os e-mails rh.curriculum@sesisenaiap.org.br e rh.estagio@sesisenaiap.org.br, dependendo da vaga de interesse, no período de 20 a 22 de setembro. Pessoas que tenham vínculo, natural ou civil, com dirigente ou empregado do SESI ou do SENAI Amapá estão impedidas de disputar as vagas.

Unifap oferta curso de geometria para estudantes do ensino médio

O curso de Licenciatura em Matemática, da Universidade Federal do Amapá (Unifap), oferta a estudantes do Ensino Médio das redes pública e privada o curso gratuito “Ensino de Geometria através do software GeoGebra“. O GeoGebra é um software educacional utilizado para o estudo de geometria plana e espacial e para a construção de gráficos de funções, podendo auxiliar o estudante na resolução de problemas matemáticos, de um modo geral.

As inscrições iniciaram ontem, quarta-feira, 19, e encerrarão no dia 26 de setembro de 2018. Elas podem ser efetuadas no Laboratório de Ensino de Informática do Bloco P (sala 04), que fica no campus universitário Marco Zero do Equador, em Macapá (AP),  das 14h30 às 17h.

O curso inicia no dia 26 de setembro, com aulas às terças e quintas-feiras, das 14h30 às 17h, e segue até o dia 28 de outubro. A carga horária do curso é de 50 horas e os participantes que cumprirem no mínimo 75% dela receberão certificado.

Equinócio da primavera

Iniciou-se nesta quarta-feira, 19, no Monumento Marco Zero, em Macapá, a programação alusiva ao Equinócio de Primavera, que acontece no dia 22 de setembro. O momento marca o início da primavera, em que a terra se inclina fazendo com que a Linha do Equador fique mais próxima da direção do sol, fenômeno chamado de Equinócio.

Durante a abertura da programação, o monumento recebeu a visita de estudantes e pessoas da comunidade, que foram agraciados com uma apresentação musical da Orquestra Filarmônica Equinócio das Águas e participação especial do coral “Vozes do Setentrião”. Continue lendo

MP Eleitoral já recebeu mais de 300 denúncias pelo WhatsApp

Em pouco mais de um mês de funcionamento, mais de 300 denúncias de irregularidades foram recebidas por meio do WhatsApp do Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) no Amapá. Entre as notícias enviadas pela população estão as de propagandas irregulares, como o uso de outdoor, falta de intérprete de libras em campanha na televisão e impugnações de candidaturas. A denúncia é um dos meios para que o MP Eleitoral inicie a apuração dos ilícitos, que pode terminar em representações junto o Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

A procuradora regional eleitoral Nathália Mariel destaca que o apoio da população pelo canal do WhatsApp só tem crescido. “Nos últimos dias tem aumentado o número de denúncias diárias, desde segunda (17) a média é de 20 por dia”, ressalta a procuradora. Após a avaliação das denúncias recebidas, foram abertos 50 procedimentos para investigação dos ilícitos eleitorais. Desses, 15 já se tornaram representações perante ao TRE do Amapá. Os outros processos continuam em instrução e poderão resultar em novas ações.

Algumas das ações decorrentes das denúncias já foram julgadas procedentes pelo TRE. Entre elas, está a determinação para que o candidato ao Senado Guaracy (PTC) pare de utilizar robôs para criar grupos de Whatsapp com a inclusão compulsória e involuntária dos usuários. O bloqueio de R$ 150 mil da conta de campanha da candidata a deputado estadual Allyne Serrão (DEM) e a obrigação dos partidos em incluírem interpretes de libras em propagandas também partiram de ações baseadas em denúncias recebidas pelo WhatsApp do MP Eleitoral.

Denúncias pelo WhatsApp – O número destinado a denúncias ao MP Eleitoral é o (96) 98134-5151. Pelo canal, não são recebidas chamadas, apenas mensagens, documentos e arquivos de imagem, áudio e vídeo. Detalhes como local da ocorrência e o nome do candidato auxiliam a investigação do MP Eleitoral.

(Assessoria de Comunicação Social/Ministério Público Federal no Amapá)

MPF denuncia Sambazon por “lavagem verde” e pede à Justiça que multe a empresa em R$ 70 milhões

Empresa teria explorado patrimônio genético do açaí sem autorização;
ações foram propostas para reparação cível e responsabilização criminal

O Ministério Público Federal (MPF) no Amapá denunciou a empresa americana Sambazon e o seu diretor-presidente por explorar o patrimônio genético do açaí sem a autorização do Conselho de Gestão e Patrimônio Genético (Cgen). Judicialmente, o MPF pede condenação ao pagamento de mais de R$ 70 milhões a título de indenização por danos materiais ao meio ambiente e danos morais coletivos. O MPF também quer que a empresa deixe de utilizar o açaí brasileiro em seus produtos até que obtenha o regular cadastro no Cgen.

Investigações do MPF, iniciadas com base em laudo do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), identificaram que, desde 2006, o grupo Sambazon comprava o açaí de comunidades locais do Estado do Amapá e exportava o fruto, em forma de polpa, para a Califórnia (EUA). Nos Estados Unidos, a empresa desenvolvia e comercializava suplemento alimentar energético a partir de ativos extraídos do açaí coletado no Brasil. Identificou-se, também, que empresas com CNPJs diferentes, todas pertencentes ao grupo Sambazon, cuidavam de atividades diferenciadas no processo (coleta, industrialização, remessa ao exterior). Continue lendo