Mais um na disputa pelo governo do Amapá

O Partido Social Liberal (PSL) lança nesta segunda-feira, 7, a pré-candidatura de Cirilo Fernandes ao governo do Amapá, tendo como vice o policial militar Jozean Torres.
O evento está marcado para as 19h no Espaço Acadêmico (Rua Manoel Eudóxio Pereira, esquina com a Av. Desidério Antonio Coelho – Trem).
Em vez de coquetel, será servido um lanche aos convidados.

Aeroporto de Macapá – uma obra que nunca termina

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro, esteve sexta-feira em Macapá inspecionando as obras que nunca terminam do Aeroporto Internacional Alberto Alcolumbre. Veio a convite de um deputado. Na ocasião o governador Waldez Góes – que é candidato à reeleição – disse que a conclusão do aeroporto é prioridade do governo. O deputado festejou a visita do ministro.
Há mais de uma década políticos, ministros e o escambau a quatro vem dizendo que esta obra é prioridade, que vai impulsionar o desenvolvimento do Amapá etc e tal. E lá se vão 14 anos que a tal obra começou e nada de ser concluída.
Já foi interrompida várias vezes, inclusive por corrupção.
O ministro prometeu que será concluída este ano.
Você acredita?

Jornalista Renivaldo Costa lança pré-candidatura a deputado

Ontem à noite, na sede do PSC, ocorreu o lançamento da pré-candidatura a deputado estadual do jornalista e escritor Renivaldo Costa.
Ao blog ele disse que seu desejo é levar para o parlamento as bandeiras de luta da classe jornalística, dentre os quais o cumprimento do piso salarial e da carga horária de cinco horas para os jornalistas que trabalham em assessorias de comunicação no serviço público.
Na linha de frente da campanha de Renivaldo estarão o deputado DaLua (seu maior incentivador), o vereador Caetano Bentes e o ex-secretário municipal João Trajano.
Ele já conta com o apoio de vários confrades jornalistas e escritores.

Senador Davi Alcolumbre lança hoje sua pré-candidatura ao governo

É no comecinho da noite de hoje, às 19h, em Santana – o segundo maior colégio eleitoral do Amapá – o lançamento da pré-candidatura do senador Davi Alcolumbre (DEM) ao governo do estado.
O evento será na quadra da escola GPC (Av. das Nações entre Adalvaro Cavalcante e Ubaldo Figueira) e terá no palanque expressivos líderes políticos, como o senador Randolfe Rodrigues (REDE), prefeito de Macapá Clécio Luís, além de deputados e vereadores de vários partidos.

“O que atravanca o desenvolvimento do Amapá é a incompetência dos governantes”, diz  Davi Alcolumbre. “E essa incompetência não é apenas do atual governo, mas vem se arrastando há décadas capitaneada  pelo PSB e PDT, que desde 1995 se revezam no governo do Amapá”, ressalta.

“É um disco que precisa ser mudado. Já conhecemos toda a cantilena, melodia e arranjos tanto do lado A como do lado B desse disco. Um disco que, apesar de todo esse tempo, não consegue entrar no hit parade do desenvolvimento. Este ano temos a oportunidade de uma nova alternativa para mudar esse disco.”

Davi começou a carreira  política em 2000, elegendo-se vereador. Depois de 2 anos de mandato, foi eleito deputado federal (2002), sendo reeleito em 2006 e 2010. Em 2014 elegeu-se senador.

Caetano Bentes é o novo líder do governo na Câmara de Macapá

O vereador Caetano Bentes (PSC) é o novo  líder do governo municipal na Câmara de Vereadores de Macapá. O cargo era ocupado pelo vereador Rinaldo Martins (PSOL), que passará a ocupar a função de vice-líder.

Caetano Bentes foi eleito na atual legislatura como o quarto mais votado e já desempenhava a função de vice-líder do governo municipal. Faz parte do grupo político denominado Coletivo Um, que tem a liderança do deputado Pedro DaLua (PSC), que deve concorrer à Câmara Federal este ano.

Davi Alcolumbre lança pré-candidatura ao governo em Santana

Senador Davi Alcolumbre lança sua pré candidatura ao governo do Amapá no próximo sábado (21) em Santana, segundo maior colégio eleitoral do Amapá.
A festa será na quadra da escola GPC a partir das 18h.
O senador Randolfe Rodrigues e o prefeito de Macapá Clécio Luís já confirmaram presença. Eles apóiam Davi Alcolumbre para o governo do estado.

Fátima Pelaes confirma candidatura ao Senado

Em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira, 13, a presidente nacional do MDB Mulher e membro da Executiva do MDB (Movimento Democrático Brasileiro), Fátima Pelaes, confirmou a pré-candidatura ao Senado pelo Amapá. A declaração é firmada a partir da decisão da reunião da Executiva Nacional do partido, em 3 de abril, quando, por unanimidade, acordaram que o Diretório Estadual do Amapá deve registrar sua candidatura ao Senado nas próximas eleições, independente do partido ter outro candidato ao mesmo cargo.
“A decisão de registro da candidatura foi da executiva do partido, no qual milito há muitos anos e o representei na Câmara Federal.

Continue lendo

PT não terá candidato ao governo do Amapá

O Partido dos Trabalhadores no Amapá decidiu ontem que irá, mais uma vez, a reboque de outro partido na disputa pelo governo.
O PT não lançará candidato ao governo nem ao Senado, apenas a deputado estadual e deputado federal. A decisão foi tomada ontem durante o encontro de tática eleitoral presidido pelo vice-presidente Marco Roberto.
Ele explicou que a prioridade do partido é eleger Lula para a presidência da República. A nível estadual vai pleitear  vaga de candidato a vice-governador e de suplente de senador. Com qual partido? Ah, isso depende ainda das conversas que os petistas manterão com as diversas agremiações políticas. E, como diz a ex-deputada Dalva Figueiredo, ainda tem muito café no bule e, portanto, conversa pra mais de metro.

Mas não tem jeito mesmo

Durante revista de rotina ontem os agentes penitenciários encontraram – de novo – um aparelho celular na cela do deputado Moisés Souza, no Iapen (presídio estadual) onde o parlamentar cumpre pena de 13 anos de reclusão desde novembro de 2016, acusado de corrupção.
Em dezembro do ano passado, durante revista feita pelo Ministério Público na cela do deputado, foi encontrado um celular escondidinho dentro de um livro.

Firma o corpo, Fátima Pelaes

Secretária Nacional de Políticas para as Mulheres, presidente do PMDB Mulher e ex-deputada federal por cinco mandatos, Fátima Pelaes já avisou que não abre mão de sua pré-candidatura ao Senado este ano.

Acontece que o ex-senador Gilvam Borges se considera candidato nato do partido. E seu grupo avalia que não há espaço no mesmo partido para duas candidaturas ao Senado. O grupo dos Borges comanda o PMDB no Amapá, daí não se pode descartar que tentem tirar Fátima do jogo.
Há poucos dias, em entrevista ao programa Luiz Melo Entrevista, Fátima disse que já mostrou à Executiva Nacional  as dificuldades internas que está enfrentando no partido no Amapá. “Já fiz várias tentativas, mas não consegui conversar sobre o assunto com o presidente do Diretório Regional”, ressaltou. Ela queixou-se que partido “não conversa e não reúne”.