Deputado Favacho se defende e diz que abandono da estrada de ferro é culpa do governo

Do portal da Assembleia Legislativa do Amapá

Em pronunciamento proferido durante o “Grande Expediente” da sessão desta terça-feira (5) na Assembleia Legislativa do Amapá (Alap), o deputado Júnior Favacho (PMDB) contestou as acusações que lhe foram feitas pelo promotor de Justiça Afonso Guimarães, durante entrevista coletiva à imprensa, realizada no dia 28 de novembro, de haver recebido propina para facilitar a anuência da Alap no processo de transferência da concessão da estrada de ferro do Amapá da Mineradora Anglo Américan para Zamin Mineração. Exibindo farta documentação, o parlamentar afirmou que o processo, encaminhado pelo Poder Executivo, tramitou normalmente e foi provado por duas comissões permanentes da Casa.

“Todo o processo foi conduzido pelo Governo do Estado. O pedido foi protocolado no governo, encaminhado à Secretaria de Transporte, onde tramitou e foi considerado constitucional. Em seguida foi à Procuradoria Geral do Estado, onde recebeu parecer favorável. O Estado encaminhou o processo à Assembleia Legislativa com pedido de urgência. Continue lendo

Briga pelo controle do Patriotas no Amapá

Com a prisão do Promotor Moisés, semana passada na Operação Minamata, está grande a briga pelo controle do Patriota no Amapá. Um grupo já está de malas prontas para ir a Brasília  pedir a direção do partido usando a estratégia de fuxicar de Moisés e de outros que sonham em comandar o Patriotas em terras tucujus.

Isaías Carvalho deixa o PT e diz que o partido trocou o calor das ruas por cargos

Após mais de 20 anos filiado ao Partido dos Trabalhadores o ex-vereador Isaías Carvalho deixa o partido reclamando que a direção  sufoca e isola as lideranças retirando destas todas possibilidades crescimento, de mudança e renovação política. Na sua carta de desfiliação, assinada hoje, ele lamenta o fato do partido ter largado o calor da rua e do povo em troca de cargos e o conforto dos salões refrigerados.

Eis a íntegra da carta:

Carta Aberta de desfiliação do PT
“Quando já não somos capazes de
mudar uma situação, Somos
desafiados a mudar a nós mesmos”
Guiado pela ética e esperança, persigo meus ideais. Me filiei ao Partido dos Trabalhadores (PT) no dia 28 de março de 1996 e em 2018 eu faria 22 anos no partido onde construí uma vida inteira dedicada à luta social e a organização política. Durante todos esses anos acreditei e trabalhei pelo partido.

No PT, já fui presidente do Diretório Municipal de Pedra Branca do Amaparí por dois mandatos, eleito o vereador mais jovem do Brasil em 2000 e reeleito em 2004, fui candidato a prefeito em
2008, candidato à deputado estadual por duas vezes. Hoje, estou Secretário de Relações Internacionais na comissão executiva estadual, e nos últimos12 anos já fui secretário agrário e secretário e de formação política por dois mandatos.
Me encantei com o PT da década de 80, 90, o mesmo que no Amapá foi o primeiro do Brasil a Continue lendo

Lucas Barreto anuncia candidatura ao Senado

Lucas Barreto, ex-deputado e ex-vereador, já decidiu: será candidato ao Senado pelo PTB num arco de alianças que apoiará a candidatura do governador Waldez Góes (PDT) à reeleição.
Em entrevista ao jornalista Seles Nafes, Lucas disse que o PTB já tem uma aliança política com o PDT  que caminha para se tornar eleitoral em 2018.

STJ arquiva denúncia contra Waldez Góes

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu ontem (29), por unanimidade, arquivar mais uma denúncia em que o governador do Amapá, Waldez Góes, é acusado de peculato, fraude em licitação e associação criminosa, referente a Operação Mãos Limpas deflragada em setembro de 2010 pela Polícia Federal na qual ele, secretários de Estado e empresários do Amapá foram presos.

Agora não existe mais nenhuma ação penal pendente no STJ contra o governador Waldez Góes.
A decisão do STJ foi muito comemorada ontem pela família, amigos e correligionários do governador.

Tão logo saiu a decisão, sua filha Luna Góes postou este emocionante desabafo no Facebbok:

“Passa um filme na minha cabeça, todo santo dia. Há 7 anos passamos pelo PIOR momento de nossas vidas, sentimos uma dor que não desejo nem ao meu pior inimigo: a da injustiça. Sofremos ataques terríveis, duvidaram de nós, de nossa honra, tentaram sujar o nome de uma família, mas NADA nem NINGUÉM pode sujar uma consciência tranquila. De lá pra cá foram incansáveis anos, de luta, de dor, mas com a fé que um dia chegaria esse momento, que seria feita a tão esperada JUSTIÇA. A dos homens, porque a de Deus nunca falhou. Hoje tivemos mais uma LINDA vitória, que me enche de alegria, ao mesmo tempo que me questiono o porquê de tudo isso, desse jogo tão sujo, desse ataque tão podre que meus pais e minha família sofreram. Não tem um único dia que eu não sofra com o que aconteceu, mas sei que um dia entenderei tudo isso, ainda não consigo, mas sei que essa resposta só Deus nos dará, e sei que TUDO acontece por uma razão, e é com fé nisso que seguimos lutando. Hoje é dia de festa, de gratidão, de alegria. A Deus, sempre e em primeiro lugar, ao jurídico guerreiro e incansável que virou nossa família também, e a todos aqueles que SEMPRE acreditaram na inocência de minha família e que estiveram ao nosso lado, nos momentos mais difíceis e que agora comemoram essa vitória ao nosso lado. Isso é pra mostrar a verdade e CALAR A BOCA daqueles que duvidaram, que nos atacaram, humilharam, porque nós N-U-N-C-A duvidamos de tal inocência. Deus, toda honra e glória a ti. Sempre! Mãe, pai, vocês são meu orgulho! E sim, nós temos as MÃOS LIMPAS

Waldez Góes empossa três novos gestores

Depois da posse os novos gestores posaram para fotos com o governador (Foto: Marcelo Loureiro )

Cumprindo acordos políticos com vistas às eleições de 2018, o governador Waldez Góes – que é candidato à reeleição – empossou nesta quarta-feira, 29, três novos gestores da administração estadual. A cerimônia de posse aconteceu no Salão Nobre do Palácio Setentrião.

Na Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) assumiu Bernardino Nogueira dos Santos ao posto antes ocupado por Marcelo Creão. Na Agência de Pesca do Amapá (Pescap), Edson Franças dos Santos na vaga de Clésio de Lima Cardoso. No Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (Iepa), o novo gestor é o ex-deputado estadual Jorge Souza, no lugar de Wagner Costa.

PT assume a secretaria de meio ambiente do Amapá

Bernardino Nogueira dos Santos é o nome indicado pelo Partido dos Trabalhadores (PT-AP) para assumir a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema). Ele é geógrafo e está filiado ao PT de Santana há mais de 20 anos. Sua posse deve ocorrer ainda esta semana.
A decisão do PT entrar no governo Waldez Góes (PDT) foi tomada há poucos dias  em reunião do Diretório Estadual.
Para apoiar a reeleição de Waldez, claro que o partido pediu vários cargos no governo e a Secretaria de Meio Ambiente de porteira fechada.
“A responsabilidade pelas políticas ambientais do Amapá, relacionadas à Sema, passa a ser do PT. Por isso, iremos planejar as ações e buscar meios para implementá-las”, disse o presidente do PT amapaense, Antonio Nogueira, em entrevista ao Correio de Santana.

Notícia relacionada:
PT-PDT: um caso de amor

REDE decide: prioridade é reeleger Randolfe para o Senado

Na 2° Conferência Estadual, realizada sexta-feira (24), o partido REDE decidiu que a prioridade para 2018  é  a reeleição de Randolfe Rodrigues para o Senado a fim de que a luta de combate à corrupção se mantenha firme.
Durante a conferência também foi destacada a necessidade de apoiar uma candidatura para dar fim à alternância de poder entre oligarquias no Amapá, fazendo com que o estado busque uma nova forma de fazer política. Representantes de 16 municípios estiveram presentes na conferência, delegados que foram escolhidos durante as conferências municipais. Ao todo 53 nomes compõe a equipe do elo estadual, sendo a direção estadual, vogais, comissão de ética e conselho fiscal.

Mary Cruz e Charly Sanches foram escolhidos, por consenso,  os novos porta-vozes do elo estadual da Rede Amapá.