Gitas e gitinhas

Jabuti
Tem jabuti trepado em poste. Se tocar num fio de alta tensão vai ser um “para-pra-acertar” sem tamanho.

PMDB coliga com o PSDB
O senador Gilvam Borges (PMDB) afirmou que no Amapá o PMDB vai coligar com o PSDB.
A afirmação foi feita agora há pouco em entrevista ao programa “Balanço Geral”, no canal 10.
Gilvam disse que amanhã conversará sobre isso com o senador José Sarney e que até quinta-feira os dois partidos farão o anúncio oficial da coligação.
Será que vão dividir o palanque ao meio no Amapá, com metade pra Dilma e a outra metade para o Serra?

Dividindo a alface
Pré-candidato ao governo Camilo Capiberibe (PSB) e presidente do PSOL Randolfe Rodrigues – que é pré-candidato ao Senado – estão neste momento almoçando juntos no restaurante Sagrada Família. No twitter Camilo disse que consta do cardápio: salada e política.

Cadê a Transparência?
Se alguém souber de algum órgão no Amapá que já está com as contas na Internet, como determina a Lei da Transparência, por favor avise ao blog. Estou procurando, mas até agora só encontrei o Ministério Público Estadual.

Vizinhos barulhentos

Da caixinha de comentários:

Rua Rio Grande do Sul
“Minha rua é que se pode dizer sem limites,moro na Rio Grande do Sul entre Cora e Almirante, esquina com Precdicanda Lopes, tenho vizinhos que começam no domingo com tecno brega, depois passa pra musica religiosa, e vai acabar com esses batidões do T do Tupinambá, que ninguém aguenta, pra completar é um barulho que vem da rua, latido de cachorro, uma onda só, tive que passar a tarde na casa do meu pai dormindo, porque em casa fioou impossivel, ontem tive que ligar pra Policia Ambiental, fui na igreija e quando cheguei por volta de 22.30 o barulho continuava, ai, não contei conversa liguei e até que eles chegaram rapidinhos, eu já tinha avisado da possibilidade de ligar 190 pra parar o som, e ontem foi o dia, poxa nos acordamos cedo pra trabalhar e pior aquele batidão fica martelando na cabeça da gente que nem neosaldina da jeito. Vizinhos vamos ter senso de respeito, senão vamos virar clientes da Policia Ambiental.
Vera Leal

Cabeça estourando
“Poxa Verinha, então foi você quem me fez esse grandioso favor, eu já estava com minha cabeça estourando de tanto colocar volume alto na minha tv, nem consegui assistir direito meu Vasco jogar por conta do barulho.Temos que fazer um baixo assinado contra esses barulhentos de plantões.
Carlos Almeida

Quase dá em tragédia
“Um dia alguem vai perder a paciencia e vai haver uma morte, quem sabe ai as coisas mudem, eu quase fiz isso, mas o bom pai nao deixou, a coisa foi parar na justiça eu me mudei e hoje tenho vizinhos legais.
Jonh o Malvocit

Aprendiz de DJ
“Alcinéa, tenho que aproveitar a oportunidade para reclamar…
o meu vizinho é aprendiz de dj e fica o dia inteiro criando vinhetas tipo DJ ADI SILVA O ALOPRADO…  e por ai vai várias vinhetas vários bregas (batidão), não consigo assistir televisão, e estou com a batida do brega na cabeça 24 horas (tu. tutu. tu tutu…).
o 4bpm até vem ele baixa o volume, quando a PM vai ele aumenta. ja fui de 4 horas da manhã buscar um viatura do Batalão ambiental lá na sede deles (bairro Daniel). a verdade é eu tô pra pagar alguém pra roubar esse som desse surdo…
Jorge

Perto do Sebrae
“Alcinéa, tenho um vizinho barulhento que toda sexta-feira toca festa com o Som Guerreirão fica localizado bem em frente ao Sebrae ao lado do apartamento em que moro pensa num barulho! Não tenho sossego nas sextas-feiras, já chamei a policia ambiental e eles não fazem nada pq a gente tem que se identificar e eu não posso, pq eles são um povo de briga! Acho isso um absurdo, a policia não tomar uma iniciativa e por ser uma residencia fazer um tremendo barulho com esse tal de som guerreirão.
Roberta

Salão de recepção
“Alcinéa, na frente da minha casa tem um salão de recepções que tira meu sossego nas noites de finais de semana. A música alta quase sempre passa das três da manhã, e eu tenho dois filhos pequenos que precisam dormir tranquilos. O que eu fico mais chateado é que não há bom senso por pate de quem faz festa lá. O local não é climatizado, é aberto, portanto deveriam saber que o som vaza mais e pode incomodar os vizinhos do salão. Mas não estão nem aí, então eu também não quis mais saber de barulho. Já liguei uma vez e a polícia veio conversar com os donos de uma festa. Agora vou fazer sempre isso.
Ivan Daniel

Mendonça Furtado
“Na Mendonça Furtado, ao lado do prédio branco, perto da Manoel Eudóxio, tem uma casa em que acontece a maior muvuca todo final de semana.
Sossego

AERC
“O meu problema é a AERC. Ontem teve Mulher melancia! Mas ainda bem que a chuva atrapalhou. Hoje teve um Bingo. Dava pra ouvir os gritos dos números daqui! 10…. 08…. 23… 33… e por ai vai!
EdTorres

Um vizinho do barulho

O meu vizinho hoje não esfolou o som. Está curtindo sua música num volume educado.

Se você tem um vizinho que tira o seu sossego esfolando o som, gritando, fazendo arruaça ou seja lá o que for que tire a sua paz, conte aí na caixinha de comentários.
Todos os comentários serão transferidos para a página principal do blog.  Vamos começar uma campanha para combater a poluição sonora, a perturbação do sossego. Vamos fazer o “maior barulho” aqui no blog. Quem sabe assim o poder público acorda, né?
Batalhão Ambiental e as secretarias municipal e estadual do Meio Ambiente precisam acordar e tomar providências contra esse tipo de poluição.
Nas escolas os professores poderiam fazer uma campanha educativa com os alunos.
As secretarias de saúde, do estado e do município, também poderiam fazer uma campanha educativa.  Certa vez li uma matéria (já não lembro em que revista) onde os médicos entrevistados diziam que o som alto pode provocar, entre outros males, surdez precoce, estresse e pressão alta.

Vizinho bacana – Mas se você tem também um vizinho bacana, daquele que a gente diz que “vizinho é o parente mais próximo”, educado, agradável, pronto para ajudar ou que não te perturba em nada, conte também na caixa de comentários.

Cadê o Batalhão Ambiental?

Recebi de um leitor do blog:
“Alcinéa, eu não consigo entender por que é permitido se obstruir o passeio público com um equipamento de som profissional, do tipo que se usa em boites. Mendonça Furtado!
Novamente, faço aqui um desabafo sobre a ocorrência da perturbação do sossego que vem ocorrendo na Mendonça Furtado nos finais de semana. Quando não é na frente de uma casa verde, do lado direito de quem vai para o São Camilo, próximo da Manoel Eudóxio, o problema ocorre em uma casa ao lado de um prédio branco também nessas imediações. Hoje, domingo, 30/05, desde as 13h tentei descansar depois do almoço e até agora não consegui e nem vou conseguir, sabe-se lá Deus até que horas aquele som absurdo de grave vai ficar tocando. Pelo amor de Deus, não existe alguém nesta cidade para tentar resolver esse problema? Cadê o Batalhão Ambiental? Eu não vou me identificar porque eu tenho medo de me indispor com esse povo que não respeita ninguém. Alcinéa, ajude por favor. Aquilo ali não é possível de continuar acontecendo. Você poderia viabilizar um espaço só para esse tipo de denúncia no seu blog? Por favor, por favor.  Ontem à noite, esse mesmo local (ao lado do prédio branco) a música alta foi até tarde. Então, está virando baderna mesmo.”

Pelos blogs

Repiquete
Na última quinta-feira a violência chegou aos extremos na Escola Tiradentes, uma das mais tradicionais de Macapá, outrora reconhecida como das mais organizadas e melhores escolas públicas.
Pistolas e revolveres estiverem presentes no “pára pra acertar”, entre irmãos e namoradas de meninas que brigam em frente ao colégio. (Leia mais)

Ernani Motta
No blog do  jornalista e blogueiro amapaense, que mora no Rio de Janeiro, uma matéria especial sobre o livro “O sapo, a bruxa e a corrente do bem”, da escritora Cármen Neves (Leia aqui)

O Buraco da Fechadura
Jornalista e cronista Renivaldo Costa faz uma homenagem ao escritor e sociólogo Fernando Canto (Leia aqui)

Blog da Serra
Já estamos entrando no inverno e aqui em Nova Friburgo a temperatura cai continuamente, dia após dia. E frio lembra o quê ? Errou quem respondeu casaco. Frio lembra fondue, um bom vinho e lareira, a melhor companhia para quem mora nessas terras frias da antiga Fazenda do Morro Queimado, colonizada por suiços e alemães a partir do distante ano de 1819.
Para quem não sabe ou nunca experimentou, fondue é um prato de origem suíça, à base de queijo aquecido… (Leia mais)

Esculacho e Simpatia
Uma das práticas mais comuns nos quadros dos Poderes Executivos municipais, estaduais e federal, desde sabe-se lá quando, é a nomeação da primeira dama (a quase totalidade dos mandatários ainda é masculina) para a pasta de assistência social. É uma prática nepotista, mas, pelo menos, tirava da mulher a figura decorativa da primeira dama dondoca.. (Leia mais)

Estou de Olho
No blog do Tunico tem um divertido jogo pra você chutar o traseiro “deles” (Aqui)