A notável Maria Helena Amoras

b18a
Foto: Flávio Cavalcante

Maria Helena Amoras, escritora, professora, poetisa. Lecionou em diversas escolas, foi vice-diretora em algumas, diretora da Associação dos Professores do Amapá, professora de várias gerações, é uma das homenageadas pelo Memorial Amapá com a comenda de Notável. Homenagem merecidíssima.

Ela tem mais de 80 anos de idade e continua escrevendo belas poesias com o mesmo fôlego da juventude. Agora está finalizando mais um livro que deve ser lançado no comecinho do ano que vem.
Amapaense da gema, nasceu em maio de 1930 no município de Amapá. Aos 18 anos transferiu-se para a capital Macapá para cursar a Escola Normal (antigo IETA) já trazendo na bagagem algumas poesias.

“Saudade!
Vai lá nos campos
onde nasci e me criei. Toca nas flores,
nas flores dos galhos do mato…
respira o vento dos cataventos
e dá o meu abraço…”

Professora aposentada de Português, atualmente Maria Helena mora em Belém mas de vez em quando vem rever amigos, ex-alunos, poetas e parentes que moram em Macapá. Desta vez veio para receber a homenagem do Memorial e foi alvo de afetos por parte de seus ex-alunos e poetas.

b2b
Depois de receber a comenda, Maria Helena foi recepcionada no Pano da Poesia pelo Movimento Poesia na Boca da Noite e Associação Literária do Amapá

“Voa saudade!
Nas asas do vento…
Embala a criança
que sonha e que ri…
No berço das mágoas
eu fico aqui”

Helena escreve poemas, crônicas, contos. Está na Coletânea Amapaense Poesia e Crônica, lançada em 1988.
De vez em quando publica algumas de suas poesias  na página que mantem no Facebook, onde também presta homenagem aos poetas amapaenses.

Dentre as poesias que mais gosto de Maria Helena estão “Saudade” (que postei dois trechos acima) e “Vida”, que posto abaixo.

VIDA
(Maria Helena Amoras dos Santos)
O sol veio…Despertou, subiu,
esquentou
declinou
e morreu dentro de mim…
E a lua veio…
Acenou, riu
e falou pra mim
palavras de amor:
– És fonte,
inspiração de vida.
Razão de harmonia.
Em cada lágrima caída
está a tua dita.
Não te queixes
porque tudo é fantasia:
sonhos
ilusões
paixões
e melancolia…
Levanta,
anda, corre e ri.
A vida é o amor
que ainda brota em ti.

  • Professora Maria Helena foi minha professora no GM, Justa homenagem a quem dedicou uma vida a passar, e como passar, sabedoria aos seus alunos. Um daqueles mestres que que marcam para sempre a memória do aluno.
    Parabéns Heraldo, a você e toda a sua família pela bela homenagem merecida e para ela por continuar a transmitir conhecimento e valores a novas gerações.

  • Minha amada e eterna professora de Português, quando estudei no antigo GM. Estive com ela recentemente e passamos uma tarde conversando e lembrando histórias da minha adolescência (já faz um tempinho). Ela disse que eu era hiperativo.

  • Saudades Vovozinha,
    Nós seus netos e bisnetos aqui de Boa Vista Roraima continuamos na sua torcida e nos orgulhamos por essa tão linda homenagem, apesar da distância sabemos da grande mulher, mãe, vó, professora, poetisa, enfim essa grande matriarca que és para todos nós. Te amamos!
    Um grande abraço Alcinéa Cavalcante, felicíssimos por seu carinho com nossa avó!

  • Prof. Alcinéa, toda a nossa família se sente muito honrada com essa homenagem, mais que merecida, a nossa mãe. Ela que é nossa mestra na vida e nosso maior exemplo de mãe, mulher, ser humano. Muito obrigada!

  • Grata pelo espaço concedido à nossa notável mãe e educadora Maria Helena Amoras dos Santos no reconhecimento de seu trabalho e contribuição ao Estado do Amapá.

  • Como primogênito agradeço a homenagem prestada a minha mãe. Como professor , sinto alento pelo resgate dos valores da gratidão e valorização social da professora emérita Maria Helena , em sala de aula e na vida.

  • Alcinéa, excelente e só temos que te agradecer pela reportagem, nossa mãe Maria Helena Amoras dos Santos fez por merecer esta carinhosa homenagem sua e do memorial Amapá; ficamos lisonjeado, pois, esta homenagem reverte-se em mais energia para nossa mãe; obrigado por ter lembrado desta poetisa (que ela não considera), professora, mãe, vó, bisa, que a partir desta homenagem ela passa oficialmente para o quadro das personalidades que fizeram e fazem parte da história do Amapá e você, também, continua fazendo parte da história do nosso Estado do Amapá. Obrigado

    • Fico feliz pela grande homenagem a esta Professora e Educadora Maria Helena Amoras.
      Justa homenagem!!!
      Parabéns!!!
      Continue escrevendo os seus poemas, minha linda!!!
      ????????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *