PSDB coliga com o PSC

Pelo twitter o presidente PSDB no Amapá, deputado Jorge Amanajás – que á pré-candidato ao governo do Estado – informa que acabou de sair de uma renião em Brasília com o senador Papaléo Paes (PSDB), Pastor Everaldo, presidente do PSC, deputado Moisés Souza (PSC), entre outros membros dos dois partidos.
Na reunião foi sacramentada a aliança PSDB/PSC no Amapá.

  • pô o Papaléu bom de voto?…………., é realmente votar contra ele mesmo…………, é foda, ………, votou a favor do congelamento dos salário dos funcionários até 2000 e não me lembro……., eta cabra bommmmmm……, também o Sarnei tem um curral de burros aqui,…………, é de machucar minha inteligência, como AMAPAENSE DA GEMA

  • Engraçado a politica local está sendo custurada pelos twitter da vida, como se modernizou-se a nossa politica amapaense, pena que o zé povinho não tem nem o que comer em casa alvará um computador e internet para poder acompanhar essas discussões que sinceramente não ajudaram em nada pois o poder de decisão está longe dos senhores daqui, pobre amapá voltou a era de território quando se mandavam o governador de fora, pois as decisões se fará em brasilia para decidir os rumos do nosso querido estado que pena!

  • Se o PSDB vai coligar com o PSC, então o PSb vai passar longe. É que Capiberibe não quer, de jeito nenhum, concorrente ao senado, no caso Papaléo Paes, que é bom de voto. Ele está em pânico com medo de não se eleger. Daqui a pouco o PSB vem com apenas um nome: Capi senador. E ninguém mais. É de morrer de rir.

  • Mais do que nunca configura-se uma alianca Jorge x Camilo, sabe pq? o Capi conseguiu o PSC la por cima… significa que se o PSC vai apoiar o camilo aki, o psdb tbm vai 🙂

  • Quanto menos as pessoas participarem da política mais os interesses daqueles que se ocuparem da esfera pública irão prevalecer. As decisões a serem tomadas seram baseadas nos interesses particulares, e não visando aos interesses coletivo. A politica em si é limpa, quem a torna suja são os nossos representantes. pense nisso!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *