Obra de arte

Esculturas recobertas com manganês da inesquecível, saudosa e reconhecida internacionalmente artista plástica e professora amapaense Nina Nakanishi

  • Tia do Lucas Barreto que está sendo esquecido junto com a Artista – isso aqui ô ô é o Amapá.
    Hoje não tem nem manganês para fazer uma pilha AAA alcalina e sim uma pilha comum com o minério de baixo teor que vai lá pra China e volta como pilha comum e é vendida na área de Livre Comércio de Macapá e Santana.

  • Sim, precisamos ver uma exposição das maravilhosas obras de Niná Nakanishi….Se possível…Logo.

  • Niná foi uma artista á frente de seu tempo. Tinha perfeito domínio das formas e da fórmula que usava para revestir suas esculturas em cerâmica com pó de manganês. Era uma pessoa muito simples e vivia feliz em Macapá, com sua arte, os inúmeros amigos e discípulos. Inconcebível a cidade não possuir um acervo de suas obras expostas em algum museu!

  • Bom dia,
    Acervo pessoal? Alcinéa?
    O SESC-AP, tem uma peça muito bonita, logo na entrada do prédio. Outro dia passei lá e estava sem a identificação: nome da obra e da artista. Avisei a uma pessoa de lá. Creio que já foi resolvido.
    Tenho um carinho especial pela Nina Nakanishi, prima de minha mãe.
    Quando criança fazíamos aquelas visitas de domingo, uma delícia entrar naquela casa tão cheia de encantos.
    A população amapaense merece uma exposição, para conhecer Niná.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *