Já sabe o samba da sua escola?

Vai aí o refrão de cada samba pra você ajudar a fazer a festa hoje no Festival de Samba de Enredo:

Boêmios do Laguinho
Enredo: Laguinho África minha: cantos e revoadas de dois poetas geniais
Intérprete: Macunaíma
Voa, voa, meu guará
voa neste céu de norte a sul
sou menino do Laguinho
Marabaixo sou do samba
sou assim como raul

Império do Povo
Enredo: Perfume
Intérprete: Albe Matos
Vem meu amor
quero te perfumar
O aroma é verde e branco
É a Império a desfilar
Espalhando seu cheiro pelo ar.

Maracatu da Favela
Enredo: Espelho, espelho meu
Intérprete: Danny Sentimento
Maracatu eu sou
Favela meu amor
Então me diga, espelho meu,
se existe alguém mais verde rosa do que eu.

Piratas Estilizados
Enredo: O encantado vale do Jari
Intérprete: Neck
O regatão chegou, trouxe a cultura
festa junina e outras misturas
Na religião, fé e devoção
mitos e lendas na imaginação.

Unidos do Buritizal
Enredo: O universo azul
Intérprete: Ivo Cannuty
Voa azulão, azulão azulão
leva o meu coração, leva o meu coração
pra morar contigo, azulão
no reino da ilusão, voa voa azulão.

Piratas da Batucada
Enredo: O vale encantado do Tapajós
Intérpretes: Meio Dia, Tysson e Marcelo Zona Sul
Negros, índios, portugueses de tanto lutar
cada um ao seu costume, a cultura semear
Tapajós vale encantado
nas terras do Grão-Pará

Embaixada de Samba Cidade de Macapá
Enredo: Sonho… realidade ou fantasia?
Intérprete: Ramon Frazelly
Assombração não vai me assustar
Não tenho medo, sai pra lá
vidente, monstro, bruxaria
meu corpo é fechado pra feitiçaria.

Solidariedade
Enredo: Tumuc Humac – da vida ao espírito tudo passa pela grande pedra
Intérprete: Paulinho do Rosário
Ao ecoar Tumucumaque
O Solidariedade envolve a massa
conta que dá vida aos espíritos
pela grande pedra tudo passa.

Emissários da Cegonha
Enredo: Com garra e determinação ele se fez respeitar, das mãos de um sapateiro molda-se a justiça do Amapá
Intérprete: Charlinho
Voou nas asas da cegonha uma criança
com a esperança de justiça
em seu olhar
Vem de Barreiras o menino do sertão
Sapateiro artesão
é baiano seu sonhar.

Império da Zona Norte
Enredo: De Parintins para o mundo a maravilha do ouro cultural
Intérprete: Neck
Garantido e Caprichoso
nosso ouro cultural
Dançam povos da floresta
na magia do carnaval.

  • Que pena conterrâneos! Não fizeram nenhum samba criticando a realidade político/social do Amapá. Aqui em Belém, o governo do Amapá encheu a cidade com outdoor’s convidando turistas para o carnaval em Macapá. Depois vocês dizem que o ex-senador Gilvan é “exagerado”.Tô certo ou errado?

Deixe uma resposta para Sebastião Oliveira (Sabá) Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *