Desafiando o corona

Esses candidatos  que vivem nas baixadas, feiras, indo nas casas dos eleitores e se abraçando com eles, falando de pertinho e batendo fotos juntinhos – sem respeitar o distanciamento – estão desafiando o novo coronavírus.
Né não?

Exibição de programas com alusão ou crítica a candidatos em rádio e TV está proibida

A partir desta quinta-feira (17) até o dia 29 de novembro, emissoras de rádio e televisão deverão observar uma série de restrições ao conteúdo que transmitem sobre candidatos, partidos políticos e coligações ou que revele a posição política de eleitores.

Durante a vigência do período eleitoral, as emissoras estão livres para organizar debates políticos ou citar candidatos, partidos ou coligações em programas jornalísticos. Mas a exibição de qualquer conteúdo que os mencione ou favoreça – como peças de propaganda política ou novelas, filmes e séries, por exemplo – não é permitida.

Os programas de rádio ou TV que tenham o nome de um candidato ou façam menção a ele não poderão mais ser transmitidos até depois do segundo turno das eleições. Os próprios candidatos que atuavam como apresentadores já estão afastados dos programas desde o dia 11 de agosto.

Nove candidatos na disputa pela prefeitura de Macapá

Encerrado hoje o prazo para as convenções partidárias, nove partidos homologaram candidaturas a prefeitura de Macapá. São oito homens e apenas uma mulher na disputa do cargo de prefeito.
Veja quem são os candidatos:

Capi (PSB)
Cirilo (PRTB)
Dr. Furlan (Cidadania)
Gianfranco Gusmão (PSTU)
Josiel Alcolumbre (DEM)
Marcos Roberto (PT)
Pastor Guaracy (PSL)
Patrícia Ferraz (Podemos)
Paulo Lemos (PSOL)

PSOL faz convenção amanhã para oficializar candidatura do deputado Paulo Lemos a prefeito

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) de Macapá realiza amanhã terça-feira (15) a sua Convenção que oficializará as pré-candidaturas de Paulo Lemos a prefeito de Macapá e de sua pré-candidata à vice, Lorena Quintas, do PCdoB, pela coligação “Macapá para Todos Nós”.

No evento, também serão definidos os nomes dos 19 candidatos a vereador que disputarão o pleito pelo PSOL. Deste total, seis são mulheres.
Em função da pandemia do novo coronavírus, este ano a convenção acontecerá na própria sede do PSOL, que fica na Av. Maria Quitéria, 34, no Trem, a partir das 18h.

Após escolher oficialmente os seus candidatos para as eleições municipais, os partidos devem fazer o registro das candidaturas, as quais serão analisadas pelos juízes eleitorais. Conforme a legislação, cada partido ou coligação tem o direito de registrar um candidato a prefeito com seu respectivo vice, enquanto vereadores têm registros limitados a um máximo de 150% do número de vagas a preencher.

(Texto: Junior Nery)

Partidos da Frente por Santana fazem convenção hoje para homologar candidatura de Bala Rocha

Hoje, sexta-feira, a partir das  20h, a Frente por Santana (PP, PT, DEM, PSDB, DC e Solidariedade)  faz convenção para homologar  o nome do médico e ex senador da República Bala Rocha como candidato a prefeito daquele município.. A chapa terá como vice a socióloga Isabel Nogueira. Bala foi escolhido como candidato da Frente  através de uma pesquisa interna de intenção de votos. O segundo nome com mais menções foi o da socióloga.

“A partir da nossa convenção, daremos a arrancada da Frente por Santana em busca de uma cidade melhor. Precisamos com urgência resgatar o orgulho do santanense de viver aqui. É possível, rapidamente, mudar o rumo da nossa cidade para melhor”, diz Bala..

A convenção será transmitida pelo Facebook nas páginas de Bala Rocha (facebook.com/balarocha),  Isabel Nogueira (facebook.com/isabelnogueirastn),  Antônio Nogueira (facebook.com/antonionogueiras) e do deputado Jory Oeiras (facebook.com/deputadoJoryOeiras).

 

Prefeito Clécio indica Silva Vedovelli para vice de Josiel

Acabou o mistério. Prefeito Clécio Luís acaba de anunciar o nome de Silvana Vedovelli, ex-secretaria municipal de Saúde,  para ocupar a vaga de vice na chapa encabeçada por Josiel Alcolumbre na disputa pela prefeitura de Macapá.
“Agradeço de coração  a  escolha para continuar a fazer o melhor por Macapá. Por ser mulher e por sempre deixar claro que as mulheres podem estar onde elas quiserem”, disse Silvana.
Josiel Alcolumbre se disse muito feliz com a escolha.

Alô, compradores de votos, a PF e o MP estão de olho. Tem até drone pra vigiar vocês

Em reunião realizada hoje (10), na Procuradoria-Geral de Justiça, o Ministério Público do Amapá (MP-AP) e a Polícia Federal alinharam a estratégia de atuação para combater a corrupção no período eleitoral. Uma central de investigações está sendo implantada para compartilhamento de informações entre as instituições responsáveis pela fiscalização de crimes eleitorais.

Os delegados da PF, João Paulo Bastos, coordenador de Operações da PF no Amapá, e Wilix Gabriel, chefe da Delegacia de Defesa Institucional do órgão, reuniram com a procuradora-geral de Justiça, Ivana Cei, o subprocurador-geral para Assuntos Institucionais, Nicolau Crispino, e o promotor de Justiça Ricardo Crispino, coordenador do Centro de Apoio Operacional Eleitoral do Ministério Público do Amapá (CAO-Eleitoral/ MP-AP).

O Centro Integrado de Comando e Controle está sendo instalado na sede da Polícia Federal e contará com toda estrutura e apoio das instituições parceiras responsáveis em fiscalizar a Eleição 2020.

“O CAO-Eleitoral vai entrar em parceria designando um servidor do MP-AP para fazer parte da equipe que vai trabalhar dentro do Centro Integrado, que também será o elo entre os promotores eleitorais e a PF nessa atuação conjunta para coibir crimes eleitorais”, informou Ricardo Crispino.

Para o coordenador de Operações da PF no Amapá, apesar de um período mais curto de campanha, essa atuação conjunta para evitar compra de votos será intensificada, inclusive com utilização de drones para fiscalização remota, assim como no combate às notícias falsas, conhecidas como “fake News”.

Ivana Cei e Nicolau Crispino manifestaram satisfação com essa composição de forças e informaram que as equipes de inteligência do MP-AP, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO-AP) e Núcleo de Inteligência do Ministério Público (NIMP), assim como do Gabinete Militar da instituição estarão integrados nessa frente junto com a Polícia Federal e o MP Eleitoral.

“Esta é uma eleição atípica e precisamos nos unir para trocar informações e agir para coibir atos ilícitos nesse período. O Ministério Público está colocando suas equipes e drones à disposição da Polícia Federal para os trabalhos do Centro Integrado”, pontuou Ivana Cei.

(Com informações da Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá)

Nem que caia neve em Macapá

O  presidente do Partido dos Trabalhadores no Amapá, Antônio Nogueira, disse que não adianta fazerem futrica, pois seu partido não desistirá de ter candidatura própria a prefeito de Macapá nem que caia neve na cidade.
Ele disse que hoje mesmo recebeu ligação da presidenta Gleisi Hoffmann  e do coordenador das eleições na região norte, Romênio Pereira, ambos garantindo que a direção nacional não fará qualquer tipo de intervenção em Macapá, pois foram cumpridos todos os procedimentos internos para deliberação da candidatura do professor Marcos Roberto, já tendo ela  inclusive, sido homologada pela instância superior.

“O partido segue, em Macapá, com a sua candidatura própria”, ressaltou Nogueira.
A convenção está marcada para domingo, 13.

Quem será?

Prefeito Clécio Luís (sem partido) anuncia amanhã, às 9h, o nome que indicará para a vice de Josiel Alcolumbre (DEM) na disputa pela Prefeitura de Macapá, se David Covre ou Silvana Vedovelli.
O anúncio será feito durante uma live em seu escritório político que terá a presença de políticos e jornalistas.
Dizem os linguarudos que se os curiosos quiserem saber com antecedência, basta passar a noite na frente do escritório. Se estiver decorado com balões azuis, o nome será de Covre; se os balões forem rosa a escolha recai sobre Silvana.
Na verdade, os dois nomes são bons.
E essa historinha de balões não existe. É inventada só para fazer de besta os curiosos.