Círio de Nazaré é declarado Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade

A festa à Virgem de Nazaré, que congrega milhares de fiéis todos os anos em Belém do Pará, agora também é Patrimônio da Humanidade. A Oitava Reunião Anual do Comitê Intergovernamental para a Salvaguarda do Patrimônio Imaterial, da UNESCO, aprovou nesta quarta-feira, dia 04 de dezembro, a inclusão do Círio de Nazaré na Lista Representativa do Patrimônio Cultural da Humanidade. Agora, o Brasil possui quatro bens imateriais inscritos. Também são Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade o Samba de Roda do Recôncavo Baiano, Arte Kusiwa – Pintura Corporal e Arte Gráfica Wajãpi, e o Frevo: expressão artística do Carnaval de Recife.

A festa em honra de Nossa Senhora de Nazaré, realizada em Belém, tem como principal procissão o Círio, que ocorre desde 1793. A festa religiosa envolve outras celebrações que começam em agosto e se prolongam 15 dias após o Círio no chamado Nazareno. Sagrado e profano se complementam mutuamente, promovendo um fato social de dimensões religiosa, estética, turística, cultural e econômica. Para os paraenses é o momento de demonstração de fé e reiteração de laços familiares e afetivos.  Atualmente, o Círio de Nazaré agrega mais de dois milhões pessoas no dia principal da procissão.( Saiba mais)

(Boletim Especial RRN/MinC)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *