Curta-metragem amapaense A Rosa será exibido sábado

535456_2866708844498_1671382362_n

Produtores e ativistas do movimento de audiovisual no Amapá vivem a expectativa para o lançamento do curta-metragem “A Rosa”. O filme será exibido sábado, 9, meia noite, no Cine Imperator localizado na AV. Feliciano Coelho.

O roteiro dessa produção amapaense enfoca uma noite na vida de um adolescente portador de surdez. Carlos, o personagem central é interpretado pelo ator Gabriel Lélis, que é surdo na vida real, mas, que levou para a telona toda a sua experiência cotidiana. Os realizadores se entusiasmam quando se referem à escolha do protagonista que se adequou perfeitamente ao papel por possuir a vivência e o perfil exigidos pelo roteiro. No filme, Carlos se depara com a dificuldade em se comunicar e convive com o isolamento durante uma reunião com outros jovens. O curta-metragem pretende destacar a prática do bullying e a discriminação, marcando com esses enfoques a dinâmica da trama, que de acordo com o argumento, busca sensibilizar os espectadores para os dilemas que vivem as pessoas portadoras de algum tipo de deficiência, necessidade ou atenção especial.

Para selecionar o elenco do filme, os produtores realizaram oficinas preparatórias nas escolas Alexandre Vaz Tavares e Sebastiana Lenir. Essas escolas abriram seus auditórios para a realização das oficinas de interpretação cinematográfica voltadas exclusivamente para capacitar os atores que formaram o elenco do projeto.

Por trás das câmeras uma equipe de jovens e experientes profissionais trabalharam vários meses para a realização do projeto. O cineasta Dominique Allan assina o roteiro e a direção do filme, a fotografia é de Gavin Andrews. A coordenação das oficinas de preparação e a direção do elenco foram de Thomé Azevedo, direção de arte de Cristiana Nogueira, a montagem é de Toninho Júnior e trilha sonora do maestro Manoel Cordeiro. Quem assina a coordenação executiva de produção é Ana Vidigal.

Os realizadores se intitulam independentes por não terem recebido nenhum tipo de apoio institucional. Para a realização do projeto, foi estabelecida uma parceria entre as empresas Castanha Filmes e a Criaação Publicidade e Propaganda como coprodutores.

(Asscom Projeto “A Rosa”)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *