Moedas portuguesas – Os Lusíadas

Coleciono moedas. E uma das minhas paixões são as moedas portuguesas, que considero verdadeiras obras de arte, como esta em homenagem ao IV centenário da publicação de Os Lusíadas – obra poética do escritor Luís Vaz de Camões, considerada a epopeia portuguesa por excelência.

Da série  Cabralinas, essa moeda de prata de 50 escudos foi emitida em  1972. Ela constitui um caso muito especial na numismática mundial: é a única moeda conhecida que faz  homenagem a uma obra literária, um poema.

A moeda traz no anverso a legenda “IV CENTENÁRIO DA PUBLICAÇÃO DE ‘OS LUSÍADAS’ na orla;  ao centro, uma figura alada sobre uma lira simbólica, tendo na mão direita uma pena e na esquerda  uma coroa de louros. Ladeando a figura as duas datas comemorativas de 1572 e 1972.

No reverso, apresenta, ao centro, o livro Os Lusíadas, sobre as cinco quinas, sendo os intervalos decorados com ornamentação renascentista, e contendo na orla a legenda “República Portuguesa” e o valor “50 escudos” entre florões.

Os Lusíadas
O poema Os Lusíadas é composto de dez cantos, 1102 estrofes que são oitavas decassílabas. A ação central é a descoberta do caminho marítimo para a Índia por Vasco da Gama, à volta da qual se vão descrevendo outros episódios da história de Portugal.
Consta que essa poesia foi concluída provavelmente em 1556, mas foi  publicada pela primeira vez em 1572 no período literário do classicismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *