Nem Camilo nem Waldez. PSTU prega voto nulo

Com o bordão “Nem Camilo nem Waldez”, o PSTU  prega voto nulo neste segundo turno para a eleição de governador do Amapá. E justifica: “Votar em Camilo é fechar os olhos para o descaso com o Estado; votar em Waldez é colocar um sinal de igualdade à corrupção”.
Em nota, a direção do PSTU conclama os 11 mil eleitores que votaram nos candidatos do PSTU no primeiro turno a anular o voto digitando 16 e indo para a rua lutar por um Amapá para os trabalhadores. “No segundo turno votamos 16. E nas ruas e lutas estamos outra vez”, diz a nota.

  • Esse tipo de política ja e ultrapassada, esses discursos ja ficaram no século que passou, o mundo moderno não absorve mais esse comportamento político da guerra-fria que nao existe mais. O Brasil vem se modernizando desde a redemocratização pos-ditadura, pois suas instituições fiscalizadoras e policias(AGU,TCU, PF, MPF, etc) estão se fortalecendo e modernizando de acordo com a nova conjuntura politica mundial, já que qualquer que seja o governante que assuma, essas instituições são independentes para investigar a aplicação do dinheiro publico. Portanto, so o voto consciente pode ajudar essas instituições nos seus afazeres fiscalizadores.

  • Interessante esse discurso. VC acabam se igualando aos mesmo ditadores do poder. Pois, suprimem ou melhor oprimem. Mês responde ai: os mais de meio milhão que não foram as urnas, ou votaram em branco e nulo, são culpados de Aécio esta no 2° turno? E aqui no Amapá, quem não foi a urna, também?
    Pq sua argumentação é embriagada de um certo capibeirismo

  • José eu concordo com a opinião do PSTU. VC não acredita que isso é liberdade democrática?
    Que se não me sinto represebtado por qualquer um. Manhã decisão pelo voto nulo, não é valida?
    VC é a favor ou contra o voto obrigatório?
    E o financiamento privado para as campanhas?

    • Democracia é isto,liberdade.Só que na minha liberdade de escolhas eu tenho a opção de escolher entre o que acho bom ou ruim,mas quando fico em cima do muro(no caso branco ou nulo),perco o direito de dar “pitaco” na escolha de terceiros.

  • Votar em branco ou nulo, nos tira o direito de reivindicar ou reclamar. Votar nulo ou em branco é nos escondermos atrás da moita e dormimos o sono dos covardes. Esperar que alguém decida e depois sairmos somente para criticar é desonesto.

    • Como dizem os evangélicos: “Oh, glória!”. Voto nulo é o voto mais consciente que existe. Por meio dele, o eleitor manda um recado para a Justiça Eleitoral: “Não quero nenhum desses candidados. Tratem de colocar outros”. Esta, sim, é a soberana vontade do eleitor.
      .

    • Realmente. Agindo assim, estarão indo de encontro a tudo aquilo que pregam. influenciar o povo a não exercer o poder democrático do voto é um ato covarde, e covardia é uma qualidade que só cabe para os fracos. Mostra tua cara PSTU!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *