O que pode e o que não pode na propaganda eleitoral

Juiz-Adão

2ª Zona Eleitoral realizará reunião para esclarecimentos de agentes políticos para as Eleições 2016

O juiz titular da 2ª Zona Eleitoral de Macapá, Adão Carvalho (foto), realizará, às 15h30 da próxima terça-feira, 9 de agosto, uma reunião para tratar de assuntos pertinentes para as Eleições Municipais 2016. O encontro acontecerá no Plenário do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP). Estão convidados todos os pretensos candidatos, partidos políticos, coligações, militantes, imprensa e demais interessados nas Eleições Municipais 2016.

A reunião contará com a presença do procurador regional eleitoral, Ricardo Negrini, promotores Eleitorais, órgãos de Segurança e demais agentes envolvidos no processo eleitoral que se avizinha.

De acordo com o juiz da 2ª Zona Eleitoral de Macapá é fundamental a participação dos agentes políticos na reunião, já que as convenções partidárias já estão acontecendo. Entre os assuntos na pauta do encontro estão fiscalização da propaganda eleitoral, registro de candidaturas, prestação de contas e condutas vedadas.

“Nesta campanha política está proibido o uso de bandeiras em veículos, entre outras mudanças. Na reunião, esclareceremos o que pode e o que não pode ser feito na propaganda eleitoral. Contamos com a presença de todos os envolvidos nas Eleições 2016”, pontuou o juiz Adão Carvalho.

(Texto: Elton Tavares – Foto: Daniel Alves – Departamento de Comunicação/TRE-AP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *