MP Eleitoral apreende dinheiro e cestas básicas que seriam usados para compra de votos

O Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) apreendeu, nesta quinta-feira (4), mais de R$ 11 mil em dinheiro  e material de campanha do candidato a deputado federal Luiz Carlos (PSDB). O veículo, em que estavam as cédulas de diversos valores e os demais itens, era conduzido por um sargento da Polícia Militar. A abordagem foi feita no bairro Santa Rita, em Macapá/AP.

Equipe de fiscalização do MP Eleitoral também apreendeu 10 cestas básicas e material de campanha do Promotor Moisés (PATRI), candidato a deputado federal, na Rodovia do Curiaú. Duas pessoas transportavam os itens em um veículo. Em ambos os casos, os envolvidos foram conduzidos para a sede da Polícia Federal. Após prestar esclarecimentos, foram liberados.

Há indícios de que os valores, assim como as cestas básicas, seriam utilizados para compra de votos. O crime, previsto na Lei das Eleições e no Código Eleitoral, sujeita os infratores à pena de multa e à cassação do registro ou do diploma, além de outras sanções.

Denúncias – As apreensões são resultado de informações recebidas por meio do disque-denúncia do MP Eleitoral: (96) 99109 7342. O órgão disponibiliza também o número (96) 98134 5151 para o recebimento de mensagens contendo documentos, áudios, fotos e vídeos pelo WhatsApp.

(Fonte: Ministério Público Federal)

  • Aí o cara vai para a Globo dizer o País que ele quer. As luzes se apagam e as mãos são lançadas sem nenhum pudor; no pega pega e quem der mais. O bonde segue e as estações estão cheias para embarcar no trem da maracutaia; daí para e se passam quatro anos de reclamação e todo mundo vai pra vala comum. Eta Mãe Pátria; o teu choro é derramado no túnel do tempo e a observação, só nos discursos inflamados dos comícios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *