Maniçoba musical

Maniçoba Musical anima o círio em Belém com ingredientes do Amapá, Pará e Roraima
Por Mariléia Maciel

A terceira edição do projeto Maniçoba Musical promete novamente ser uma das grandes atrações da programação da semana do Círio de Nazaré, em Belém, com presença de artistas do Amapá, Roraima e Pará, que juntos, cantam a Amazônia.  Desta vez, o show é dos amapaenses Enrico Di Miceli, Amadeu Cavalcante, Laura do Marabaixo, Paulo Bastos, Rebecca Braga, Nivito Guedes, Ricardo Iraguany, Karol Diva, Oneide Bastos e Beto Oscar com o roraimense Zeca Preto e os paraenses Lúcio Mouzinho e Floriano.

O projeto iniciou em 2013, e reúne músicos amazônicos que passam o Círio em Belém, época em que a cidade abre

os braços para milhões de turistas e devotos de todo o Brasil e de outros países, e oferece uma diversificada programação cultural e religiosa. “O Projeto Maniçoba é como a comida tradicional do Círio, uma mistura regional, temperado com toda riqueza que temos na Amazônia, e que há três anos une talentos e proporciona ao público um show com o que temos de melhor no Norte”, disse Enrico Di Miceli, idealizador da iniciativa.

No palco do Maniçoba, nos anos anteriores, quem esteve na semana do Círio em Belém assistiu os amapaenses Enrico, Joãozinho Gomes, Val Milhomem, Patrícia Bastos, Finéas Nelluty, Amadeu Cavalcante, Ricardo Iraguany e Oneide Bastos, cantando com os paraense Mário Moraes, Ronaldo Silva, Eudes Fraga, Nilson Chaves, e Júnior Soares; os roraimenses Zeca Preto e Neuber Uchôa; e o acreano Sérgio Souto.

Em 2015, o encontro é de gerações e tradições da Amazônia, do pop de Karol Divas e Rebecca Braga, ao regional de Amadeu e Mousinho, às batidas de percussão do Paulinho Bastos até o marabaixo cantando pela laguinense Laura. Todos os artistas têm carreira consolidada e reconhecimento do público, o que coloca o projeto Maniçoba no roteiro cultural do Círio e lotam as apresentações. A direção musical é de Figueiredo Júnior, e produção mista da Carla Cabral, em Belém, e Clícia Vieira Di Miceli, em Macapá.

Serviço: Data: 8 de outubro
Hora: 19h
Local: Sesc Boulevard
Entrada franca. Ingresso deve ser retirado na bilheteria até uma hora antes do show

  • E em Macapá, não vai ter maniçoba musical não?
    Se não der para fazer uma maniçoba, que façam um pato no tucupí musical. Até um crocrete musical serve, rs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *