Exército deve assumir as obras da BR-156

O Exército Brasileiro pode assumir a responsabilidade de execução da obra da BR-156. A sugestão é do Tribunal de Contas da União (TCU) e foi dada pelo secretário de Controle Externo Tribunal de Contas da União (TCU) no Amapá, Edilson de Almeida, em recente reunião com o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP). Para o senador “é um forma coerente de prosseguir a obra, tendo em vista que a bandeira do exercito é o povo brasileiro, assim despolitiza a obra e ainda tira um peso do governo do estado”. Ele comprometeu-se a convidar os demais senadores para uma reunião com o Comandante Militar do Norte e com o Ministério Público Federal (MPF) para tratar do assunto.

A luta de Randolfe pela BR-156 já dura algum tempo e ele diz que não vai sossegar enquanto o problema não for resolvido. Em julho ele protocolou no MPF uma representação contra o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) exigindo a finalização das obras de asfaltamento da rodovia e fez um pronunciando no Senado abordando os problemas gerados pela falta de trafegabilidade, que deixa o município de Oiapoque completamente isolado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *