Grupo Equatorial Energia assume a CEA nesta terça-feira

O governador, Waldez Góes, assina, nesta terça-feira, 23, às 11h no Palácio do Setentrião, o contrato de transferência da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) para o Grupo Equatorial Energia, concluindo o processo de desestatização da empresa pública, conduzido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Com a assinatura do ato, a CEA passa oficialmente a ser administrada pela Equatorial Energia, vencedora do leilão realizado em 25 de junho de 2021.

A empresa deverá fazer investimento inicial de R$400 milhões no sistema de distribuição de energia, além de outros R$3 bilhões no período de 30 anos.

A empresa também controla distribuidoras de energia no Maranhão, Pará, Alagoas, Piauí e no Rio Grande do Sul.

(Secom)

  • Essa já está no papo. Foi com toda a tralha para a Equatorial. De mala e cuia, como dizia minha avó. Fato consumado.
    E a velha CAESA de guerra? Como fica? Ou não fica?
    Pelo que se sabe foi pago uma fortuna pela CONCESSÃO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.