Juiz federal diz que o risco de novos apagões é iminente no Amapá

Atendendo pedido do senador Randolfe Rodrigues (Rede),  o juiz João Bosco Soares, da 2* Vara Federal do Amapá, chamou para uma audiência de conciliação as empresas responsáveis pelo sistema elétrico no Amapá.
A audiência foi marcada para o dia 10 de dezembro.
A decisão ocorreu no julgamento do embargo interposto pela Isolux Projetos e Instalações Ltda no processo movido pelo senador. O juiz rejeitou o embargo.
Foram convocadas para a audiência os representantes da Linhas Macapá de Transmissão/ Geminy, Eletronorte, Cea, Aneel, ONS e o Ministério de Minas e Energia.
Randolfe pontua que a Isolux está operando na mesma situação do dia 03 de novembro, com apenas dois transformadores e sem reserva.
“Além disso nessa audiência, vamos buscar a responsabilização dos culpados pelo apagão. Esse é mais um passo do caminho, que me comprometi com todos vocês, em buscar, custe o que custar, os responsáveis pelo drama que todos nós, amapaenses vivemos em novembro”, disse o senador.
“O risco de novos apagões é iminente e objetivo e essa audiência tem por finalidade evitar, delinear um planejamento e medidas para evitar novos apagões no Amapá”, disse o juiz Jõao Bosco Soares.

(Fonte: jornal aGazeta)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *