O que diz a mãe da bebê cujo corpo sumiu da Maternidade

Bruna, uma adolescente de 14 anos, mãe da bebê Eloany que faleceu ontem na Maternidade Mãe Luzia e cujo corpo sumiu, disse ao blog que não sabe mais o que fazer.
“Agora nem querem mais falar comigo lá na Maternidade. Não me atendem mais, não me recebem mais, não me dão nenhuma informação sobre minha filha”, disse.
Segundo ela, ontem cada pessoa com quem ela falava na Maternidade não sabia explicar o que teria acontecido.
“Uns diziam que não sabiam de nada, outros diziam que o corpo estava na geladeira. Uma pessoa disse que foi erro de um maqueiro que colocou minha filha junto com outros bebês que já iam ser enterrados porque tinham morrido há mais de 15 dias. Ninguém me disse ao certo o que aconteceu”.
Quando perguntada o que a direção da Maternidade lhe disse, ela respondeu: “Não sei quem é da direção, não me disseram quem é o diretor, não sei se falei com ele, não conheço. As pessoas com quem falei não me diziam nem seus nomes nem o que são lá. Eles não tem respeito por nós”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *