Santana em estado de calamidade pública

O novo prefeito de Santana, Bala Rocha, assinou decreto declarando estado de calamidade pública naquele município,  em decorrência da pandemia do novo coronavírus.
O decreto entrou em vigor dia 1º e tem validade até junho.

Um outro decreto, também assinado no dia 1º estabeleceu novas medidas de isolamento a serem aplicadas,  medidas restritivas, sanitárias e de prevenção, para evitar a proliferação do contagio pelo novo coronavírus.
Por este decreto estão suspensas as atividades de bares, boates e similares, o agrupamento de pessoas em locais públicos; o funcionamento de  balneários, piscinas e parque de diversões, camas elásticas, balões, piscinas de bolinhas.
Os restaurantes e estabelecimentos que trabalhem com refeições podem funcionar em regime de delivery e drive-thru.  

Atividades físicas em locais públicos devem se limitar em no máximo 15 pessoas mantendo o distanciamento social. Academias terão redução em 50% de sua capacidade e respeitando os protocolos de higiene.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *