Vestibulinho do Ifap – Edital será publicado nesta quinta

O Instituto Federal do Amapá (Ifap), por meio da Pró-Reitoria de Ensino (Proen), abriu 280 vagas nos seus cursos presenciais de graduação em Macapá, Santana, Porto Grande e Laranjal do Jari. O Edital de Processo Seletivo de Matrículas Especiais (PSME), também conhecido por “Vestibulinho”, será publicado nesta quinta-feira, dia 16 de maio, no site www.ifap.edu.br, com período de inscrições de 22 de maio a 6 de junho.

Os interessados a ingressarem nos cursos superiores do Ifap, por meio do Processo Seletivo de Matrículas Especiais, deverão consultar as regras do edital que prevê, entre outras, ter concluído o 1º semestre no curso de origem com aprovação em, no mínimo, 3 disciplinas, e cursar, no mínimo, 50% dos componentes curriculares do curso no Ifap.

Estão abertas vagas no Campus Macapá para os cursos de Licenciatura em Letras – habilitação Português/Inglês, Informática, Química, Matemática e Física, Tecnologia em Redes de Computadores, Mineração, Alimentos e em Construção de Edifícios. Já no Campus Santana, o Ifap está abrindo vagas para matrículas especiais nos cursos de Tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos e Tecnologia em Comércio Exterior. Na unidade de Porto Grande, oferece oportunidade de ingresso no curso de Bacharelado em Engenharia Agronômica, e no Campus de Laranjal do Jari, nos cursos de Tecnologia em Gestão Ambiental, Licenciatura em Ciências Biológicas e Bacharelado em Administração.

Modalidades

O edital do processo seletivo de matrículas especiais do Ifap prevê o ingresso em seus cursos de graduação por meio de 4 modalidades: de Reingresso(destinada a estudantes de graduação presencial que perderam o vínculo com o Ifap); de Transferência Interna (destinada aos estudantes de graduação presencial do Ifap que desejam mudar de curso); de Transferência Interinstitucional (para estudantes de cursos superiores de graduação presencial de outras Instituições de Ensino Superior)e modalidade Portador de diploma (destinada a graduados com diplomas devidamente reconhecidos pelo MEC),sem exigência de tempo de formado.

O Processo para matrícula especial será realizado em fase única, constituída por análise do Rendimento Escolar do 1º semestre do curso de origem. É necessário estar atento aos procedimentos exigidos em edital, tais como: anexar o Histórico Escolar do curso de graduação, preencher requerimento de aproveitamento de disciplina (para os interessados em creditar disciplinas), ter os Programas dos Componentes Curriculares (ementa) devidamente assinados e carimbados pela instituição de ensino de origem e efetuar o pagamento da taxa no valor de R$ 10, exclusivamente nas agências do Banco do Brasil.

Haverá prazo para solicitação de isenção da taxa de inscrição para os candidatos que estiverem inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico, como o Bolsa Família, PETI, entre outros, e que tenha perfil de renda de até meio salário-mínimo per capita ou renda familiar de até três salários-mínimos. O ingresso no Ifap se dará a partir do segundo semestre letivo de 2019.

(Ascom/Ifap)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *