Vigilância Sanitária e Polícia acabaram com cinco festas clandestinas no fim de semana

No primeiro fim de semana de fevereiro os agentes fiscalizadores da Vigilância Sanitária Municipal, Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) e Polícia Militar realizaram uma operação conjunta que identificou a ocorrência de cinco festas clandestinas na capital que, imediatamente, foram encerradas e tiveram os responsáveis notificados.

Além destas festas, a equipe da Vigilância Sanitária do município também notificou 16 estabelecimentos comerciais por descumprimento do horário de funcionamento e nove por lotação de público acima da capacidade permitida.

A medida vem para verificar o cumprimento do Decreto Municipal n° 392 de 2022, que determina novas medidas protetivas de combate ao coronavírus e paralelo a isso, agentes também orientam a população, organizadores de eventos e comerciantes sobre os protocolos sanitários estabelecidos pelo município.

Durante a ação, as equipes também cobraram uso de máscara e a disponibilização de álcool gel nos estabelecimentos comerciais. Já para casa de eventos e similares, a equipe verificou a aferição da temperatura, exigência do cartão de vacina com comprovação do recebimento do imunizante contra a Covid-19, utilização de máscara e oferta de álcool gel.

“A fiscalização durante os fins de semana é executada desde o início da pandemia, não é novidade para os empresários e todos sabem que devem seguir o protocolo. Mas estamos nas ruas para cobrar dos clientes o uso de máscara para entrar nos locais.”, diz o diretor da Vigilância Sanitária, Alecssandro Reis.

(Ana Cleide Torres/Secretaria Municipal de Saúde)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.