A máfia das próteses

Já imaginou médicos que mandam fazer cirurgias de próteses sem necessidade, só para ganhar comissão sobre o preço desses implantes? Ou então gastar muito mais material do que o necessário, também para faturar um dinheiro por fora?

O programa Fantástico, da Rede Globo, mostrou essa vergonha, maldade, ladroagem, os golpes milionários, dados pela máfia das próteses.
Veja a reportagem clicando aqui

  • Tá explicado àqueles protestos, ocorridos na gestão do Camilo.Agora o dinheiro vai começar a “circular”,para acalmar os “ânimos” dos profissionais da saúde,àqueles chorões,onde a trave dos olhos é um $$$$$$$$,ou melhor,vários.

  • Aqui no estado de fato existe a máfia das próteses (e dos remédios também) assim como em todo Brasil, isso porque a maioria dos médicos são verdadeiros mercenários ávidos por dinheiro, sabendo disso os laboratórios e as empresas de próteses dão comissões (propinas) para que os médicos indiquem procedimentos e medicamentos muitas vezes desnecessários.
    As comissões são altas, nos medicamento de quimioterapia, por exemplo, os laboratórios pagam 30% como comissão para os médicos.
    Outra máfia que existe aqui no estado é a da realização de cirurgias “particulares” usando a rede pública. Muitos médicos atendem em suas clínicas particulares, indicam as cirurgias, cobram por elas e depois as realizam no HCAL.
    Alguns deles são concursados ou possuem contrato com o estado e apesar de possuírem grandes clínicas e terem ganhos gigantescos nelas, não se desligam do SUS, pois precisam do vínculo com o estado para manter a facilidade de furar a fila com seus pacientes particulares e realizar suas cirurgias sem nenhum custo na rede pública.
    Os familiares dos pacientes por desespero (e também falta de honestidade) concordam em pagar tais mercenários para furar a fila de espera das cirurgias, em detrimento daqueles que não podem pagar por elas, que ficam amargando remarcações e remarcações.
    Estes médicos também contam que com a conivência de funcionários que reservam os materiais para suas cirurgias particulares e alegam que não tem material para as cirurgias dos pacientes que não pagam, possivelmente o que ocorreu no caso comentado pelo Vitor.
    Para pegar tal máfia é muito fácil, basta interesse das autoridades em iniciar uma investigação.

  • Recentemente minha mãe precisou se submeter a uma operação ortopedica e pude constatar que no HCAL tbm existe a tal mafia!!!! um médico se negou a realizar a ciruagia so por que consegui adiantar a mesma, por sorte conheci outro medico que prontamente assumiu e realizou a cirugia. foi cobrado do estado o valor de R$ 18,000.00 (dezoito mile reais) somente pela prótese, sendo que, segundo o medico, ela não custa mais do que R$ 600,00 (seiscentos reais) e viviam afirmando que nao havia material!!! Desse jeito não há governo que resolva a saúde. Processar medico nao da jeito, tem um la que é campeao de processos e ate hoje esta la.

    • Verdade vitor. Os médicos sao muito corporativistas. Não há muito o que fazer, a nao ser quando ocorre intervencao importante, como essa do fantástico. De qualquer forma, nos sasaude um caos por completo. Em março de 2012, meu pai foi internado no hospital PS em macapa, com suposta inflamacao na próstata, ele ia piorando cada vez mais. Dois dias depois, diante do quadro debilitado em que se encontrava, resolvi leva-lo para o sao Camilo. Ali foi feito alguns exames, e logo descobriram que o problema de meu pai nao era a próstata, com haviam dito antes, mais sim, um evolutivo quadro de apendicite (estourada). Rapidamente foi feito um procedimento cirúrgico de retirada da apêndice. Meu pai passou alguns dias na UTI daquela casa de saude, e depois foi para o apartamento. Dias depois ele foi acometido de uma conculção, onde teve que voltar às pressas para UTI, comessando um calvário que culminou com a morte da pessoa de maior exemplo pra mim. Meu pai. Ali no Sao Camilo, durante o periodo que ficou na UTI houveram uma serie de erros grotescos que passo a enumera-los: 01- Foi comprado material de higiene para o meu pai, tais como: creme de pele, colchao “caixa de ovo”, remédio para escaras, etc. No outro dia, ao chegarmos pra visita, ficou constatado que o material foi dado para outro cliente; 02- Por duas vezes, em horário de visita, uma irmã minha observou que o aparelho de monitoramento dos sinais vitais encotrava-se desligado; 03- Um médico intensivista, cobrou da familia o por quê que nao havíamos providenciado o exame de urologia. A familia nao sabia do tal exame e o hospital nao informou e nem deu as coordenadas pra fazer o exame, que era pra identificar a bactéria que tava atacando os rins do meu velho pai; 04- O exame consistia na coleta de material em um frasco coletor, depois levado o material para o LACEN, onde iria ser feito a analise das amostras. Ocorre que, depois de tantas cobranças, o Sao Camilo resolveu mandar o material para o LACEN, ali fomos informados que o frasco coletor que o hospital havia mandado para o laboratório estadual estava vencido, motivo pelo qual nao foi possivel fazer o exame; 05- os dias se passavam, e o meu pai agonizando, e nada de fazer o exame. Depois de tanta reclamação, no dia 15 de abril de 2012, pela manha, o sao camilo novamente manda o material para o LACEN, so que foi tarde demais. Nesse mesmo dia, as 08:30 da noite, meu pai faleceu. É meus amigos, acho que meu pai estva ocupando lugar de alguem naquela UTI. Hoje eu tenho uma dívida acima de 100.000, 00 reais, com o hospital, o qual me represntou judicialmente, de igual modo tambèm o representei, por negligência…mas dificilmente teremos exito no intento, uma vez que as provas que temos, é apenas a cópia do protuário, que contem as reclamacoes na ouvidouria daquela casa de saude. Achei que levar meu pai ao sao csmilo, seria uma saida para o restabelecimento de sua saude. Desculpa o meu desabafo, mas se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. Valeu!!

  • Concordo plenamente em gênero, número e grau … A população tem que estar atenta a maus “colegas” que propõem tratamentos mirabolantes e uso de próteses desnecessárias a valores elevadíssimos … Peça sempre uma segunda opinião e denuncie esses “profissionais” , hospitais e firmas que se prestam para tal fim .. Temos que acabar com ese mal que prostitui e corrompe médicos prejudicando diretamente a cada cidadão .. Denuncie no Conselho Regional de Medicina .. Contribua , vc é uma vítima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *