Além da queda do whatsApp, Facebook e Instagram, outros serviços apresentam instabilidade

WhatsApp, Facebook e Instagram, todos pertencentes a Mark Zuckerberg,  estão fora do ar no mundo todo desde as 13 horas (horário de Brasília) mas desde a madrugada, por volta de 1h, já se percebia anomalias na Internet.
No Twitter – que ainda está no ar – o Facebook  confirmou que o problema é mundial e não há precisão de retorno.
O motivo da queda não foi informado.

Matéria publicada no site do Estadão informa que alguns especialistas já dizem que se trata de um problema do tipo DNS, uma falha no servidor da empresa. Isso significa que, quando o usuário busca pelo domínio dos sites — ou os acessa pelos aplicativos — é como se aquele endereço não pudesse ser encontrado pela internet.

Para o professor de Ciência da Computação, Rodrigo Izidoro Tinini, do Centro Universitário FEI, o possível problema no DNS pode justificar a queda. Como um tradutor, o DNS (Domain Name System) transforma o endereço do site que buscamos em um código de busca na internet, relacionado ao seu domínio. “O protocolo DNS associa nomes de domínio a endereços IPs. Se o serviço de DNS estiver indisponível e não for possível traduzir nomes de domínio para endereços IPs, não será possível endereçar nossas solicitações pela internet, o que nos impede de acessar sites e serviços. Em cenários em que vários serviços estão integrados em uma mesma plataforma, problemas nessa plataforma irão afetar todos os serviços integrados a ela”.

De acordo com relatos ao Downdetector, além da queda do Facebook, Instagram e WhatsApp, outros serviços estão apresentando instabilidade, como o Telegram, Twitter, Google, Whatsapp Business, Microsoft Teams, TikTok, Gmail, Youtube, Facebook Messenger, Google Meet, Zoom, Spotify, Google Play, Amazon, Outlook, Discord, SnapChat, NuBank, Caixa, Bradesco e Itaú.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.