Alô, cervejeiros! Sabiam que a cerveja é invenção dos chineses?

cerveja

Da Sputnik

Berço da cerveja é a China, descobrem arqueólogos
Fragmentos de jarras de barro, com vestígios de cerveja, foram encontrados por arqueólogos no norte da China. A análise espectral mostrou que nestes potes foi guardada cerveja. As evidências obtidas por cientistas são provas de que a tecnologia de produção de cerveja foi dominada pelos chineses ainda 5000 anos atrás.

Naquela época, existia uma receita única de produção da bebida, que combinava elementos das tradições tanto ocidental quanto oriental do processo cervejeiro. A análise dos vestígios amarelos da cerveja antiga encontrados nos potes cerâmicos mostrou que a bebida foi produzida com base em cevada, painço, tubérculos e chocalheira.

O que surpreendeu os cientistas foi o fato de  os chineses daquela época cultivarem cevada. Anteriormente, era considerado que este produto só apareceu na China mil anos mais tarde. Os historiadores observam que a cevada era utilizada na China como ingrediente da cerveja e só depois começaram a cultivá-la para comer.

Os artefatos foram encontrados por arqueólogos no norte da China, perto do Rio Wei. As escavações foram feitas nos dois sítios arqueológicos datados dos anos 3.400 – 2.900 anos antes de Cristo. Durante os trabalhos, os arqueólogos encontraram os objetos utilizados na produção e armazenamento de cerveja.

A receita da bebida antiga permanece desconhecida, porém os cientistas acreditam que tinha um sabor semelhante ao atual, ligeiramente adocicado.

  • Historicamente, a cerveja já era conhecida pelos antigos sumérios, egípcios, mesopotâmios e ibéricos, remontando, pelo menos, a 6000 a.C.
    Pode ser que a cerveja tenha surgido na China, entretanto alguns estudiosos apontam que a primeira prova arqueológica referente à produção de cerveja vem da Suméria.
    Os sumérios teriam percebido que a massa do pão, quando molhada, fermentava, assim imagina-se o surgimento de uma forma “primitiva” da cerveja, o famoso “pão líquido”. Tudo isto data por volta de 6.000 A.C.
    Existem registros históricos de leis sobre a cerveja no mundo. Em 1.770 a.C. o Código de Hamurabi, da Babilônia – o mais antigo código de leis conhecido – já previa punição com pena de morte àqueles que diluíssem a cerveja que vendiam. Ora vejam só! Naquele tempo já batizavam a cerveja.
    Papiros egípcios, datados de 1.300 a.C., também fazem referência ao regulamento da venda de cerveja.
    A Lei Alemã de Pureza – Reinheitsgebot – é o mais antigo código de alimentos do mundo. Foi instituída em 1516 pelo duque Guilherme IV, da Baviera, com o objetivo de regulamentar o processo de manufatura da cerveja. A Lei Alemã de Pureza estabelece que os únicos elementos aceitos na fabricação de cerveja são: água, malte, lúpulo e levedura. E continua em vigência até hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *