Ministro Serra promete “esforço concentrado” pela liberação da ponte Amapá-Guyane

ministro-relacoes-exteriores-recebe-bancada-amapaense-580x354

Pela primeira vez, desde o início da construção da ponte Binacional um ministro das Relações Exteriores recebeu a bancada amapaense para tratar dos entraves que impedem o funcionamento do acesso à Guiana Francesa pela ponte Binacional. O ministro José Serra atendeu a um pedido do senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP), para receber, em seu gabinete no Palácio do Itamaraty, a bancada e o governador do Amapá Waldez Góes. O grupo falou das vantagens que o Amapá terá com a abertura do acesso pela ponte; dos investimentos feitos até agora e os ganhos para a economia do estado.

“Sabemos que, no Amapá, não existe problema pequeno” disse Serra ao anunciar que fará um “Esforço concentrado” pela liberação da ponte. O ministro articulou pessoalmente duas audiências dos parlamentares com outros órgãos envolvidos no projeto. No mesmo dia, nessa terça (21), os parlamentares foram recebidos pela Receita Federal – responsável pela aduana – e pelo Departamento de Estradas de Rodagens (DNIT).

Após saírem do Palácio do Itamaraty, os parlamentares foram recebidos pelo Secretário da Receita Federal, Jorge Antônio Deher Rachid. Na audiência, trataram sobre o quadro de servidores que devem ocupar os cargos no posto aduaneiro da Binacional, e as notícias são boas. Rachid se comprometeu em disponibilizar quatro servidores – um auditor e três inspetores. Eles devem ocupar os cargos assim que a estrutura física estiver pronta para entrar em funcionamento.

Entretanto, o pátio aduaneiro não tem previsão para ficar pronto porque depende de recursos para sua construção. Foi isso que os parlamentares ouviram do Diretor-Geral do Dnit, Walter Casimiro Silveira “A obra avaliada em R$ 14 milhões estava no orçamento da União de 2015 mas não houve a rubrica orçamentária para a liberação do recurso por isso ele não foi liberado. Mas há uma saída” disse o diretor ao falar sobre a elaboração de um Projeto de Lei de Suplementação Orçamentária que pode garantir os recursos.

O senador Randolfe logo se comprometeu a assumir as negociações pela elaboração do PL “Primeiramente vamos ao MPOG (Ministério do Planejamento) dar início às negociações. E depois vamos acompanhar o passo a passo até garantirmos os recursos. Temos pressa pela ativação da ponte” reafirmou o senador.

(Fonte: http://blogdorandolfe.com.br)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *