Amapá lidera o ranking da violência no país

Do jornal O Estado de S.Paulo

Brasileiros do Norte e Nordeste são as maiores vítimas de crimes no País

As sete primeiras posições da lista da pesquisa nacional de vitimização
são ocupadas por Estados dessas regiões;
no Amapá, quase metade da população diz já ter sido alvo de criminosos

Bruno Paes Manso – O Estado de S. Paulo

SÃO PAULO – Os brasileiros dos Estados do Norte e Nordeste têm sido as principais vítimas de crimes no País. A população desses Estados ocupa as primeiras sete posições no ranking entre aqueles que mais foram alvos de crimes nos últimos 12 meses. No outro extremo do ranking estão os moradores da região sul, cujos três estados são onde a menor quantidade de crimes é cometida. São Paulo fica na 19ª posição entre as 27 unidades da Federação. Rio de Janeiro, em 21º.

Os resultados foram apresentados nesta quinta-feira, 5, na primeira pesquisa nacional de vitimização feita pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, em parceria com o Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública (Crisp) e com o Instituto Datafolha.

Foram entrevistados 78 mil pessoas em 346 municípios entre junho de 2010 a maio de 2011 e junho de 2012 a outubro de 2012. Na pesquisa, eles foram questionados se, nos doze meses que antecedem o levantamento, eles foram vítimas de algum dos doze crimes listados (Agressão, discriminação, furto de objeto, fraude, acidente de trânsito, roubo de objeto, furto de carro, ofensa sexual, furto de moto, roubo de carro, roubo de moto e sequestro relâmpago).

A primeira posição ficou com o Estado do Amapá, onde 46% dos entrevistados sofreram algum desses crimes no ano que antecedeu a pesquisa. Pará (35,5% ficou em segundo, seguido do Rio Grande do Norte (31,3%). São Paulo teve 20,1% da população vitimada, quase o mesmo que a do Rio de Janeiro (20%).

Alagoas, que vem liderando o ranking de homicídios nos últimos anos, ficou em 16ª posição quando considerados os 12 crimes listados na pesquisa – 20,5% da população foi vítima de crime no ano anterior à pesquisa. Santa Catarina foi o Estado onde a população foi menos vitimada (17%). A média nacional foi de 21%.

  • O ser humano por si só e violento. Mas, a violência que ultrapassa o nível do aceitável e vira estatisticas e poe o Brasil em posicao similar a paises que vivem em guerra civil tem como uma das principais causas a ma distribicao de renda, que gera desigualdade de classes social. Quanto mais acentuada a diferença de classes sociais maior a violência.

  • Ah! fala sério,o Amapá ganhando das grandes capitais.Só quem nunca botou os pés fora deste estado p/acreditar nisto.Eita! pesquisa tendenciosa.

  • Mas na propaganda do Governo, o Amapá não lidera esse ranking! Dá pra comprovar isso saindo nas ruas, reparando na calmaria da cidade, principalmente durante a noite em certos lugares. Você passa e não tem uma viva-alma. Que tal trabalhar um pouco pra resolver isso?

  • Não acho científica esta pesquisa, pois suas conclusões são extremamente subjetivas e capciosas, além do método aplicado.

  • Tudo culpa do governador e do secretário de segurança. Gostaria de saber se essas autoridades obrigam “famílias” e gerarem filhos de qualquer jeito, que na verdade não são paridos, mas jogados no mundo feito bichos para aumentar o índice de criminalidade. Pesquisa recente demonstra que 85% dos menores infratores são filhos de pais separados ou filhos que não sabem quem é o pai. Mesmo assim, as pessoas continuam brincando de ser pai e mãe. O resultado está aí. O que falta não é polícia, mas família que dê uma criação para os filhos.

  • Dados como esses ilustram o sentimento da população amapaense que se sente insegura, não se pode negar que a coisa ta feia por aqui. E isso a propaganda oficiosa não mostra.

  • Está aí a prova da incompetência desse governo mentiroso que gasta milhões com propaganda pra dizer que a segurança pública está uma maravilha. Agora vão soltar nota dizendo que tem gente perseguindo como estão acostumados a fazer para colocar a culpa nos outros. Vivemos num estado crítico, inseguro, todo dia é violência nas ruas, e ainda tem gente que defende. Fora Camilo, Fora Waldez.

  • Isso é mentira. O Amapá é seguro. Aqui quase não tem violência. Nossos gestores são demais competentes. O governador é eficiente. O secretário de segurança é o melhor de todos os tempos. Não temos crimes nem bairros perigosos. Tudo funciona as mil maravilhas e vivemos na verdade num PARAÍSO !

  • Taí, tenho minhas dúvidas de que o Amapá seja mais violento que Pará, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo e outros. Mas, não se pode olvidar de que no Amapá tudo é “politicado” o que influencia nas pesquisas sérias e que tem muita gente aqui que não gosta do Amapá.

      • concordo com você. Não precisa fazer pesquisa para chegar a estes resultados. Só os governantes e aqueles que se beneficiam do poder não querem enxergar estes dados alarmantes. É por isso que não avançamos, porque exitem muitos que não acreditam nestes resultdos, pois eles se beneficiam das mazelas sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *