Belém se prepara para ser destino alternativo durante a Copa

Da Folha de S.Paulo

A cidade de Belém está se preparando para ser um destino turístico alternativo durante a Copa do Mundo de 2014, apesar de não ter sido escolhida como uma das sedes do evento.

A metrópole com dois milhões de habitantes localizada na baía de Marajó e próxima à foz do rio Amazonas é, sem dúvidas, a capital da região com o maior número de fãs de futebol, ainda que Paysandu e Remo estejam distantes há muito anos da primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

“É muito triste que, com equipes que levam 50 mil torcedores a uma partida da terceira divisão e do Campeonato Paraense, tenham excluído Belém da lista das 12 sedes do Mundial”, disse à Agência Efe o taxista e membro de uma das torcidas organizadas do Remo, Julio Cavalcante.

O Governo Federal e a Fifa optaram por Manaus na hora de escolher uma cidade-sede na região Norte.

Os moradores da cidade acreditam ter sido prejudicados por interesses alheios ao futebol, pois, na opinião de muitos, para os organizadores contou mais o poder político e econômico de Manaus, polo industrial, mas sem tradição no futebol. (Leia a matéria completa clicando aqui)

  • Aviso aos pretendentes. O trânsito de Belém é um inferno. E não tem previsão de melhorar nos próximos 20 anos.

  • Já consultaram os preços das passagens para a região Norte? Simulei a compra de uma passagem para Santarém, para junho/2014 e quase tive um colapso (sou do temposo do colapso): mais de 800 reais. Para Manaus, os preços estão equivalentes, isso com quase um ano de antecedência. Estou pensando em ir de catraia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *