Câmara aprova volta do despacho gratuito de bagagem com até 23 kg em voos

A Câmara Federal aprovou ontem emenda da deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC) que inclui no Código de Defesa do Consumidor dispositivo proibindo as companhias aéreas de cobrarem qualquer tipo de taxa, em voos nacionais, pelo despacho de bagagens de até 23 kg, e em voos internacionais, pelo despacho de bagagens de até 30 kg.

“As companhias aéreas estão abusando no preço das passagens, não é justo cobrar pela bagagem”, disse a autora da emenda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.