Combate ao preconceito na escola

Buscando combater o preconceito dentro da sala de aula, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) trabalha o projeto Convivendo com as Diferenças, que acontecerá em quatro etapas neste segundo semestre. Neste sábado, 2, ocorrerá uma mesa redonda entre docentes do Município, no auditório da Universidade do Estado do Amapá (Ueap), das 8h às 12h.

O objetivo é orientar e discutir com os professores a temática, já que eles são formadores de opinião de crianças e adolescentes. O projeto continua no dia 30 de setembro, no dia 28 de outubro e finaliza no dia 25 de novembro.

A preocupação dos educadores se baseia numa pesquisa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que revelou que todas as pessoas envolvidas com a escola, desde os pais até os docentes, praticam algum tipo de discriminação. No total, 99,3% dos alunos, pais e funcionários têm alguma forma de preconceito étnico-racial, socioeconômico, com relação a portadores de necessidades especiais, gênero, geração, orientação sexual ou territorial.

(Ascom/PMM)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *