Cresce a violência contra idosos no Amapá

Em 2014 foram registrados 185 casos de violência contra idosos no Amapá, o que representa um aumento de 40% em relação a 2013. A informação é da presidente do Conselho Estadual da Pessoa Idosa, Nádia Souto, em entrevista ao programa radiofônico Café com Notícia esta semana.
Segundo ela, os principais motivos são conflito familiar e a questão financeira. Ela afirmou que a cada dez idosos apenas um consegue botar as mãos na sua própria renda (aposentadoria, pensão ou outro benefício). Dos outros nove, familiares recebem e ficam com a grana.
Aliás, é muito comum o idoso, que tem dificuldade de locomoção, entregar seu cartão de banco para a família. Se os parentes são do tipo “desnaturados” ficam com o dinheiro e ainda ofendem, xingam, chamam de gagá, quando o “velhinho” reclama.
Há famílias que tratam seus idosos como estorvos, deixando-os trancados dentro de casa, sem direito a passeios, boa alimentação e carinho.

O número de casos de violência contra os idosos deve ser muito maior que o citado pela presidente do Conselho. É que muitos não tem como denunciar ou não sabem como fazê-lo. E há aqueles que são ameaçados de serem mandados para o asilo caso denunciem.

Você, leitor do blog – que um dia também será idoso – não se omita. Se você sabe ou vê um idoso sofrendo violência, denuncie.
Os números para denúncia são: 9913-0478 e 3212-9143

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *