Em caso de picada de cobra, socorro deve ser urgente

Só este ano mais de 20 pessoas  deram entrada no Hospital de Emergências picadas por cobras e escorpiões.
A maioria delas vindas das ilhas do Pará – que ficam mais próximas de Macapá que de Belém.
Mas há casos de pessoas que foram picadas na zona norte de Macapá, nos bairros Marabaixo e Novo Horizonte.
O médico Edinilson Ribeiro, diretor do Hospital, lembra  que o socorro e o tratamento para quem é  picado por cobra e escorpião tem que  ser imediatos. “A soroterapia deve ser realizada o mais rapidamente possível”, ressalta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *