Equatorial vence concessão de água e esgoto no Amapá por R$ 930 milhões

Do Estadão

SÃO PAULO – Em um leilão fortemente disputado, com ágios altíssimos, a Equatorial Energia arrematou o leilão de concessão dos serviços de água e esgoto para áreas urbanas em todos os 16 municípios do Amapá, atualmente prestados pela estatal Companhia de Água e Esgosto do Amapá (Caesa), por R$ 930 milhões. O leilão teve um ágio de 1.760%.

O vencedor superou lances de peso, como o da concorrente Aegea, que ofertou outorga de R$ 384 milhões.

O novo concessionário investirá em torno de R$ 3 bilhões durante o período de 35 anos de contrato, sendo 70% destinados à melhora do serviço de coleta de esgoto e 30% para fornecimento de água.

Nos cinco primeiros anos deverão ser aplicados pelo menos R$ 984 milhões para melhorias de condições de acesso ao saneamento. Ao fim do período de concessão, 285 mil unidades consumidoras passarão a contar com água encanada e 328 mil com a coleta de esgoto.

Após arrematar a concessão, o grupo Equatorial se prepara para realizar investimentos pesados.

“A outorga e os investimentos complementares do projeto somam cerca de R$ 4,7 bilhões. A empresa está bem capitalizada, tem crédito no mercado”, disse o presidente do grupo Equatorial, Augusto Miranda, em coletiva de imprensa após o leilão.

A Equatorial também arrematou, recentemente, o leilão da Companhia de Eletricidade do Amapá. “O fato de já estarmos no estado vai nos ajudar a capturar algumas sinergias”, observou o executivo.

Segundo ele, com o leilão de saneamento, devem ser gerados cerca de 45 mil empregos diretos. “Estamos bem capitalizados, mas podemos emitir debêntures, empréstimo-ponte, vamos decidir sobre isso ainda.”

(Leia a matéria completa  aqui)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.