Famílias começam a deixar os abrigos nas escolas públicas

Para permitir o retorno das aulas nas escolas que se transformaram em abrigos temporários nas redes pública municipal e estadual, o Gabinete de Gerenciamento de Crise – formado pelo Governo do Amapá e Prefeitura de Macapá – definiu que sexta-feira, 1º de novembro, é o prazo máximo de permanência das famílias nesses locais.

Por conta disso, técnicos das secretarias de Estado da Inclusão e Mobilização Social (SIMS) e da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast) estão orientando as famílias a procurarem imóveis para locar, através do aluguel social.

De segunda-feira, 28, até esta terça-feira, 29, mais de 150 famílias, de um total de aproximadamente 400, já tinham encontrado um imóvel para alugar. O recurso será pago antecipadamente para os locatários. O cadastro para encontrar os imóveis foi iniciado nesta segunda-feira, e está disponível no horário de funcionamento do Super Fácil Centro, localizado na Rua Cândido Mendes, nº 448.

(Asscom PMM/GEA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *