Feliz Ano Novo!

Eis que 2021 chega ao fim. Um ano que, como 2020 – não deixará boas recordações.
Foi um ano de muitos sofrimentos, muito choro, perdas de pessoas queridas, planos adiados, sonhos não realizados e sorrisos ocultos por trás das máscaras.
Quem chegou até aqui tem muito a agradecer. Agradecer a proteção divina, a vida, a comida na mesa, a família, os amigos, a esperança que não foi perdida e a fé que se manteve firme.
É preciso agradecer por cada amanhecer, por cada afeto e carinho mesmo manifestados à distância.
Jamais perder a esperança.

Dentro de poucas horas começa o novo ano. E como dizia o meu pai, o poeta Alcy Araújo, “É sempre o começo. O início. O inaugural. O inaugural e a esperança de que após o fim o início recomeça”.
Que esse inicio seja de coisas boas, que não deixemos deixemos falecer o gesto de bondade, a solidariedade, o amor;  reprogramemos nossos planos e sonhos com a convicção de que será possível realizá-los.
Então, feliz 2022 para todos vocês!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.