GEA monta esquema de segurança para Festa de São Tiago

Um  esquema de segurança, envolvendo a Polícia Militar do Amapá (PM-AP), o Corpo de Bombeiros Militar (CBM), a Delegacia Geral de Polícia Civil (DGPC) e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), foi desenvolvido para atender à população que vai a Mazagão Velho, a 70 quilômetros de Macapá, para a Festa de São Tiago, que ocorre de hoje, 16,  a 28 de julho.

A organização do evento espera que mais de 30 mil pessoas passem pela vila durante a tradicional festa, que já ocorre há 238 anos.

A operação da Polícia Militar foi dividida em dois momentos. O primeiro, até o dia 21, que tem um público bem

menor, vai ser coordenado pelo batalhão sediado em Mazagão com o auxílio de dois oficiais e 18 policiais. A partir do dia 22, quando a movimentação aumenta consideravelmente, o número de militares sobe para 48. O efetivo do Batalhão Rodoviário Estadual também estará dando o apoio na organização da travessia da balsa e em todo o trajeto até chegar ao local da festa.

Segundo o comandante geral da PM, coronel Carlos Souza, muitas pessoas que residem em ilhas próximas a Mazagão Velho chegam à vila de barco. Por isso, o Batalhão de Operações Especiais e o Batalhão Ambiental estarão em duas embarcações fazendo essa recepção.

“Não vamos fazer a segurança só da festa. O objetivo da Polícia Militar é cobrir todo o trajeto, de Macapá até Mazagão Velho. Para isso, usaremos mais de 300 homens”, garantiu o comandante.

Corpo de Bombeiros

A operação também foi dividida em dois momentos. No primeiro, até o dia 21, duas viaturas estarão disponíveis. Uma de combate a incêndio e outra de auto busca e salvamento. A partir do dia 22, mais uma ambulância e uma embarcação darão apoio ao efetivo.

“Nossos homens se deslocaram até Mazagão na manhã da última quarta-feira, 15. Foram enviados 15 militares, sendo três oficiais, para dar o apoio à festa”, disse coronel Marcelo Bispo, comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar.

Polícia Civil

Um reforço já foi enviado a Mazagão para identificar as principais demandas da delegacia do município. No período da festa, o efetivo aumentará em 100% para garantir o suporte no caso de algum problema.

“Também vamos enviar a delegacia de trânsito para dar apoio na educação e, caso necessário, na repressão”, informou a chefe de gabinete da DGPC, Rosilene Sena.

Detran

A equipe de engenharia do Detran já começou o monitoramento da sinalização de todo o trajeto até a Vila de Mazagão Velho. Em parceria com a Secretaria Estadual de Transportes, o objetivo é mapear os pontos críticos e refazer a sinalização horizontal e vertical.
Segundo o diretor-presidente do Detran, Inácio Maciel, o departamento também irá atuar com a operação Lei Seca. As blitzes repressivas serão montadas no local da festa e no percurso e uma equipe do núcleo de educação fará ações preventivas de conscientização.

“Estaremos priorizando as fiscalizações nos dias dos eventos maiores, como o Arraial promovido pelo Governo do Estado, no dia 22, e a encenação da batalha entre mouros e cristãos, no dia 25. Isso não quer dizer que não fiscalizaremos os outros dias”, alertou Maciel.

(Secom/GEA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *