• Interessante, houve tanta briga, inclusive na justiça, pela cobiçada poltrona da presidência da FIAP, que chamou à atenção da CNI para fazer uma devassa nas contas da Federação. Pergunta que não quer calar: Porque tanto interesse na direção da FIEAP? Seria status? Uma gorda remuneração? Não, não acho nada disso. Existem interesses mais profundos e que recompensem a solidificação do futuro do dirigente e seus convivas. Estou errado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *