Macapá voltará a receber recursos federais

Macapá voltará a receber recursos do governo federal, e ficará livre do legado negativo deixado pela administração que antecedeu a do prefeito Clécio Luis. Para isso, o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e o prefeito de Macapá, Clécio Luis Macapá, realizaram importantes reuniões em Brasília, nesta quinta-feira (05).

Os dois foram recebidos pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, que reconheceu o empenho da atual administração para reequilibrar as contas do município.

É este empenho que fará com que a Ministra trate com urgência, junto à Caixa Econômica Federal, a liberação de recursos no valor de R$ 9 milhões, já aprovados para o município de Macapá, no Programa de Aceleração do Crescimento- PAC 1. Esses recursos serão destinados para obras de pavimentação e não foram liberados devido à Análise de risco, que é feita pela Caixa Econômica e considera a capacidade de execução do município, baseada, no histórico dos últimos quatro anos. Ou seja, na execução da administração anterior.

Problemas de infraestrutura: A irresponsabilidade de administrações anteriores condenou a população de Macapá a viver em péssimas condições. Entre elas, as de saneamento e esgoto. Matéria do Jornal O Estado de São Paulo, no último final de semana, mostra dados dessa realidade, já questionada por Clécio, antes mesmo de sua candidatura ao cargo de prefeito de Macapá. De acordo com a matéria, Macapá “tem 3% da área servida por rede de coleta de esgoto, 17% da população em região de ressaca do Rio Amazonas e o restante com fossas sanitárias, em muitos casos cavadas ao lado de poços d’água, e cerca de 60% das casas sem água encanada”.

A falta de investimentos na cidade foi confirmada pela Ministra, que relembrou os sucessivos casos de irresponsabilidade fiscal, que hoje, inviabilizam a liberação de recursos para essa gestão. Além do empenho para a liberação dos recursos referentes ao PAC1, o ministério também irá analisar a proposta do município para a liberação dos recursos do PAC2, que já está no Ministério das Cidades e também serão destinados para pavimentação.

Reunião na CEF: Antes da reunião com a ministra do Planejamento, o prefeito e o senador foram recebidos pelo vice-presidente de governo e habitação da Caixa Econômica Federal , José Urbano Duarte, e assessores responsáveis na instituição por Programas como o PAC o Minha Casa minha Vida. Durante a reunião, ocorreu a a primeira tentativa de encontrar soluções para a estabilização das contas do Município e recuperar a capacidade de captação de recursos para investimentos.

 (Gisele Barbieri/Assessoria de comunicação do senador Randolfe)

  • Seria bom que o Sr. prefeito providenciasse o corte de cargos que onera a folha de pagamento da PMM e empregasse melhor os recursos financeiros.Ai sim,veriamos as melhorias no município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *